Chapter 47: Novas esperanças

6.2K 217 22

[Niall]

- E ai cara, como foi a viagem? - Perguntou Harry animado, esperando que eu contasse cada detalhe enquanto voltávamos pra casa.

- Foi legal… - Disse sem ânimo e ele fechou o sorriso.

- Aconteceu alguma coisa? - Perguntou depois de um breve silêncio.

- Não, a viagem foi ótima. - Respondi mais uma vez voltando a encostar a cabeça na janela do carro. Harry se virou pra frente e cochichou algo no ouvido de Zayn, que olhou pra mim pelo retrovisor. O resto do caminho foi um silêncio. Ninguém se atreveu a dar mais um pio. Chegamos em casa e não tinha ninguém além de mim, Zayn e Harry.

- Cade os meninos? - Perguntei assim que percebi o apartamento vazio.

- Liam saiu com a Milena e Louis com a Gabi. - Harry respondeu se jogando no sofá.

- E eu vou me arrumar porque vou sair também. - Zayn gritou já subindo as escadas, não me dando chance nem de perguntar com quem ele ia sair.

- E você? Não vai sair com a Rafa? - Perguntei me direcionando a Harry que estava assistindo TV.

- Não… Hoje o pai dela foi visitá-la, e como ela quase nunca vê ele preferiu aproveitar o tempo que tinha. - Respondeu sem tirar os olhos da TV.

- Ok… Eu vou tomar um banho e dormir, tô muito cansado. - Eu disse já pegando minha mala e subindo as escadas. Tomei meu banho, vesti meu pijama (quando eu digo pijama, é ficar só de box) e deitei na cama na tentativa de dormir. Mas não. Flashbacks daquela noite passavam em minha mente.

- Como eu pude ser tão idiota? - Sussurrei pra mim mesmo, incrédulo. Bater na Júlia? De onde eu tirei isso? Claro que eu não ia bater nela, nem bêbado eu seria capaz de fazer isso, eu não sou um monstro. Ou será que sou? Não, de jeito nenhum eu ia conseguir bater na minha anjinha..

Dai a ficha caiu. Como assim eu tinha perdido ela? Como assim eu ia ter que aprender a viver sem ela? Como assim eu ia ter que ver ela todos os dias, mas não poder chamá-la de minha, beijá-la, abraçá-la, sentir seu cheiro… Nada. Eu não teria mais nada dela. Peguei meu celular e vi a foto que estava como plano de fundo: a foto que eu tinha tirado dela dormindo no meu colo no carro enquanto íamos para a casa na praia. “Se ela visse essa foto me mataria” pensei e um pequeno sorriso tomou conta dos meus lábios. Tão linda…

Acabei dormindo no meio dos meus pensamentos.

[…]

Acordei com o barulho de conversa no andar debaixo. Olhei no relógio e percebi que não dormi nem quarenta minutos. Abri a porta e cheguei mais perto das escadas para ouvir quem estava lá em baixo. Era a voz… A voz DELA. E a voz do Harry.

- Vamos Harry, por favor! Eu preciso muito conversar com alguém. - Ela disse com voz manhosa.

- Tá, tudo bem… Entra! - Ele respondeu.

-Espera! - Ela exclamou - O Niall tá ai? - Perguntou agora mais baixo, quase sussurrando, de um jeito que eu quase não pude ouvir.

- Tá sim, ele tá dormindo lá em cima… - Harry respondeu.

- Então vamos conversar em outro lugar! - Ela disse com pressa.

- Por que Júlia? Qual é o problema? - Ele perguntou, e agora eu não resisti.

- É Júlia, qual o problema? - Perguntei descendo uns degraus dando uma visão perfeita dela, sem nenhum tipo de ironia ou ignorância na voz. Meu coração disparou assim que á vi, como da primeira vez que bati os olhos nela. Era incrível que, mesmo depois de tanto tempo, ela ainda exercia esse poder sobre mim. Ela pareceu respirar fundo depois de alguns minutos de silêncio apenas me observando, e olhou pra Harry.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!