Chapter 40: Me proteger de você

6K 224 13

  [Júlia]

Acordei com o sol querendo penetrar em meus olhos, devo ter esquecido a janela aberta. Olhei no visor do meu celular que marcavam 8:00h. Levantei meio tonta, fui até a janela que estava aberta e só agora reparei que bem lá atrás via-se a praia. Tomei um banho, escovei meus dentes e coloquei uma roupa bem fresquinha com um biquíni por baixo. Amarrei meu cabelo em um coque e sai do quarto. A casa estava um silêncio, provavelmente todos ainda dormiam. Andei sem fazer muito barulho até o quarto de Niall e abri a porta devagarinho. Ele estava dormindo só com uma box branca todo esparramado na cama. Sorri ao vê-lo assim, parece um anjo dormindo. Entrei fechando a porta de novo e me sentei ao seu lado, mas ele nem sentiu. Passei a mão em seu cabelo e alisei sua bochecha. Tão lindo, tão meu. Me inclinei um pouco e lhe dei um selinho.

– Amor, acorda… - Disse dando-lhe mais um selinho, e ele sorriu.

– Bom dia. - Disse se espreguiçando ainda sem abrir os olhos.

– Bom dia. - Dei mais um selinho nele que abriu mais o sorriso. 

– Eu adoro quando você me acorda assim. - Finalmente abriu os olhos e sentou na cama.

– Eu adoro te acordar assim. - Disse e depositei mais um selinho em seus lábios.

– Que horas são? - Ele perguntou esfregando os olhos.

– Oito e meia. - Chutei, sem saber ao certo.

– O que vamos fazer? - Ele perguntou se levantando e pegando sua roupa.

– Vamos tomar café e depois iremos para praia! - Eu disse animada. Hoje eu estava disposta a fazer essa viagem valer a pena. Ele foi se trocar enquantou desci pra preparar o café. Deixei a mesa arrumada e enquanto terminava vi alguém entrando na cozinha.

– Bom dia. - Eu disse curta e grossa vendo Ian.

– Er… Bom dia pra você também. - Ele disse meio sem graça e passando a mão no cabelo. Quando ele fica nervoso ele passa a mão no cabelo. Estranhei.

– Quer tomar café? - Perguntei me sentando á mesa e começando a preparar meu café.

– Não, estou sem fome, obrigado. - Ele disse ainda sem graça, pegou uma maçã na fruteira e Isadora entrou na cozinha.

– Bom dia amorzinho. - Disse com sua vozinha enjoada e roubou um beijo de Ian. Beijo. Beijão. Na minha frente. Nesse momento me deu ânsia e tive vontade de vomitar todo meu café da manhã - Bom dia. - Disse quando finalmente se soltou dele se virando pra mim com o maior sorriso sínico na cara, como se quisesse me fazer ciumes. Ian não parecia ter gostado muito do beijo.

– Bom dia. - Sorri normalmente pra ela, sem nenhum tipo de sinismo, mostrando que não me importava mais com Ian e que ele era todinho dela. A mesma se sentou na mesa e começou a preparar seu café. Ian saiu da cozinha sem dizer nada e se esbarrou em Niall que entrava olhando feio pra ele. Ele se aproximou de mim com um sorriso lindo e Isadora só o observava com um olhar malicioso. Ele apoiou uma mão nas costas da cadeira que eu sentava e a outra na mesa formando uma “barreira” do meu lado. Ele ficou me observando por alguns segundos e eu fazia o mesmo sem entender. Ele se incinou e rossou os lábios nos meus. Me deu um, dois, três, vários selinhos demorados seguidos, e em uns ele até mordia meu lábio inferior. Quando finalmente acabou, se sentou na mesa e começou a preparar seu café. Fui a primeira a terminar, mas fiquei esperando Niall para irmos pra praia. Isadora acabou antes dele e logo saiu. Ian disse que ia mais tarde. Ele tava estranho. Quando Niall terminou de comer, disse que ia se trocar e subiu. Fiquei esperando ele sentada no sofá até o mesmo descer só de calção. Mordi o lábio sem querer, ele percebeu e caminhou lentamente até o sofá com um sorriso malicioso no rosto. Ele me puxou pela mão me levantando e colou nossos corpos. Ele não tinha muito tanquinho, tinha a medida perfeita, e por ele estar sem camisa pude senti-lo melhor. Começou um beijo selvagem, e logo deu alguns passos me encostando na parede e pressionando nossos corpos. Quando o fôlego lhe faltava ele descia os beijos para meu pescoço me fazendo suspirar de olhos fechados, mas logo retornava a boca. Ele me levantou fazendo entrelaçar as pernas em sua cintura, e começou a subir a escada comigo em seu colo, mas sem parar de me beijar. Quando cai na real do que ele queria desgrudei meus lábios dos dele que me olhou sem entender.

You Got To Change Everything ( One Direction )Leia esta história GRATUITAMENTE!