Fifty

14.4K 2K 935
                                    

Jungkook

Três dias se passaram, ontem levei meu anjinho no parque, nossa ele brincou tanto no pula pula que mal aguentava as perninhas depois

Ele foi em vários brinquedos e comeu várias coisas, eu só conseguia sorrir de ver ele tão feliz

Só que o dia não foi somente maravilha, se não tiver alguma coisinha não é meu dia, meu anjinho estava novamente brincando no pula pula quando uma moça veio conversando comigo, não dei muito moral, estava mais interessado em ver ele sorrir igual uma criança

Até que ela tocou meu cabelo

Jimin desceu do negócio com tanta pressa que quase caiu, ele não se importa com quem conversa comigo, ele fica com a cara de paisagem de sempre, mas não me toca que ele fica muito bravo vira um mini bichinho selvagem

Ele entrou na minha frente olhando feio pra mulher, além de me tocar a sortuda ainda pegou no meu cabelo, logo no cabelo

Ele falou pra ela não tocar, mas ela não estava entendendo nada e ainda fez a maior cara de deboche pra ele quando meu neném bateu o pezinho no chão, ai o meu inocente marido mostrou dedo do meio pra ela

Meus olhos se arregalam de imediato, eu juro que não esperava por isso, meu neném ainda foi pra cima dela, eu puxei ele pela cintura e a mulher saiu vazada

Fiquei cheirando o pescoçinho dele e forçando meu pau contra sua bunda e ele se acalmou

"Quem te ensinou isso amor?"

"Tete e o Guinho" e depois de lascar um beijo na minha boca enquanto puxava meu cabelo meu anjinho pediu ajuda para subir de novo no brinquedo

É cada perturbado que eu mantenho perto do meu coração meu Deus

Agora estamos deitados, saímos de manhã só para passear pela cidade mesmo e agora estamos juntinhos na cama

Eu estava fazendo ele dormir, meu pequeno príncipe estava deitado o meu colo enquanto eu estava escorado na cabeceira da cama dando tapinhas na bunda dele igual se faz com um bebê mesmo, foi quando meu celular começou a cair mensagem sem parar, ele abriu os olhinhos com dificuldade

-Shh shh -Continuei fazendo isso até ele dormir, depois eu dei um beijo na testa dele e só assim peguei meu celular

Era Jin, o fotógrafo tinha mandado as fotos do casamento

Fiquei olhando as fotos com lágrima nos olhos, meu pequeno estava sorrindo em quase todas, a cada foto que passava mais lágrimas se acumulavam mais até elas finalmente saírem, elas desciam pelas minhas bochechas mas o sorriso não saia do meu rosto

Era uma mais linda que a outra, tinha uma que meu bebê estava gargalhando com os olhinhos fechados e porra, que foto linda

Chorei até as fotos acabarem e fiquei olhando pra ele deitado em meus braços dormindo tranquilo

-Você é finalmente feliz meu anjinho, e assim eu me torno feliz automaticamente -Me abaixei dando três beijinhos em sua testa e fui colocando ele delicadamente na cama que grudou na minha blusa soltando um suspiro

Deitei ao seu lado mas meu carrapato foi chegando mais perto até conseguir subir encima de mim e segurou meu cabelo

-Meu coelhinho -Sorri todo besta passando as mãos pelas costas dele e resolvi dormir também, sem meu neném aqui bagunçando não tem graça

Acordei sentindo a mãozinha de sempre no meu pau e uma respiração quente entre o meio de minhas pernas, eu estava só de cueca então a respiração estava me arrepiando por estar em contato direto com minha pele

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora