Chapter 30: Surpresas?

7.1K 282 44

[Rafaela]

Meu celular começou a vibrar, meus fones já tinham caído do meu ouvido pelo fato de que eu me mexo de mais quando durmo então consegui ouvir o barulho dele debaixo do meu travesseiro. Não estava com fome, então decidi que ficaria na cama até a hora de irmos pegar as roupas pro baile que teríamos hoje. Ouvi a porta do chalé abrir, com certeza eram as meninas, puxei a coberta até minha cabeça e fingi que ainda dormia, não queria que elas me vissem naquele estado, eu sentia que meus olhos estavam inchados.

– Acorda preguiçosa! - Ouvi a voz de Júlia e alguém me balançou.

– Eu não quero ir almoçar, não estou com fome. - Menti com uma voz sonolenta, porém um pouco forçada.

– Não tá com fome? Você tá louca é? - Ela perguntou.

– Não tô louca, só não, tô, com, fome! - Eu disse pausadamente um pouco irritada.

– Vai, levanta, você tem que comer! - Ela disse e puxou a minha coberta.

– Não! - Eu disse e tentei pegar a mesma de sua mão.

– Rafa? Você tá bem? - Ela perguntou quando percebeu meus olhos vermelhos. Só ela estava no chalé, ouvia o barulho do chuveiro e com certeza era a Gabi.

– T-tô! - Gaguejei um pouco.

– Você tava chorando? - Ela perguntou se sentando na cama, e eu fiz o mesmo.

– Não, é só o sono. - Menti de novo e abaixei a cabeça.

– Rafaela, você pode enganar todo mundo, menos eu. - Ela disse, e tinha razão, Júlia me conhecia muito bem.

– Não é nada… - Eu disse ainda de cabeça baixa.

– Ei, me conta. - Disse e levantou a minha cabeça com o dedo indicador.

– B-bom, eu tava na cachoeira com o Harry e... - Eu disse e uma lágrima caiu de meus olhos, argh, eu odeio chorar quanto mais por causa de um menino.

– O que ele fez? Vou matar aquele menino! - Ficou nervosa.

– Não quero falar sobre isso… Mas quer saber? Vou me arrumar pra almoçar porque tô com fome, e não vou ser burra o bastante pra deixar de comer por causa de um garoto de novo! - Eu disse decidida. Sim, depois do ocorrido com Lucas eu deixei de comer por uns dias e quase passei mal.

– É isso mesmo, garota! Seja lá o que aconteceu, não adianta ficar se deprimindo! - Ela disse levantando da cama. Coloquei a mesma roupa que eu estava no café da manhã. Depois o resto das meninas chegaram e foram se arrumar. Larissa estava quieta, pensativa. Perguntei pra ela o que havia acontecido, mas ela não quis me dizer. Milena estava toda felizinha, e disse que tinha uma novidade pra contar pra gente mas que contaria depois porque agora estávamos atrasadas pro almoço. Tentei de tudo pra esconder meus olhos vermelhos e inchados, água, maquiagem mas nada adiantou. Por fim resolvi colocar um óculos, que disfarçaria. Saímos em direção ao refeitório e antes de passar pela porta respirei fundo e disse pra mim mesma: "não mostrar tristeza, fique forte". Entrei e todos meninos já estavam lá, menos Harry. Estranhei, mas logo tratei de não ficar preocupada com ele. Pegamos nossos almoços e fomos nos sentar com os meninos.

– Oi gente. - Disse e forcei um sorriso. Aposto que eles desconfiaram, ainda mais porque eu estava de óculos dentro do refeitório.

– Rafa... - Ouvi Zayn dizer, mas ignorei - Rafaela? - Ele disse um pouco mais alto.

– O QUE QUE É? - Quase berrei, bem grossa, e ele fez cara de assustado.

– Por que você tá de óculos? - Ele perguntou bem baixo como se estivesse com medo de mim.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!