Cap 12- Marrenta? Será que sou?

13.9K 734 15

Gustavo~

Depois que a My dormiu eu fui falar com a minha mãe,ela estava no quarto dela mechendo no celular e então eu entrei no quarto com tudo.

Gu- Preciso falar com voce.

Mãe- AI QUE SUSTO MENINO SABE BATER NÃO.

Gu- Não.- Encosto a porta.

Mãe- Anda fala logo,eu preciso sair.- Ela se levanta e vai até o guarda-roupas

Gu- Eu quero que voce e a My se gostem.

Mãe- Eu? Gostar dela? Gustavo voce acha que eu sou o que? Voce acha que eu sou sua empregada que tem que aturar suas putas de plantão?

Gu- Não fala assim da Myrella,ela não é puta então faz o favor de parar de falar assim dela.

Mãe- Ta encomodado? Então se muda daqui,vai morar com seu pai não é isso que você ta querendo?- Ela se vira e eu percebo que ela sorri como se estivesse vitoriosa.

Gu- Talvez eu vá e leve a Thamires tambem,quero só ver que dinheiro você vai ter se o Guto não te dá nem 1 real ou você mente pra gente e ainda por cima rouba nosso dinheiro?

Mãe- Ta você ganhou,mas ainda assim eu ainda não gosto dessa menina.- Ela vira pra mim com tudo com cara de assustada.

Gu- Só tenta ser legal ta?- Ela assentiu com a cabeça.- Otimo.

Saio do quarto e vou até o meu quarto,não vejo ninguem vou no da Thamires e nada,olho meu celular e tem uma mensagem da My "Gustavo fui na praça perto da sua casa me encontra lá",peguei a chave do carro e fui lá já de longe pude ver minha ruivinha sentada no banco.

Myrella~

Parei de escutar na porta e voltei pro quarto pra esperar o Gustavo ai minha consciência me disse.

*Sub- Ei se voce falar com ele ai não vai ser meio chato?

- Por que?

Sub- Se a mãe dele não gosta de voce se ela escutar ai que não vai gostar mesmo.

- Verdade valeu tive uma ideia*

Mandei uma mensagem pro GUstavo e fui numa praça perto da casa dele,tinha umas crianças brincando então eu sentei no banco e fiquei olhando elas até que vem uma menininha muito linda na minha direção e senta do meu lado.

Xxx- Oi.

My- Oi.

Xxx- Como é seu nome?

My- Myrella.

Xxx- Nome lindo,o meu é Priscilla.

My- Obrigada o seu também é muito lindo.

Pri- Quer brincar?

My- Não valeu,to esperando um amigo.

Pri- Amigo né? Sei,eu não sou boba meu irmão tambem leva as amigas dele pra casa.

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!