Thirty Seven

20.2K 2.5K 1.3K
                                    

Jungkook

Desde que chegamos em casa eu estou grudado nele, mais tipo, literalmente, ele está deitadinho na cama e eu estou por cima entre suas pernas enquanto ele acaricia meus cabelos

-Deixa o Jiminie levantar

-Não -Apertei ainda mais ele que sorriu

-Só vou fazer xixi coelhinho, eu já volto

-Vou com você -Levantei e quando ele foi, eu fui atrás parecendo um rabo e fiquei atrás dele abraçando o corpinho enquanto ele mijava

Ele voltou o pau pra cueca e foi até a pia lavar a mão e eu ainda grudado nele, me recuso a sair

Soltei ele só quando ele foi se deitar e logo eu já estava encima de novo, nos trocamos de posição hoje, o carrapato sou eu

-Coelhinho?

-Oi amor -Eu estava esfregando o rosto em sua barriga

-Quero amorzin

Esperei nem ele terminar, levantei meu tronco tirando sua blusa e cueca que eram duas únicas peças que ele usava, tirei meu pau da calça e enfiei nele com tudo que arrelagou os olhos

-Machuquei?

-Não, mexe Kookie -E eu já comecei a estocar com força, o corpinho miúdo chega ia pra frente pelo impacto, segurei em seus cabelos e cada vez aumentava mais os movimentos

[...]

Transamos duas vezes e eu já estou grudado nele de novo, eu estou escorado na cabeceira e ele deitado de costas pra mim no meio das minhas pernas, as mãozinhas dele passam delicadamente pelas minhas coxas até onde seu braço vai,e eu estou com as mãos em seu pescoço dedilhando devagar

Mandei Jin ir no mercado comprar de tudo que meu príncipe gosta porque hoje não estou mais afim de sair e já estava precisando reabastecer os armários

-Coelhinho, vamos descer?

-Vamos -Ele ia saindo mas eu puxei ele de volta -Fica pertinho

Ele saiu e virou sentando no meu colo de frente agora, fui me arrastando até sair da cama com ele no colo, descemos mesmo só depois que eu enchi ele de beijinhos e de ter cheirado o pescoçinho por minutos seguidos

Quando descemos as escadas eu desci ele do meu colo e o virei abraçando por trás, ele foi nós guiando até a sala e ele se soltou pra sentar

Eu mal esperei esse feito e me sentei em seu colo o abraçando pelo pescoço enquanto voltei a cheira-lo

-Está pesado? -Eu tinha sentado mesmo, meu peso todo estava sobre seu colo

-Não amor, pode ficar -Assenti e fiquei abraçando ele que passava uma mãozinha por minhas costas já que a outra estava pousada na minha bunda

Enfiei o rosto no pescoço dele e fui ficando sonolento, com pouco eu apaguei grudado nele

Quando eu acordei ele estava com as duas mãos dentro da minha calça sobre minha bunda, eu estou em seu colo então não tem como ele pegar no meu pau como ele gosta e mandar uma posição confortável

Quando eu me mexi ele tirou uma e passou nos meus cabelos

-Boa Tarde coelhinho -Ainda é de tarde, ainda bem que não dormi muito

-Boa tarde meu amor -Me ajeitei em seu colo e voltei a abraça-lo apertado

-Dormiu bem?

-Claro meu amor, você estava comigo -Ele sorriu e eu dei um beijinho em seu pescoço -Sua entradinha está doendo?

Protegido do MafiosoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora