Cap 5

33.1K 2.2K 143
                                    

🅡 I T A L I A N O

Pego a minha motoca e vou em direção a boca do Juninho, enquanto dirijo olho o meu morro, eu falo meu mas o morro é da população, eu só organizo tudo pra manter a ordem, mês passado comecei a reformar todas as praças e escadarias, esse mês fica tudo pronto.

HK- Olha aquela ali é a Mel.- Aponta em direção a morena mais linda que eu já vi em toda a minha existência nesse planeta, seu cabelo liso enorme, o corpo parecendo um violão, e uns peitos, meu senhor que peitos, apaixonei.

Italiano- Porra.- Falo chocado com tamanha beleza.

HK- Ei cara, ela é linda eu sei mas a moto tá em dez km por hora, agiliza aí.- Ele fala puto.

Italiano- Cala a boca caralho.- Volto a acelerar a moto.- Eu nunca vi ela aqui no morro, ela parece mó novinha, deve morar com os pais.

HK- Que pais filho? Eles morreram por causa de overdose por medicamentos eu acho, eu achei o atestado de óbito e era isso que dizia, ela mora só faz o maior tempão, tem dois trampo e terminou a escola semana passada, as piranhas do morro tudinho falam mal dela.

Italiano- Como tu sabe disso tudo?- Pergunto com certa curiosidade.

HK- Eu tenho as minhas fontes.- Ele diz dando uma risada.
Chegamos na boca 5 e vejo o Juninho na minha frente, vontade de meter umas pauladas nessa cara ridícula dele.

Juninho- A que devo a honra Italiano- Diz me cumprimentando.

Italiano- Na sua sala, agora.

[...]

Italiano- Juninho, quanto tá o aluguel das casas do beco 38.

Juninho- Tão 600 chefia.

Italiano- Sério? E qual era o nosso acordo mesmo?

Juninho- 300, mas eu tive que aumentar, sabe como é.

Italiano- Não, eu não sei como é, eu vou direto ao ponto, o lucro dessa boca tá com um buraco de 12 mil, e como você aumentou o aluguel, creio que dê para pagar não é mesmo?- Digo com escárnio.- Vamos o dinheiro, agora.

Juninho- So vai dar semana que vem chefe, tô com uns bo aí pra resolver sabe, a minha mãe tá com câncer.

Italiano- A sua mãe faleceu faz dois anos, eu quero o dinheiro agora.- Vai mentir pra mentiroso da nisso.- Mas quer saber, acho que você tá muito ocupado dando as nossas estratégias para os polícias não é mesmo? Ninguém sabia sobre a viela 12, só você... Justamente onde os polícias entraram, suspeito não?

O Juninho é preto e ficou pálido como papel, sem ofensa porque eu também sou, a seis meses a polícia estava invadindo exatamente o locais das nossas estratégias, então suspeitei que haveria um x9 entre nós.

Italiano- Bom, eu preciso do dinheiro, e você precisa de um milagre para se safar da morte, x9 morre cedo sabe como é né.- Pego a minha arma e dou um tiro certeiro na testa dele. Idiota.

Italiano- O HK é o dono dessa boca agora.- Não se deve confiar nas pessoas, mas o HK é como se foce meu irmão mais novo, eu considero ele pra caralho.

Pego a minha motoca e passo em frente a uma loja de chuteira, vejo uma linda da Nike, essa já é minha.
Olha essa qualidade, esse brilho. A maciez dessa belezura.

Pego ela e quando vou pagar vejo outra com outra cor, a analiso calmamente. Eu ainda vou voltar para comprar ela.

Meu Morro Minha Vida Onde histórias criam vida. Descubra agora