Cap 118- Vai ficar cú agora?

3.3K 276 7

My~

Leila disse para descansarmos um pouco,eu e Gustavo fomos para o antigo quarto dele,nem me dei ao trabalho de tirar o tenis deitei com ele mesmo.

Eu- Amor? Quer conversar?

Gu- Nem eu sei o que.- Ele passa a mao no rosto.- E voce?

Eu- Eu confio no Jake... Mas mesmo assim dá medo,saber que alguma coisa vai acontecer comigo,que meus sonhos podem ser interrompidos,me dá um medo tão grande.- Me encolho na cama.

Gu- Eu não vou deixar nada acontecer com voce amor.- Ele me abraça.- A gente ainda tem muita coisa pra viver juntos,eu não posso deixar alguém destruir isso.

Eu- Eu te amo.

Gu- Eu tambem te amo.

Eu- Se alguma coisa por acaso acontecer comigo...

Gu- Nada vai acontecer amor.

Eu- Para de me iludir Gustavo,é serio.

Gu- Ok fala logo.

Eu- Se acontecer alguma coisa comigo,não para sua vida não por favor,voce tem sonhos e desejos e eu ficarei muito triste se eu for motivo para você nao segui-los.

Gu- Eu te amo tanto minha ruivinha.

Não demorou pra gente acabar dormindo,eu tava bem cansada,acordei e olhei ao redor...

Louise~

Meu Deus minha casa é um tedio,ja cansei de contar quantas vezes contei todos meus pares de sapatos,meus pincéis e de quantas vezes taquei a bolinha de tenis do Luke na parede,minhas malas estavam prontas eu iria me mudar de verdade hoje,adeus quarto tedioso e olá apartamento divertido do Luke.

Meus pais estão trabalhando e eu? Ainda to de ferias graças a Deus,ontem eu,Mari e uma galera fomos na sorveteria,foi bem legal menos o fato dos meninos ficar cantando ela,ta certo que alguns tambem ficaram dando ideia em mim kkkk,até peguei o Tiago que é um dos mais gatos do colegio,quem diria eu Louise Summer pegando o Tiago Sparck.

- LOUISEEEEEEEEEEEE.- Alguem grita no portao.

Eu- JA VOU.- Levanto quase morrendo.

Desço e vou ate o portao,abro e Mari ta parada com uma cara nada boa.

Eu- Oi?

Ela entra,eu fecho o portao e e vou atras dela,subo pro quarto e Mari esta fuçando meus pincéis.

Mari- Quero que me maqueie.

Eu- Por que?

Mari- Vou sair,quero estar bonita.

Eu- Vai pra onde? - Cruzo os braços.

Mari- Almoço com o chefe do papai.- Ela revira os olhos.- Pode me maquiar?

Eu- Claro.

...

Mari me contava animada sobre o curso que ela poderia fazer se por acaso o pai dela ganhasse a promoçao,Mari sonha em ser veterinaria desde que me conheço por gente,ela ficou falando que enfim poderia começar a fazer o curso que sempre quis fazer.

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!