Cap 30

15.2K 980 39
                                    

I T A L I A N O

Esses dias estão sendo bem difíceis pra gente.
A Mel tá tão desanimada e eu não sei oque fazer pra animar ela.
Ela emagreceu 4 quilos. Cara ela já é bem magrinha, eu tenho medo dela ficar doente.

Italiano- Amor.- Ela me olha.- Eu vou ter que sair rapidinho beleza? Jaja eu volto, qualquer coisa me liga, por favor.- Digo dando um selinho nela que me olha um pouco triste.- Eu te amo muito.

Mel- Eu também te amo muito.- Diz agora com um leve sorriso.
Saio de casa e começo a andar em direção a boca.

Eu e a Mel temos conversado muito, e ela está se achando insuficiente. Mesmo que eu diga várias e várias vezes que ela é tudo pra mim. Eu realmente não entendo mulheres.

HK- Eai cara.- Fala vindo pro meu lado com um cigarro. Olho puto pra ele é o mesmo joga fora. Eu simplesmente odeio cigarro, o cheiro, o gosto, tudo nessa porra é ruim. E eu também tenho asma.- Como a Mel tá?

Italiano- Menos pior. Ela acha que eu tô traindo ela, ela fica se diminuindo porque tem baixas chances de engravidar. Eu tô me sentindo tão mal namoral, ela só tá assim por minha casa e eu não sei oque fazer.- Falo suspirando.

HK- Independente dela estar com você ou não, ela está em um estado bem complicado, ela perdeu um bebê Italiano. Toda mulher se sentiria assim, agora você tem que estar do lado dela, mostrar que até nos piores momentos você vai ser o ombro amigo, e não é sua culpa, ela só quer cumprir as expectativas que ela pôs nela mesma. O sonho dela também é ser mãe.

Italiano- Eu sei... mas eu sinto que está faltando alguma coisa pra animar ela.- Chegamos na boca.

Alemão- Opa irmão.- Esse satanás tá aqui já não é coisa boa.- Eu tenho uma notícia ótima.

HK- Vindo de você eu até desconfio.- Ele o olha incrédulo.

Alemão- Vem cá queridinho, não se mete não. Bom, hoje é dia de tortura.- Diz com um sorriso maléfico.- Inclusive Italiano, eu realmente sinto muito, sei que o teu sonho é ser pai e os caralho todo, com fé em Deus vocês vão fazer um time de futebol.- Fala me dando um tapinha nas costas.- Talvez a minha mina venha aqui pra elas conversarem um pouco, papo de mulher moro?

Italiano- Obrigado irmão, e ótima ideia, vou falar com ela sobre isso.- Pelo oque eu sei a Mel nunca teve amigas. Talvez seja legal ela conversar com uma mulher.

HK- Ela já conversa comigo.- Fala desanimado.

Alemão- Tu é viado mas não conta idiota.

HK- Se fode namoral.- Diz indignado.

Alemão- Isso é falta de rola.- Fala rindo. Do nada o meu celular toca e eu vejo que é a Mel.

Italiano- Cala boca vocês aí.- Só gritam misericórdia.- Oi amor? Tá tudo bem.- Fiquei nervoso.

Mel- Eu quero uma peste azul.- Oque?

Italiano- Oque porra é isso?

Mel- Uma peste azul ué, se vira aí.- Fala e desliga. Oque carvalhos é uma peste azul.

Italiano- Vem cá, oque é peste azul?- Eles me olham.- A Mel me ligou pedindo isso e mandou eu me virar.

Alemão- Será que é comida?

HK- Comida não tem esse nome seu idiota. Pergunta pra tua mina.

Alemão- Boa ideia.- Ele pega o celular e começa a ligar pra mulher.- Oi meu bem. Você pode me responder uma coisa? Sim eu já almocei. Enfim, oque é peste azul?
Vai me mandar foto? Doque? Atá, que droga, também te amo.- Desliga a ligação.- Peste azul é isso aqui.

Italiano- Isso é um ovo com um sapato? Se bem que também tem o urso né. Bora no shopping comprar.

Alemão- Mas e a tortura?- Pergunta desanimado.

Italiano- Por enquanto só vão levar uma surra, mas é pra deixar eles vivos. Nós vamos finalizar. Agora a prioridade é acabar a peste azul.- Eles concordam.

Meu Morro Minha Vida Onde histórias criam vida. Descubra agora