Chapter 18: Um... Quase-beijo?

6.9K 247 23

[Bianca]

Hoje é segunda, tenho aula, então minha mãe veio me acordar onze horas. Levantei e como sempre Júlia estava na escola. Desci pra tomar meu café, depois fiz minha higiene, me troquei, arrumei minha mala e fui andando pra escola. Eu tenho 12 anos, então ainda estou na 7ª série. As pessoas acham que eu tenho cara de ser mais velha, mas no fundo sou só mais uma menininha apaixonada. Entrei na sala como sempre com meus fones de ouvido ouvindo Taylor Swift, de cabeça baixa e sentei na minha cadeira. As meninas me olhavam de cima a baixo e ficavam cochichando entre si, provavelmente falando mal da minha roupa ou do meu cabelo, mas eu já me acostumei com isso, apenas revirei os olhos e continuei olhando pra porta esperando a professora chegar. E então tudo muda, quando ele entra na sala.

Ele tava lindo, todas as meninas olhavam pra ele e soltavam suspirinhos, eu olhei pro quadro pra não acabar soltando um também. Ele sentou no fundo e logo a professora chegou e começou a dar sua aula. Passou uma, passou duas, três e quatro. Desci pro intervalo e fiquei sozinha como sempre, só ouvindo minhas músicas e observando a movimentação. O sinal bateu e eu subi, tirei meus fones e a professora entrou na sala. Agora seria de ciências. Ela começou a falar, mas eu nem prestava atenção. E, para a minha infelicidade, o que me fez sair dos meus pensamentos foi quando ela disse: "Trabalho em dupla". Eu não tinha amigas com quem eu fazia os trabalhos, eu geralmente ficava com quem sobrava, ou seja, aqueles moleques bagunceiros que não fazem nada. Todos começaram a olhar pros seus amigos e cochichar, eu só abaixei a cabeça.

– Mas podem ir parando com essa felicidade, que as duplas vão sair por sorteio. - A professora disse fazendo várias pessoas protestarem - E é pra quinta-feira! - Ela disse.

– Af fessora, é pouco tempo! - Matheus protestou do fundo da sala.

– Então é melhor começarem logo. - Disse e ele revirou os olhos - O sorteio vai ser assim... - Ela pegou um saquinho cheio de papeizinhos da bolsa dela - Aqui tem pares de números, vocês vão tirar um e o que tirar o mesmo número que você vai ser sua dupla. - Ela começou a passar o saquinho pra gente pegar o papel - Não abram antes que todos peguem! - Depois que ela passou todos abriram. Comecei a olhar pra ver quem tinha tirado 13, que era o mesmo número que eu.

– Ora ora, vejam só. A bruxa tirou 13, irônico não? - Disse Rebeca aparecendo por trás de mim e olhando meu papel - Quem será o coitado que vai ficar com você?

– Com certeza vai ser mais sortudo do que quem ficar com você! - Eu disse revirando os olhos.

– Na verdade, a sortuda que vai ficar comigo é a Gi. - Ela disse abraçando sua amiguinha de lado. Giovana é tipo o clone da Rebeca, faz tudo o que ela faz e faz de tudo pra agradar ela. Duas falsas.

– Quem é 13? - Gritaram do fundo da sala. Sim, eu reconheci a voz dele. Assim que Rebeca viu quem era começou a puxar o papel da minha mão.

– Já sei! Vamos trocar! - Ela disse ainda tentando puxar de mim.

– Nada de trocas! - A professora disse e eu sorri sínica pra ela.

– Ouviu? Nada de trocas! - Eu disse caminhando para a mesa em que Matheus estava.

– Você é o 13? - Ele perguntou.

– Sim... - Eu respondi.

– Então você é minha dupla?

– Até onde eu sei sim. - Eu disse olhando pra baixo

– Então, na minha ou na sua casa?

– Pode ser na minha. Quando você pode ir? - Perguntei olhando para os lados sem olhar na cara dele.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!