Capítulo 3

14.8K 1.6K 1K
                                    

— trouxe mesmo um livro pra festa?— John se sentou ao meu lado na areia — pensei que fosse tentar se divertir

— eu estou me divertindo — sorri falsamente — com a enorme chance de alguém passar e vomitar em mim, nada poderia ser mais divertido

— e se você tentar algo como dançar? Beber? Não sei, beija alguém

— pogue não pega pogue e pogue não pega kook, seja mais específico

— turistas?— ele disse aparentemente confuso ao pensar nessa regra idiota que ninguém se importa

— já pensou em ir ver como a Kiara está? Eu vejo a forma que olha pra ela,  se não for acho que o JJ vai

— não vai não — ele comentou indicando o garoto agarrado com uma ruiva não muito longe — e eu não tenho um jeito de olhar para ela, somos amigos, assim como eu e você

— se você me olhar como olha pra ela eu vou te socar com muita força

— você não séria capaz — deu um gole em sua cerveja — chegou bem em casa ontem? Eu disse que devia ter levado você

Então, sabe o Rafe Cameron...

— foi tudo bem, eu levei os mesmos minutos de sempre pelo mesmo caminho de sempre sem nenhum perigo

— tem certeza?

— ninguém tentou me matar se é isso que deseja saber

A cerca de um ano ouve uma explosão na peixaria, meus pais acham que foi um acidente já John acha que alguém tentou me matar

Como se eu valesse alguma coisa para isso, eram apenas eu e peixes naquele lugar sendo assim prefiro acreditar na primeira opção

— isso é bom, mas eu vou te levar para casa sempre a partir de agora

Depois do desaparecimento do pai dele John B acha que vive em um mundo de mistérios e tenta fazer com que todo mundo esteja seguro ao seu lado, eu não reclamo

Mas enche o saco às vezes

— pra sua casa nesse caso, vou dormir lá hoje

— seus pais concordaram?

— sabe que eles mais mimam nesse mundo?— eu perguntei irônica vendo JJ voltar para nós — eles fazem tudo o que ele quer

— esta me dizendo que ele é o preferido? — disse de forma dramática

— estou dizendo que eles nos amam — apontei pra nós mesmo me referindo também a Kiara e Pope — e aí neném — dei um sorriso para o xodozinho dos meus pais

JJ tem uma vida complicada com um pai merda e tudo o que acompanha isso, minha família acredita que todo mundo precisa ter um porto seguro

Que seja um lugar para receber sorrisos e uma mesa farta enquanto pode falar sobre os assuntos que fizeram do seu dia um dia bom ou para que você possa desabafar sobre o dia horrível que teve

Um lugar apenas para estar

John B tem ocupado uma cadeira na nossa mesa todas as vezes que vê os meus pais, JJ tem a sorte ou o azar de ser nosso vizinho dificilmente escapando

As vezes eu acho que eles gostariam de ter começado uma família mais novos para ter a oportunidade de ter uma família grande, mas eles ainda gostam da casa cheia

Dei um sorriso para Kiara quando ela se deitou na areia visivelmente bêbada, a única kook entre nós parecia feliz por estar ali

— aí eu odeio ela — comentou com a voz enrolada observando a Cameron do meio que também olhava na direção de sua ex melhor amiga, eu não faço ideia do porque de terem brigado

Mas admito ter uma mínima curiosidade

Sarah estava ali acompanhada do namorado, kelce que vejo quando faço entregas e também de Rafe que parecia fingir ouvir o que o amigo diz

— a gente devia botar eles pra fora da nossa praia — JJ resmungou fazendo todos os outros darem sorrisos

— dá pra ficarmos ao menos um dia na paz?— Pope perguntou como se pudesse prever as atitudes que os amigos poderiam tomar em seguida

— eles não estão fazendo nada demais — os risos cessaram e eu deixei de encarar a turminha para olhar para os meus amigos que me olhavam como se eu tivesse dito um absurdo

Dei um sorriso

— quero dizer: vamos arrebentar eles — sugeri falsamente trazendo de volta o bom humor do grupo — eu tô tão cansada — comentei

Não dormi nada, por um segundo sequer desde a noite passada já que nesta Rafe ocupava minha cama

— pesadelos?— Pope perguntou e eu observei JJ se deitando em meu colo enquanto pensava no que responder

— quase isso — um sorriso por algum motivo chamou a atenção dos meus amigos — o que?

— que safadeza, quem é ele? Ou ela? — Kiara perguntou com malícia

— o que? Ah, não, eca. Não é nada disso que vocês estão pensando, os meus pais dormem no andar de baixo — tentei me explicar rapidamente

— como se fosse desculpa para alguma coisa — JJ supôs me fazendo acertar um tapa em sua testa

— desculpa? — John B tentou entender

— é só idiotice dele — dei de ombros virando um pouco o pescoço e mais uma vez observando Sarah Cameron que agora parecia discutir com Topper, ela parece ser legal

Pronta para observar o azul do mar me vi pela primeira vez encarando o azul dos olhos de Rafe que segurou olhar pelo que pareceu segundos aos meus olhos escuros

Opostos - Rafe CameronOnde as histórias ganham vida. Descobre agora