Cap 103- Eu to jogando

3.5K 269 16

Bruna~

Lukas- Bruna come logo essa comida.

Eu- To sem fome Lukas.

Lukas- Só mais um pouco Bruninha.

Eu- Cê é chato viu.- Comi mais 2 colheradas.

Lukas- Mas tu me ama.- Se gabou.

Eu- Iludido.- Ri e ele me olhou sério.

Lukas- Vai se arrumar não?

Bruna- Pra que?

Lukas- Pro Natal na minha mae Bruna.

Bruna- Eu disse que eu não vou.

Lukas- E eu disse que você vai.

Bruna- Mas eu nao quero.

Lukas- Vai logo tomar banho Bruna.

Eu- Voce é um ridículo.- Levantei e coloquei meu prato na pia.- To indo.

Lukas- Também vou tomar banho.

Sai do seu apartamento e fui pro meu,minha mãe nao estava em casa pra variar,fui pro banheiro e tirei minha roupa,entrei no chuveiro e perdi a noção do tempo enquanto me depilava,lavava o cabelo e cantava algumas musicas.

Escuto alguem bater na porta e faço silencio,escuto passos e logo batem na porta de novo.

- Bruna ta viva ainda?- Era a voz do Lukas.

Eu- To saindo já chatice.

Lukas- Vou em casa.

Fechei o chuveiro e me enrolei na toalha,sai do banheiro e entrei no quarto,encostei a porta do quarto (ja que ela nao tranca), vesti uma calcinha preta e soltei a toalha no chão, abri o guarda roupa olhando as roupas.

Lukas- Bruna ja ta...- Ele para de falar assim que me viu.

Ele morde os labios me olhando de baixo pra cima, olho meu corpo e vejo que estou praticamente pelada.

Eu- OLHA PRA LÁ LUKAS CARALHO.- Me cobri com as maos.

Lukas- Ja vi tudo isso ai Bruninha.- Ele me olha malicioso.

Eu- Lukas por favor.

Lukas- Eu to jogando.- Sentou na cama mechendo no celular.

Eu pegava uma roupa, pegava outra e não gostava de nenhuma, nenhuma ficava legal.

Lukas- Porra Bruna quer que eu te vista?

Eu- Eu nao achei uma roupa bonita ainda Lukas.

Lukas- Deixa eu escolher uma.- Ele levantou.

Ele veio e ficou atrás de mim,ele estava colado no meu corpo fazendo minha respiração ficar desregulada, ele pega um vestido  e me entrega.

Lukas- Vai ficar lindo.- Ele sussurrou no meu ouvido.

Eu segurei o vestido e ele voltou a sentar na cama,vesti ele e tentei subir o zíper.

Lukas- Eu fecho.- Ele subiu o ziper.- Aquele salto.- Apontou pra um salto que tava no guarda roupa.

Eu- Ta obrigada.

Eu pulei e pulei pra tentar pegar o salto,esqueci que sou baixinha.

Eu- Pega pra mim.

Lukas- To anã.- Me entregou o salto.

Eu- Teu pau.- Sentei na cadeira colocando o salto.

Lukas- Voce sabe muito bem que ele não é pequeno Bruninha.- Ele para na minha frente.

Eu- Idiota.

Lukas- Gente agora ela chega no meu queixo.- Zoou.

Eu- Eu to quase na sua boca.

Lukas- Mentira ja ta.- Ele me beijou.

Tipo sem mais nem menos o garoto me beijou,eu beijei tambem ue não sou boba kkk,ele  me colocou sentada na comoda ainda me beijando.

Roberta- Que putaria é essa Bruna.- Eu empurrei o Lukas e desci da comoda.

Eu- Mãe.

Roberta- Vai dar pro cara mesmo?

Eu- Mae eu nao estava...

Roberta- Cala boca sua vadia.- Ela levantou a mão pra me bater e eu fechei os olhos.

Lukas~

Eu nao estava afim de me intrometer, mas quando vi que ela ia bater na minha Bruna,a raiva subiu de um jeito,eu segurei o braço da Roberta.

Roberta- Me larga.

Eu- Ta louca? Voce nao vai mais encostar num misero fio de cabelo da Bruna.

Roberta- Ela é minha filha.

Eu- E eu sou o namorado policial dela.

Roberta- Po-policial? Ta dando pra um policial pirralha?

Eu- Ninguém ta dando pra ninguém não, a Bruna nao é igual voce que sai dando pra qualquer um não.

Roberta- Me respeita.

Eu- Olha cala a merda da sua boca por favor?! Eu vou levar a Bruna pra um jantar de Natal em familia,passar bem se merecer.- Catei as coisas da Bruna que estavam na comoda e sai abraçado com ela.

Bruna- Obrigada.

Eu- Por que?- Perguntei apertando o botao do elevador.

Bruna- Me defender.- Ela entra no elevador e eu a sigo

Eu- Ei olha pra mim.- Segurei seu maxilar fazendo ela me olhar.- Eu sempre vou te defender Bruna,eu to com voce independo do k.o

Bruna- Você é bom demais pra mim.

Eu abracei ela de lado e sai do elevador indo até meu carro,abri a porta e entramos,liguei o carro e fui pra casa da minha mae.

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!