Chapter 32: Lindo Sorriso

6.9K 253 20

[Júlia]

– NÃO! EU VOU USAR ESSE! - Gritou Isadora puxando o vestido que eu tinha pego. Ela tava de brincadeira né? Tinha milhares de vestidos lindos, e ela resolveu pegar o que tava na minha mão.

– Tá brincando né? - Perguntei puxando ele pra mais perto de mim.

– Você acha que eu brincaria com uma coisa tão séria dessa? - Ela disse e deu um sorriso sínico, serrei os dentes.

– Ah claro, é muito importante pra você infernizar a minha vida né? - Perguntei puxando o vestido pra mais perto de mim.

– Me da isso garota, já disse que eu vou usar esse! - Disse dando enfase no eu. Já fazia um tempo que eu estava dentro daquela sala não muito grande que tinham vários vestidos lindos, mas nenhum que tenha ficado legal no meu corpo, já que eu não sou lá muito magra. E quando finalmente encontro um vestido que fiquei bom pra mim, essa garota vem estragar tudo.

– Não... ISADORA, ISSO É MEU, TÁ ENTENDENDO? MEU! - Me invoquei jogando um olhar mortal pra ela.

– Com licença? - Ouvimos uma voz rouca e grossa seguida de uma batida na porta, fazendo todas que estavam lá virarem a cabeça para observar quem estava na porta.

– Posso ajudar garoto? - A mulher que aparentava já ser de mais idade que estava no balcão marcando os alugueis se referiu a Harry.

– Ah, não... Eu só queria falar com a Júlia. - Ele apontou pra mim com a mão que não estava segurando seu smooking. Isadora olhou pra mim e pude ver uma pontada de inveja em seu olhar, já que Harry não é lá um menino de se jogar fora, né?

– Tá bom Isadora, pega essa merda aqui pra você, eu posso procurar mais um pouco já que não sou tão preguiçosa quanto você. - Joguei o vestido na mão dela que me olhou com uma mistura de raiva e inveja. Antes de sair pela porta pude ver que Rafa não estava com uma cara muito boa, acho que ela estava com ciúmes.

– Que foi Harry? - Perguntei me encostando na parede e cruzando os braços.

– Preciso te perguntar uma coisa... - Ele disse olhando pra baixo como se estivesse envergonhado.

– Vai Harry, desembucha garoto, eu ainda tenho que escolher meu vestido!

– Que cantores ou bandas a Rafa gosta? - Ele perguntou ainda olhando pro chão, e eu ri pelo nariz.

– Harry, o que você vai aprontar? - Perguntei arqueando uma sombrancelha.

– Vai ou não me dizer? - Ele se irritou.

– E se eu não dizer? - Perguntei desafiando-o.

– Júlia, você é está sendo a minha melhor amiga agora, por favor, me ajuda... - Ele fez cara de cachorrinho sem dono.

– AWWWWN HARRY! - Eu quase berrei e apertei suas bochechas, e acho que deu pra ouvir lá da sala já que estávamos bem perto da porta, e ele corou. - Tudo bem, ham... No celular dela tem Avril Lavigne, Bruno Mars... - Eu disse pensativa, e ainda ia dizer mais, mas ele me interrompeu com um beijo na bochecha.

– Obrigada, obrigada, obrigada, obrigada! - Eisse empolgado e deu pulinhos de alegria.

– Tá, mas no que você tá pensando? - Perguntei confusa.

– Você vai ver, hoje a noite. Mas não fala nada pra Rafa, ok? - Ele perguntou parando de pular me olhando agora preocupado.

– Pode deixar, melhor amigo. - Pisquei pra ele que abriu um sorriso lindo e me deu outro beijo na bochecha. Virou as costas e começou a caminhar em direção do chalé dos meninos. Arqueei uma sombrancelha ainda meio confusa e observei e ele caminhar todo feliz com o seu smooking, suspirei e soltei um sorriso maior que minha cara. Harry era um menino lindo, carinhoso, e eu sentia que apesar do que aconteceu na cachoeira Harry iria cuidar bem da Rafa. Entrei de novo na sala e fui atacada por uma Rafaela que me atirava um olhar mortal.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!