Cap 38

14.2K 961 160
                                    

⚠️ A V I S O ⚠️
Provavelmente esse será
o último capítulo com a visão da Helena e do Luca.
Eu penso futuramente em fazer uma obra deles dois, mas só quando eu finalizar essa.
Sobre ser o último cap eu estou achando que não estou focando tanto na história da Mel e do Italiano.
Falem as opiniões de vocês e se ainda querem a visão do Luca ou da Helena.
Falando em comentários, eu peço que vocês comentem, dá uma animada sabe? As vezes eu acho que vocês não estão gostando.
Sobre os erros ortográficos, eu só vou revisar quando eu acabar a fic, então mil desculpas.
Foi só isso mesmo, aproveitem a leitura.
Um bjo quengas!💗

H E L E N A

Entramos na praça de alimentação com o Luca procurando os amigos dele.

Do completo nada escutamos um bando de doido gritando.
Olho pra eles e os vejo rindo pra nossa direção.

Luca- Pai amado.- Diz começando a rir, e por incrível que pareça a Isa ri também.
Vejo só um menino loiro vir até a gente.

Caio- Opa Lukinhas.- Ele fala dando um meio abraço nele.- É a tua namorada? Prazer.- Diz apertando a minha mão.- Olha que coisa mais fofinha.- Diz pra Isa.- Vice é fofinha a você é sim.- Fala e aperta as bochechas dela.

Luca- É sim.- Fala com um sorriso e vem pro meu lado.- Caio essa é a Helena e Helena esse é o Caio.

Helena- Prazer.- Falo um pouco envergonhada. Eu não saía muito então eu meio que não sei como agir.

Caio- O resto do povo tá lá no Mec. Bora lá pra Helena conhecer eles.- Ele começa a andar na nossa frente e nós vamos atrás o seguindo.

Luca- Fica nervosa não vida. Eles são legais.- Fala e segura a minha mão.
Continuamos caminhando até chegar perto de um grupinho de adolescentes.- Oi gente.

Dois meninos vem pra perto da gente e cumprimentam ele. Quando vai me cumprimentar simplesmente travam.

??- Jesus, pensa nascer uma vez e nascer assim. Totalmente mesopotâmica.- Fala olhando pra mim. Vej será que eu tô feia? Eu até me maquiei. Faço uma cara confusa.- Isso foi um total elogio.

Helena- Obrigada... eu acho.- Eu não sem lidar com elogios porque eu nunca recebi. Eu fico meia sem jeito.

??- Eu nem me apresentei. Eu sou o Felipe mas pode me chamar de Lipe. Esse ali eu acho que você já conhece que é o Caio.- Eu assinto.- E esse aqui é o Luan.- Aponta pro amigo do lado.

Helena- Muito prazer.- Dou um leve sorriso. A Isa tá ficando um pouquinho agitada. Provavelmente com fome.- Deixa eu segurar ela um pouquinho.- Ele reluta mas me entrega a bebê.

Lipe- Oque foi que a princesa tá resmungando? Sabe uma das minhas habilidades? Eu sou incrível com bebês, é só eu chegar perto que eles começam a rir.- Fala orgulhoso e o Luan da uma risada.

Luan- Do jeito que tu é feio é mais fácil eles chorarem. É raro encontrar tanta feiúra em uma pessoa só.- Eu ri.- Vem cá, cadê as meninas em? Até agora não chegaram.

Caio- Olha elas ali.- Ele aponta ckm a cabeça e eu vejo duas meninas. Completamente padrões. Me comparei.

??- Oi gente.- Uma menina morena fala.- Quem é você?- Fala pro Luca me ignorando completamente.

Caio- Oi vida.- Ele fala indo na direção dela e a abarcando.- Esse é o Luca e essa é a Helena. Luca e Helba essa é a Lana, minha namorada e irmã do Luan.

Lana- Prazer Luca.- Fala dando um sorriso maior que o do coringa.- Vem Camile.- Fala puxando a outra menina. Elas são quase iguais, até o roupa.- Luca essa é a Camile.- Fala me ignorando novamente.
Enquanto isso o Luca tá com a maior cara de cu do mundo.

Camile- Prazer Luca.- Ela fala. A Isa começa a resmungar e eu acho que ela tá com fome.

Helena- Eu vou no berçário, Jaja eu volto.- Falo e começo a ir em direção ao mesmo.

Luca- Eu vou junto.- Diz começando a me seguir mas eu o empeço.

Helena- Pode ficar, eu já volto.

L U C A

A Helena sai com a Lana a encarando. E meu Jesus, que menina feia, ela é feia que dói.

Lana- Que menina estranha né gente? E essa bebê, que feinha, deve nem saber quem é o pai.- Fala e a amiga dela concorda, as encaro com desdém.

Luca- Nossa como você é inconveniente. Ela é minha namorada, e a bebê é minha filha.- Digo e ela ri.- Tá rindo doque? Tô com cara de palhaço?

Camile- Você é tão bonito, merece coisa melhor. E eu acho que você deveria fazer um teste de paternidade viu, vai que a filha não é sua, eu sei bem como é esse tipinho.- Fala olhando pra amiga e rindo com deboche.- Somos o ouro deboche bebê.

Luca- Óbvio que sabe como é. Com todo respeito. Menina debochada tá se achando o bobo da corte né? Alerquina doidona se fosse tu na idade média fia, ia passar um cerol no teu pescoço, guilhotina na certa, seu pescoço pode ser grande, mais nn é 13.4 blindado não girafona. Tu tá parendo o orochinho com esse teu bigode, tá parecendo aquele mascote da batata pringlos. Se vc soubesse o tanto que vc é feia naturalmente, tu nem ficava se esforçando pra fzr careta garota, tu tá parecendo aquele mulekinho lá da cara triangular phiineas I ferbs. Tu tá parecendo um ferro de passar roupa garota, esse seu humorzinho ultrapassado de Twitter que ngm mais ri disso tá se achando uma líder de torcida Hollywoodana mais tu tem que saber que todo mundo tá torcendo pra tu calar tua boca pq tu é chata, te conheci agora mas já não te suporto. Se liga. Tu já é feia, tem que ser ao menos simpática. Eu não gosto de falar da aparência dos outros mas você falou da minha filha então.- Falo e os meninos me olham abismados. - E vê se arruma coisa melhor irmão. Menina assim não presta.- Digo e saio indo em direção ao berçário.

Caio- Você só me faz passar vergonha...

..............................................................

O Luca esse cap:

Meu humor é um cu

Ops! Esta imagem não segue nossas diretrizes de conteúdo. Para continuar a publicação, tente removê-la ou carregar outra.

Meu humor é um cu.

Meu Morro Minha Vida Onde histórias criam vida. Descubra agora