Fifty Two

14.5K 2.2K 1.6K
                                    


Eu li todos as respostas de vocês no capítulo anterior e obrigada pelas respostas sinceras, mas eu vi muitas pessoas dizendo que está faltando contexto, faltando drama e essas coisas. Sendo sincera eu não vou colocar eles brigando e de modo algum vou colocar um sequestro, o Jimin já sofreu muito para colocar mais coisas pra ele passar, e minha ideia era essa, ele ter passado coisas conturbadas no passado e depois do Jungkook ele ter um pouco de "paz". Se esperam muito drama e essas coisas todas sinto lhes contrariar mas não vai ter não

Jungkook

Jimin acabou dormindo, meu Deus que desespero eu passei agora vendo ele sem conseguir respirar direito

Meu anjo não estava comendo nada então ele se engasgou com saliva, ele disse que estava doendo e pela carinha dele e pelo choro sentido eu imagino que estava mesmo

Subi até nosso quarto e o deitei na cama, ele fungava tanto que estava me dando dó, tirei a roupa dele e fiz mais um pouquinho de massagem e depois me deitei com ele acariciando o cabelinho

[...]

Eu ter achado que ele tinha se engasgado com a saliva foi meu erro, ele acordou do mesmo jeito que antes, acordou devido a ter engasgado de novo e com falta de ar, ele dizia que estava sentindo muita dor

Levei ele no hospital às pressas e o diagnóstico foi envenenamento, o tipo de veneno que deram pra ele não é mortal, mas faz sentir muita dor e eu sei bem onde isso aconteceu

Estou voltando do hospital agora depois de ter passado a tarde toda com ele tomando medicamentos, meu anjinho está dormindo no meu colo devido ao tanto de remédio que ele teve que tomar pra expulsar o veneno e pra dor

O remédio fez com que meu menino vomitasse pra tentar tirar o que ainda ainda estava no estômago, e por ter feito força pra vomitar ele sentiu ainda mais dor e tiveram que tacar mais remédio nele

Eu mandei o motorista ir me buscar no hospital porque eu ia dar suporte a meu carrapato

Mandei que ele parasse na sorveteria e já desci tentando controlar minha raiva, faz o que quiser comigo mas com meu marido não

Quando entrei a mesma mulher que me atendeu estava do outro lado do balcão, cheguei já puxando ela pelo cabelo deixando ela com o rosto em minha direção

-Foi você não foi, vadia

-Eu? O que eu fiz

-Você envenenou meu marido sua desgraçada -Eu estava com tanta raiva que é possível que eu mate todas essas pessoas aqui, Dori logo entrou com a cara fechada

Ele me ligou querendo ver o Jimin e eu contei o que tinha acontecido, na mesma hora ele desligou, minutos depois ele ligou de volta dizendo que ele e os meninos viriam para Tokyo, e aqui estão eles

Sem soltar ela eu passei Jimin para os braços do tio

-Senhor eu não envenenei seu Marido -Isso só me fez ficar com mais raiva ainda e eu intensifiquei o aperto, odeio mentiras

-Porque você fez isso? -Ela ia negar, eu peguei a armar apontando pra ela -Porque

-Me pagaram, ele me disse que não ia matar só ia deixar mal, mas não era pra ele -Arqueei a sobrancelha -O veneno estava na água que eu levei

A água que Jimin tomou no meu lugar, desgraça

Eu sempre cheiro antes de deixar ele comer ou tomar qualquer que seja a coisa quando não é em nossa casa, mas eu não dei moral pra porra da água

-Você fez meu marido parar no hospital e essa brincadeira vai ficar cara, mas primeiro você vai me dizer quem te pagou pra isso

-Eu não sei, juro que eu não sei, só sei que ele é alto e careca -Mais é uma porra mesmo, coloquei a arma debaixo do queixo dela -Senhor por favor, eu não tenho culpa

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora