Twenty Three

21.5K 2.9K 1.8K
                                    

Jungkook

Dori chegou sorrindo parecendo um louco

-Deixa eu matar? Não mato ninguém a dois dias, vou ficar louco -Olha as pessoas que eu mantenho perto de mim senhor

-Pode Dori, só some da minha frente com esses dois -Ele deu dois pulinhos e catou no braço de cada um puxando pra fora

-Vamos brincar de roleta russa? -Ele perguntou pro homem sorrindo cínico -Vai ser muito legal

-E agora você -Coloquei o dedo no peito de Jimin -Vai me contar sobre o pesadelo que fez meu carrapatinho chorar -Ele assentiu

-Tinham tirado o Jiminie do coelhinho dele e levado pra muito muito longe -Ele pegou meu dedo que ainda estava no peito dele e segurou forte -Jiminie ficou preso em um quarto sem nada dentro, não tinha janela a e portinha estava trancada, o Jimin tinha que dormir no chão frio -Ele tremeu -O homem mal estava lá, e a mulher também, ele tiraram a roupinha do Jiminie e um homem entrou sem roupa também, e aí -Ele se calou

-E aí? -Meu Deus não deixe que isso tenha terminado

-Não sei, Jiminie acordou chamando o coelhinho -Obrigado senhor -Mas você não estava e eu chorei porque achei que o Jiminie tinha sido levado mesmo

-Desculpa amor, o coelhinho teve que sair pra pegar traidores -Ele assentiu e começou a passar a mãozinha livre no meu cabelo delicadamente -A minha vida viu a carta?

-Uhhum, aí eu pedi o tio Dori pra me trazer pra você -Ele me deu um selinho -Coelhinho não ficou bravo do Jiminie vim sem avisar né?

-Não meu amor, o coelhinho ficou muito feliz de ver o bebê dele

-Você não vai deixar levarem o Jiminie né coelhinho? Jiminie não quer ficar sem você, nunca nunca -Ele me abraçou -O Jiminie morre

-Nunca meu amor, nunca, eu prometo -Eu nunca quebro uma promessa -O coelhinho também morre se ficar sem o carrapato dele

[...]

Já estamos em casa e me garoto está muito sensível, eu sei que é medo de ficar sem mim, até depois de mortos aqueles infelizes atormentam meu anjo

Ele está comigo agora enquanto eu resolvo coisas da gangue, estamos na sala com dois encarregados do fornecedor de armas e os meninos, meu carrapato esta deitado no meu colo feito um bebezinho só me olhando de baixo

Ele levantou a mãozinha e passou pelo meu rosto, colocou uma mecha do meu cabelo atrás da orelha e voltou a acariciar meu rosto enquanto eu olhava agora pra ele, ele alisava com tanto carinho que eu cheguei a fechar os olhos

Ele levantou a mãozinha um pouco mais e segurou minha cabeça até puxar deixando nós dois bem próximos

-Você é perfeito meu coelhinho, lindo lindo

-Você é ainda mais meu amor -Lhe dei vários selinhos ele "enfiou" a cabecinha no meu peito enquanto passava o nariz pelo local até voltar a ficar quietinho, quando eu levantei a cabeça estava todos me olhando -Pode continuar -Não importa o que eu esteja fazendo, se meu menino pedir carinho, atenção ou até mesmo amorzinho eu vou parar e vou atender seu chamado

Já estava quase tudo resolvido, só faltava eles conversarem com o chefe deles que eu descobri ser a chefe , eles ligaram e ela disse que vinha assinar e dar a palavra final sobre a carga

Algum tempo depois ela entrou sendo guiado por Namjoon

-Olá Jungkook

-Jeon, não te conheço então não me trate como se fôssemos amigos

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora