Cap 23

19.1K 1K 158
                                    

M E L

Fazem dois dias que o eu coloquei a minha greve, e surpreendente o Italiano a respeitou.

Tirando a parte que agora ele dorme com a mão dentro do meu pijama, agarrado no meu peito.

Acordo com fungadas e o italiano virado de costas pra mim.

Mel- Eu oque foi.- Pergunto suavemente, levantando parcialmente o corpo e ele se encolhe. É meio engraçado um cara de quase dois metros todo encolhidinho.- Porque você tá chorando?- O mesmo se vira pra mim com os olhos marejados.

Italiano- Você não me ama mais né? Eu sei que você não ama.- Fala soluçando.- Porque que você não me deixa mais mamar? Tu não me ama mais?

Mel- Endoidou foi? Vem cá vem.- O puxo pra perto de mim.- Você sabe o porque da minha greve, eu te amo muito e eu só fiz isso pra você ter um pouco mais de responsabilidade entende? Tudo bem?- Pergunto e ele apenas confirma com a cabeça.- Palavras.

Italiano-Sim. - Ele diz ainda fungando. O puxo para deitar no meu peito e sinto uma fisgada. Dor do carai.

Mel- Precisa chorar não. Você quer mamar?- Ele me olha com os olhinhos brilhando e assente.- Vem.- Abaixo a alça do meu pijama já que estou sem sutiã o deixando livre. Ele chega perto e da um beijinho no mamilo logo depois começando a mamar. Ele suga um pouco forte a acaba doendo.- Aí, assim não, isso doi.

Italiano- Desculpa amor.- Fala um pouco embolado não largando o meu seio. Começo a fazer carinho com no cabelo do mesmo e ele se ajeita pondo a mão na minha orelha também fazendo carinho, logo adormeço.

[...]

Agora estou na cozinha fazendo alguma coisa para comer enquanto o Italiano ainda está dormindo.

Pego uma panela e começo a fritar uns ovos, do nada sinto alguém se aproximando e braços na minha cintura.

Italiano- Bom dia amor.- Fala com a voz rouca deixando um beijo no meu pescoço.- Tá fazendo oque?

Mel- Bom dia vida.- Ele apoia a cabeça no meu ombro e me viro e dou um selinho no mesmo.- Café da manhã.- Eu tento me virar mas ele continua parado.- Oque foi?- Viro só a cabeça e o vejo com o rosto vermelho e olhando pra baixo muito concentrado.- Deixa eu me virar.- Ele mexe a cabeça com um não é encosta o quadril na minha bunda. Agora eu entendi.

Italiano- Ereção matinal é foda.- ele fala e eu começo a rir descontroladamente.- Oque foi? Tu tá vermelha véi.

Mel- Tu tá com vergonha porque tá duro?- Pergunto e ele assente.- Deixa de presepada homi, eu já te vi pelado um monte de vezes.- Eu falo e ele me solta. Me viro de frente pra ele e fico na pontas dos pés o dando um selinho, depois olhando para o volume na calça moletom que ele usa.- Vara de catar manga vida. Depois eu resolvo isso tá bom.- Eu fala ainda rindo. Mas sem zueira, eu sou guerreira pra caralho.

Italiano- Eu vou cobrar.- Fala andando atrás de mim e dando um tapa na minha bunda.- Senti na mesa e vejo que esqueci o ovo.

Mel- Eu esqueci o ovo. Vai lá buscar.

Italiano- Mas eu já tenho dois. Que por sinal estão doendo bastante.

Mel- Deixa de ser putífero menino. Vai buscar vai.- Ele se levanta e sai resmungando mas depois volta com o meu querido ovo.- Mamacita fala, vagabundo senta.

N A R R A D O R A

??- Tudo pronto.- O magricelo fala para os seus capangas. - Vamos invadir semana que vem.- Todos concordam.

PXP- Por onde vamos atacar.- O garoto pergunta calmamente.

??- Por trás, aqui geralmente tem poucos vapores.- O garoto concorda.

Carla- Você vai deixar a Mel pra mim né papai?- A saruê pergunta sentando no colo do homem ignorando todos ao redor.

??- Claro querida, ela vai ser toda sua.- O mesmo diz com um sorriso bizarro logo depois beijando a garota.- Mas porque essa marcação com ela?

Carla- Está defendendo ela?- A mesma pergunta com raiva e ele nega.- Eu tenho os meus motivos.- Diz voltando a beijar o homem.

............................................................

Sabadou vidas

Desculpa a demora mas foi um sábado bem agitado 🙈😈

Esse PXP vai ser bem importante viu queridas🗣️

Bjos quengas😭💗😍

Meu Morro Minha Vida Onde histórias criam vida. Descubra agora