Chapter 29: Mais um babaca

6.8K 259 3

[Rafaela]

Depois que Milena foi pra sala de música com o Liam e Larissa e Harry sumiram, eu fui pro chalé. Coloquei um biquíni qualquer, vesti um shorts curtinho e fui. Chegando lá observei a paisagem por um instante, passei protetor e tirei os shorts, sem pensar duas vezes pulei na cachoeira. Dei um mergulho bem demorado e fui até onde a água caía e fiquei lá em baixo por um bom tempo. Depois voltei pra borda nadando, e quando coloquei a cabeça pra fora d’água levei um susto e soltei um grito.

– Ai Harry, me assustou! - Eu disse e ele riu. Ele estava sentado com os pés na água só com uma bermuda mostrando perfeitamente seu tanquinho definido. Fiquei secando ele enquanto pensamentos poluídos invadiam minha cabeça. Acho que ele percebeu e riu. Balancei a cabeça na tentativa de parar de pensar naquilo que deu certo, mas por pouco tempo. Sentei do lado dele e fiquei observando a cachoeira e ambos estavam em silêncio.

– Não vai entrar? - Perguntei.

– Aonde? - Ele respondeu, estava meio aéreo.

– Acorda Styles, na cachoeira! - Eu disse.

– Ah… A água tá gelada de mais. - Ele disse e fez careta e eu revirei os olhos. Nem pensei duas vezes, empurrei ele com tudo que não conseguiu se segurar pois não estava esperando por isso. Eu ria, mas quando percebi que ele se debatia contra a água fiquei séria - Rafaela… Eu… Não… Sei… Nadar! - Disse. Ele estava se afogando. Fiquei desesperada, temendo o pior.

– Harry, fica calmo! - Eu gritei - Eu vou te ajudar! - Eu já estava começando a chorar, ele estendeu a mão pra mim ainda se debatendo, não pensei duas vezes e peguei-a tentando puxa-lo pra cima, mas ai percebi a merda que fiz, fui puxada com tudo pra água - AI HARRY! - Gritei batendo nele.

– Você tava chorando? - Ele perguntou arqueando uma sombrancelha e segurando meus braços pra eu parar de tentar machucá-lo.

– Lógico né! E se você morresse? Eu ia me sentir culpada pro resto da vida! - Eu disse e ele riu. E agora lá estava eu, encarando aquelas duas esmeraldas que me encaravam como se estivessem vendo minha alma - Quero te mostrar um coisa - Eu disse e ele assentiu com a cabeça. Eu fiz sinal pra que ele me seguisse e mergulhei. Nadei até onde a água caía de novo e passei por de baixo dela, ficando atrás da queda numa espécie de “caverna” onde ninguém podia nos ver. Harry chegou e se sentou do meu lado, fazendo cara de desentendido.

– Por que estamos aqui? - Perguntou colocando os braços em volta das pernas, enquanto eu estava com as minhas cruzadas.

– Gosto de vir aqui, ninguém pode nos ver ou ouvir. - Eu disse e ele sorriu. Ficamos em silêncio de novo, meu coração estava acelerado e as gotinhas de água escorriam pelo meu rosto.

– Rafa, se eu fizer uma coisa promete que não vai ficar brava? - Ele finalmente se pronunciou e eu arqueei uma sombrancelha.

– Ai Hazza, depende do que for! - Eu disse impaciente e ele sorriu quando eu o chamei de Hazza.

– É uma coisa que eu quero fazer a muito tempo, desde quando te conheci. - Eu ainda estava com a sombrancelha arqueada.

– Tá Harry, faz logo que eu já tô curiosa! - Eu disse e ele riu. Respirou fundo e sussurrou “me desculpa se não for certo, só que eu preciso fazer isso”, e com o polegar no meu queixo me puxou para um beijo. Sua língua pediu passagem e eu hesitei por um momento pensando “não posso fazer isso, você sabe qual é o tipo do Harry” mas não resisti e concedi. Senti que ele sorriu por eu ter deixado aquilo acontecer. Um beijo calmo e delicioso, como se ele esperasse por aquilo á muito tempo. Quando nos fastamos por falta de ar, Harry ainda não havia aberto os olhos, mas levava um sorriso satisfeito no rosto.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!