Twenty Nine

17.7K 2.5K 1.3K
                                    

Jungkook

Depois de transar como dois loucos meu pequeno quis ficar só grudado em mim, ele se deitou encima de mim com nossos corpos nus, pegou meu cabelo e ficou quietinho

-Eu te amo meu pequenino -Comecei a acariciar suas costas até o começo da bunda

-Jiminie ama mais -Ganhei um beijinho no peitoral e um neném se apertando mais contra meu corpo

-Frio amor? -Ele negou, Glória

Ficamos mais um tempo assim até ele dormir, eu estava com fome então deitei ele na cama e me vesti logo saindo rumo a cozinha

Quando cheguei lá embaixo estava todo mundo conversando foi só eu chegar parou, bando de fofoqueiro

-Vai Kookie mais rápido, que delícia coelhinho, forte, isso coelhinho assim -Taehyung falou como quem não quisesse nada

-Se o carrapato escutar você falando isso e te der um tiro eu não vou fazer nada -Falei também como quem não queria nada e fui pegar comida vendo ele arregalar os olhos

Quando estava acabando o sanduíche escutei tipo um chorinho na escada e deixei tudo que eu estava fazendo pra ir pegar meu amor

Subi indo de encontro a ele e o encontrei com carinha de quem ia chorar

-O que foi meu amor? Estou sentindo dor? -Ele negou e eu peguei ele no colo -Frio? -Negou

-Kookie deixou o Jiminie lá sozinho sem cabelo -As vezes acho que ele gosta mais do meu cabelo do que de mim -E sem o calorzinho dele -Abracei o corpinho miúdo e o enchi de beijos

Desci com ele no colo e me sentei pra comer enquanto ele fechava os olhinhos de novo, se eu tivesse ficado lá mais 10 minutos ele não tinha acordado

Ele tinha entrado em um sono mais pesado

-Nem parece a mesma pessoa que estava gritando a pouco tempo atrás -Namjoon falou e todos concordaram, Dori disse que estou corrompendo o sobrinho dele

Fui comendo e acariciando ele até que sua respiração estava leve, dormiu de novo, depois que terminei levantei levando meu carrapato comigo pro quarto de novo, deitei deixando ele por cima e nós dormimos

[...]

Meu anjinho não sentia nada a dois dias, mas hoje ele amanheceu triste de novo, na verdade ele amanheceu animado até de mais, mas depois de um momento ele se fechou e disse que não é nada, vou descobrir o que é

Falei pro meu carrapato que eu precisava sair, desci mas voltei segundos depois, tem algo acontendo com ele e eu vou descobrir, quando eu voltei a moça que arruma o andar de cima estava dentro do meu quarto

-Você falou pra ele? -Jimin negou com a cabeça

-Mas eu vou contar pra ele que você está fazendo isso -Fez um bico nos lábios

-Conta, e aí ele morre e você vai ficar sem ninguém, ele não gosta de você,
Ninguém gosta, eu já disse -Ela riu -Eles cuidam de você porque é doente e fácil de manipular

-Para, Jiminie não é doente

-Você acha que senhor Jeon te come porque? Porque ele gosta de você? Porque ele sente prazer ou te ama? Ele te come porque você nunca vai negar e ele se diverte com seu corpo, mas quando ele cansar ele te joga na rua

-Meu Kookie não faria isso

-Quem te garante?

-Eu garanto -Não aguentei mais ficar esperando, meu bebê estava quase chorando -Quem você acha que é pra colocar esse tipo de coisa na cabeça dele?

Tô com tanto ódio, por isso ele estava triste

-Não te interessa do porque eu estou com ele, o que interessa e que você vai morrer -Ela arregalou os olhos -Nem você e nem ninguém vai fazer meu noivo imaginar que está sendo usado, isso é uma barbaridade e você vai sofrer as consequências -Olhei pra Jimin que estava com a cabeça baixa -Mas não por mim, tenho alguém mais importante pra cuidar

Voltei e gritei Dori, ele apareceu correndo

-Leva daqui e mata -Ele assentiu entrando no quarto e tirando ela

Subi na cama, meu anjinho estava todo encolhidinho de cabeça baixa

-Anjo -Ele me olhou e seus olhos remetiam tristeza -Não faz essa carinha pro seu coelhinho meu amor, você não é o que ela disse e sabe disso, você e muuito amado -Falei exagerado e ele soltou uma pequena risadinha

-Porque ela falou coisas feias pro Jimin? ele nunca fez nada com ela -Ele olhando nos meus olhos

-Porque ela tem a alma podre -Puxei ele colocando no meu colo -Porquê me anjo não me contou isso? Que ela estava falando coisas feias pro meu bebezinho?

-Ela disse que se eu contasse o coelhinho ia morrer, Jiminie não quer que o coelhinho morre, ele morre junto -Garota desgraçada

-O coelhinho só vai morrer quando estive bem velhinho meu amor, quando nem aguentar andar mais -Ele sorriu -Nós vamos viver juntinhos pra sempre, com nossos filhinhos e as bengalas

-Pra sempre coelhinho -Ele sabe que o que ela disse não é verdade, eu digo suas qualidades e que eu o amo todo dia, mas ouvir isso assim machuca, principalmente ele que é sensível

-Você é perfeito, a melhor coisa que já me apareceu, o amor da minha vida -A cada frase eu enchia o rosto dele de beijos -Meu noivo que eu tanto amo, minha vida todinha

-Eu te amo muito meu coelhinho -Me abraçou apertado e me deu beijos no pescoço -Você é o amor da vida do Jiminie também

-Também te amo mais que tudo no mundo meu pequeno -Dei vários selinhos nele

Ele não ficou sentido pelo "comer" porque ele não sabe o que é isso, ele conhece por amorzinho e só, por isso quando ela falou ele só respondeu a última acusação

Não sei em que mundo ela está em tentar fazer mal pra ele e achar que vai sair ilesa

Meu garoto não é minha diversão, um corpo pra saciar, ele é meu mundo, minha vida, meu coração. Ele é meu tudo, e por esse mais outros milhões de motivos que eu não vou deixar ninguém tentar rebaixar ele

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora