*Psst* Notice anything different? 👀 Find out more about Wattpad's new look!

Learn More

Chapter 51: O poder de uma caneta preta.

5.5K 220 28

Notas iniciais

SENTIU O PODER DO TÍTULO? KSOPAKSAOPSKOP fiz esse cap com muito carinho gente, sério, botei mt amor nele oskaopskaopksop na verdade é o que eu costumo fazer com minhas amigas, mas ok. Enfim, enjoy!


Acordei com o sol batendo na minha cara. Porra Liam, porque não fechou a cortina?

Falando nele, seu braço estava sobre minha cintura, e eu podia sentir sua respiração em meu pescoço. Peguei meu celular com cuidado para não acordá-lo e liguei a tela para ver as horas. Eu devo ter gelado agora. Perdemos a hora! Já eram quase nove horas, não dava nem pra entrar na segunda aula. Deixamos Júlia sozinha. Que tipo de amigos somos? Suspirei. Agora nem adianta mais. Então vamos brincar com as crianças um pouquinho ~sorriso malicioso~.

Me desenrolei dos braços do Liam tomando o maior cuidado para não acordá-lo. Sai do quarto ainda de pijama e desci as escadas sem fazer nenhum barulho. Gabi dormia num sofá e Larissa em outro. Uma delas iria me ajudar com isso. Larissa com certeza não iria, então só resta…

– Gabi… - A cutuquei sussurrando, e depois de muito balança-la ela se virou resmungando.

– O que foi, hein? – Murmurou sem abrir os olhos, brava.

– Shiiiiu! – Pus o dedo indicador na boca falando pra ela ficar quieta – Perdemos a hora. – Sussurrei e ela abriu os olhos arregalados.

– Mas e a… – Ela estava quase gritando.

– SHIIIU! – Fiz o mesmo gesto com cara de brava e ela revirou os olhos.

– Se perdemos a hora, o que você quer? – Perguntou voltando a fechar os olhos.

–  Todos ainda estão dormindo… Achei que seria legal se… – Sorri maliciosa e ela entendeu o recado, abrindo o mesmo sorriso.

– Eu topo! – Sussurrou e reprimimos uma risada.

Logo ela já estava de pé. Pegamos duas canetinhas pretas que estávamos usando ontem e subimos. Primeiro quarto, Niall. Entramos sem fazer barulho. Um óculos, bigodinho no queixo e na testa, bem grande, escrito “Bicha atacada”,porque as vezes ele dá uns ataques gays que só por Deus. Segundo quarto. Harry e Rafaela. No Harry sardinhas nas bochechas e alguns coraçõezinhos gays, e na testa bem grande “Princesinho da Rafa”. Na Rafaela desenhamos um bigode torto, monocelha e na testa “Cafetão da princesa Harry”. Nem sei como ainda conseguíamos segurar o riso. Próximo quarto, Zayn. Pensamos por uns momentos. De maldade escrevemos “Larissa” em uma bochecha, e na outra “minha deusa”. Na testa escrevemos “Gibi Gay”, e acho que nem preciso explicar. Próximo quarto, o do meu bebê. Não queria pegar pesado com ele, então um bigode e “Bebê da Mi” foram o suficiente. Em Louis escrevemos “Rainha bunduda” na testa, “Louis” em uma bochecha e completando a frase “BARRAQUEIRO” em outra, fora um bigode e uns desenhos estranhos que fizemos na boca dele. Gabi não quis deixar eu escrever algo sobre ela. Faltava uma. Descemos as escadas de novo e Larissa dormia como uma pedra. “Gosto do Ítalo, mas…” na testa, “Amo o Zayn” na bochecha direita e “Secretamente” na esquerda. Uh, ela vai ficar brava. Todos iam querer nos matar, mas aposto que iam se afogar na risada. 

– Tá, estão todos pintados… – Reprimiu o riso mordendo o lábio inferior – O que fazemos agora?

– Acordamos eles, ué! – Falei como se fosse óbvio. 

– Hum… Tive uma ideia! – Sorriu maliciosa e correu para a cozinha, e eu fui atrás. Pegamos panelas, frigideiras e colheres de pau para fazermos o máximo de barulho que conseguíssemos. Incrível como essas antas ainda dormiam feito crianças depois de um dia correndo pela casa. A maioria estava no andar de cima; quer dizer, só Larissa dormia lá em baixo, então subimos.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!