Cap 26

14.8K 1K 107
                                    

I T A L I A N O

HK- Você tem certeza que é aqui?- Estamos em frente a uma casa aparentemente comum.

PXP- Sim, eu ouvi eles dizerem que era exatamente esse lugar.- Olho pro HK que está encarando o garoto.- Da pra entrar por aqui.- O mesmo aponta para uma porta na parte de trás da casa.

Eu trouxe cerca de 15 vapores comigo, seria igual entrar em ratoeira se eu tivesse sozinho.

Arrombamos a porta, já que a mesma estava trancada, e começamos a entrar.

Italiano- Eu vou na frente.- Pego a minha arma e começo a correr em direção ao cômodos.
Avisto um corredor com um porta no final.- Vem cinco comigo.- Eles concordam e começam a correr.

Chegamos na porta e esbulho vozes dentro do quarto.

Italiano- Vamos no três.- Escuto um pouco mais.- AGORA.- Eles atiram na maçaneta e entramos no cômodo. Vasculho o mesmo com os olhos e vejo três pessoas. Cadê a Mel?

??- ME SOLTEM.- Escuto alguém falar é meu Jesus. Que voz irritante.
Olho pra um canto e a cena que vejo me choca.

Italiano- MEL!- Ela está desacordada, e com muito sangue no meio das pernas. Oque fizeram com ela?- Meu amor...- Me aproximo da mesma e pego seu corpo com delicadeza.- LEVEM TODOS PRO GALPÃO.- Eu me resolvo com eles depois. Oque importa agora é a Mel.

-Q U E B R A D E T E M P O-

Entro correndo no hospital com a Mel nos meus braços.

Italiano- ME AJUDEM, CHAMEM UM MÉDICO.- Eu estou desesperado. Uma mulher e outras pessoas chegam com uma maca e carregam a Mel pra uma sala.

??- Senhor por favor espere aqui.-Começo a acompanhar maca mas a moça me barra.
- Ela está indo para a sala de cirurgia de emergência.

-Q U E B R A D E T E M P O-

6 Horas.

Fazem seis horas que ninguém me diz nada sobre a Mel.
O HK está aqui comigo.

HK- Se senta um pouco cara.- Ele me fala vindo até mim.- Faz um tempão que você não come nada.- Ele toca as minhas costas e me guia até um banco.

Italiano- Ninguém veio falar nada até agora... Já fazem 6 horas, 45 minutos e 36, 37, 38...

HK- Você tá endoidando.- Fala quando um médico chega.

??- Familiares de Melissa Nogueira.- Me levanto rapidamente.

Italiano- Aqui!- Digo.- Como ela está melhor doutor?- Falo com um pouco de esperança.

??- Me acompanhe por favor.- O mesmo fala e começa a andar até uma porta, eu apenas o sigo.
Ele abre a porta e espera eu entrar. Me sento em uma das cadeiras que tem ali. Tô nervoso pra carai.

??- Boa noite, eu sou Doutor Carlos, muito prazer.
Bom, a paciente acabou tendo fraturas na costela, assim tendo que fazer uma cirurgia de emergência. Mas, quando fomos efetuar a cirurgia, descobrimos que ela teve uma gravidez silenciosa, por conta das lesões, ela teve um deslocamento da placenta, causando uma hemorragia. Fizemos de tudo mas infelizmente o bebê não sobreviveu. Sinto muito.- COMO?

Italiano- Ela estava grávida?- Digo em total choque.

Dr. Carlos.- Sim, de um menino. Meus pêsames.- O mesmo diz saindo da sala.

Me levanto anestesiado da cadeira indo em direção a porta.
Saio da sala e vejo o HK.

HK- Eai cara, ela tá bem?- Me pergunta ansioso.

Italiano- Eu ia ter filho. Um filho menino, eles mataram o meu bebê HK, o meu bebê...- Falo e começo a chorar. Começo a chorar e as minhas pernas fraquejam. Ele me segura e me abraça.

HK- Eu sinto muito Italiano. Eu sinto muito mesmo.- O mesmo fala e eu soluço.

Italiano- Ia ser um menininho, eu ia ensinar ele a jogar bola e a andar de bicicleta, mas eles mataram ele...

............................................................

Sim amigas... Esse foi o meu comeback.

Depois de inúmeras ameaças de morte, e d invadirem a minha casa, eu voltei.

Joguei a bomba e fui embora.

Tô nessa vibe bem deprê mas tudo vai melhorar, eu prometo

Repostei o cap pq uma diva me alertou sobre a anatomia humana🙈

Gratidão

Tadinhos né gente? Faz parte

Bjs quengas😭

Meu Morro Minha Vida Onde histórias criam vida. Descubra agora