Cap 70- Eu te amo Gustavo...

4.6K 342 37

Gu~

Escuto vozes longe,barulhos apitando e vai e vem de pessoas circulando,vejo uma claridade e tudo esta embaçado,volto a enxergar devagar e percebo paredes brancas,eu estou deitado ne uma maca,esse é o purgatorio? Eu morri? Escuto vozes conhecidas e entra Jake parecendo um moribundo macando.

Jake- SAI DESGRAÇA.- Fecha a porta.- Ah eae parça?

Eu- Cara nois morreu? Esse aqui é o purgatorio ne? - Sento na maca.

Jake- Cara nois vai pro inferno... SOCORRO SOU MUITO NOVO PRA MORRER.- Abriu a porta.

Eu- O que aconteceu?

Jake- Sei la brother acordei aqui ja.

Medico- Senhor Gustavo...- Entra na sala- Ue? Senhor Jake? O que faz aqui?

Jake- Sei nao,que saber? Fui parça tchau pru ceis.

Ele saiu do sala e eu fiquei fazendo os exames.

...

Um tempo,um bom tempo depois na verdade,velho aqui é mó tedio,voce fica olhando a parede e escutando o negocio fazer bip.... Bip.... Bip.... Bip.... Bip.... Bip.

A porta é aberta e vejo minha ruivinha entrar chorando,ela me olha e parece travar fica chorando sem sair do lugar,ela nao olha pra mim por que?

Eu- My....- Ela nega e vira pra parede e eu deixo uma lágrima cair. - Olha pra mim... Por favor.

Ela caminha devagar e senta na cadeira do meu lado.

My- Por que? Por que voce foi embora?

Eu- Eu precisava me acalmar.

My- E agora to num hospital.- Ri parecendi nao acreditar e limpou as lagrimas.- Por favor me explica o que vamos fazer agora.

Eu- Olha... Eu to muito chateado com voce Myrella,se a gente ficasse um tempo longe seria melhor,minha mãe vai viajar sera otimo pra mim passar um tempo com ela,voce resolver seus problemas depois nois ve o que faz.

My- Como assim ve o que faz? Voce ta me dando um fora? Amor vamo...- Ela derrama algumas lagrimas.

Eu- Não Myrella,por favor respeita meu tempo ok.

My- Eu te amo Gustavo.- Ela deita no meu ombro molhando ele com suas lagrimas.

Eu- Eu tambem te amo Myrella.- Passei a mao nos cabelos dela.

Vih~

Eu to aqui esperando a Myrella falar com um menino,eu me levanto e ele me olha de cims a baixo.

Menino- Que delicia em.

Eu- Se liga mane eu namoro.

Menino- Vamo da uma volta loira.

Eu- To afim nao.

Menino- Ixi mano é rapido,eu to mancando caralho preciso ir pra casa,minha irma nao ta aqui.

Eu- Quem é sua irma?

Menino- Jayne.

Eu- Ah ta entao eu te levo.

Saimos do hospital com ele segurando em mim e começamos a subir o morro,vejo o povo tudo me olhando e cochichando,ele para de frente a uma casa muito linda abre a porta e da espaço pra mim entrar,eu entro meio receosa e ele me olha e vai ate a cozinha.

Menino- Quer?- Disse com uma skol beats na mão.

Eu- Nao valeu,a sua irma ta onde mesmo?

Menino-  No quarto dela 2 porta a direita.

Eu- Obrigada.

Subi as escadas e bati na porta indicada.

Eu- É a Vih posso entrar?

Jay- Entra.

Eu entro e ela ta deitada na cama,fecho a porta e ela me olha com os olhos vermelhos,me encara como se dissesse "Como voce chegou aqui?"

Eu- Acho que seu irmao saiu do hospital.

Jay- Desculpa deixei voces sozinhas.

Eu- Imagina,aquele era seu chush?

Jay- É...

Eu- Voces brigaram?- Ela me olha e abaixa a cabeça assentido.- Por que?

Jay- Falei merda,agora ele acha que eu nao quero nada com ele.

Eu- Mas voce quer?- Ela assente.- E por que voces nao namoram?

Jay- Jake.

- O que tem eu?- Me viro vendo ele escorado na porta.

Eita caramba....

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!