Forty Six

17.2K 2.2K 826
                                    

  Jungkook

Acordei e ainda estávamos na mesma posição mas já estava bem frio, então desliguei o ar e fui na mala atrás de roupa pra ele

Peguei uma blusa de frio amarela e uma calcinha azul clara, que foi a primeira coisa que achei, subi na cama e tirei o lençol do corpinho miúdo, ele se arrepiou por completo, frio

Passei as mãos por seu corpinho e vesti a calcinha, depois delicadamente coloquei a blusa nele que nem deu sinais que ia acordar, dei alguns beijinhos na boca e testa dele

Vesti uma calça e uma blusa manga longa também, estava frio de mais, tive até que cobrir meu anjinho com um cobertor grosso que tinha na cama

Depois fui arrumar nossas coisas enquanto ele dormia, passei nossas roupas pro closet já que íamos passar bastante tempo aqui, arrumei os sapatos também e até a penteadeira

Tinha uns repaertimentos e eu coloquei as maquiagens dele e as presilhashinhas lá, ele gosta muito delas e quis trazer algumas

-Tenho que comprar mais perfume pro meu anjo -Falei pra mim mesmo enquanto colocava o restante das coisas que estava na outra mala sobre a penteadeira

Coloquei a arma em um lugar que ele conseguia alcançar e deixei algumas balas lá também, o resto eu guardei tudo na gaveta de roupas íntimas dele

Que agora tem muitas calcinhas, comprei várias pra ele, meu bebê ficou todo animado olhando uma por uma

Ele disse que não incomoda e é isso que importa, que ele se sinta bem e confortável

Depois de tudo arrumado voltei pra cama subindo encima dele, me enfiei debaixo da coberta, abri as pernas dele e comecei a me esfregar

Merda, a intenção era só acordar ele e eu já estou duro pra caralho, continuei mexendo e ele foi abrindo os olhinhos

Tirei meu pau da calça e comecei a passar na entradinha dele tampada pelo pano fino da calcinha, quanto mais eu encostava ali mais eu ficava duro

-Boa noite amor -Ja deve ser 7 da noite

-Boa noite coelhinho -Não parei de passar o pau pela entradinha dele, e quando eu puxei a calcinha pro lado e meu pau tocou o lugarzinho sensível livre de panos nós dois gememos em uníssono

-Vamos pedir alguma coisa pro meu anjo comer uh? -Soltei a calcinha a arrumando direitinho e guardei meu pau de volta na calça

-Não quero comer, quero fazer amorzinho -Meu neném birrento fez um bico mostrando que estava emburrado

-Só um pouquinho coração -Fiz um bico também e na hora ele desmanchou o dele

-Tá bom coelhinho, não fica tristinho -Assenti e lhe dei um selinho

-Pode pedir então? Meu carrapato vai comer né? -Ele assentiu sorrindo e eu sorri também realmente feliz, ele só comeu um algodão doce depois do almoço, meu anjinho tem que comer muito pra ficar fortinho

Sai de cima dele me sentando na cama escorado na cabeceira e peguei o celular que estava no móvel ali perto, ele veio rapidinho pro meu colo se sentando sobre meu pau e me abraçou

Liguei pedindo a comida e logo depois de encerrar eu coloquei as mãos sobre a bunda dele, e que bunda viu, nós ficamos um tempo assim quietinhos so curtinho o calor um do outro até ele começar a rebolar e eu a apertar a bunda gostosa

Puxei a calcinha pro lado e comecei a acariciar  a entradinha dele, meu anjo jogava a cabecinha pra trás, penetrei um dedo e ele gemeu alto

-Mais amor -Atendendo a seu pedido eu enfiei mais um e comecei a estocar com força, levantei a blusa dele e o puxei pra frente chupando os mamilos sensíveis , eu revezava entre um e outro, quando ele já estava bem preparado eu tirei meu pau pra fora

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora