Cap 69- Tambem tava com saudades sogrinha.

4.3K 333 26

My-

Pegamos um uber direto para o morro,subimos o morro correndoe fomos direto parao hospital,a Jay ficou com o Juninho e eu e a Vih fomos para a rrecepçã.

Eu- Eu sou a namorada do Gustavo Santos Lorens eu quero ve-lo por favor.- Disse deixando lagrimas cairem.

Moça- Desculpe mas ele ainda nao pôde receber visitas,o doutor vai avisar quando voce puder entrar.

Sento na cadeira e choro por medo,angustia,dor. É tudo culpa minha,se eu tivesse falado logo com o Edu a gente nao teria brigado e ele nao estaria num hospital agora.

Jay~

Chego no hospital com as meninas e vejo Juninho subindo o morro,mesmo de costas vi que ele estava de cabeça baixa,andei ate ele o abraçando por tras.

Eu- Oi.- Abracei ele.

Juninho- Oi Jay.- Disse desanimado e eu lhe dei um selinho rapido.

Eu- Onde tava indo?

Juninho- Eu tava indo...- Ele olha pro beco e depois abaixa a cabeça.

Eu- Nao acredito Juninho. Você falou que tinha parado de fumar.- Olhei pra ele indignada.

Juninho- E parei.

Eu- E ia fazer o que la?

Juninho- Relaxar a cabeça,preciso ficar calmo.

Eu- Tranzar era melhor.

Juninho- Com quem?

Eu- Comigo ue.- Digo como se fosse obvio.

Juninho- To sem pique.

Eu- So por que é comigo.- Disse baixo.

Juninho- Lógico que não,só realmente nao to no pique.

Eu- Pode ser com outra Juninho,sei que fui apenas uma foda pra voce.- Me virei descendo o morro.

Juninho- Ei.- Segurou meu braço.- Voce sabe que nao é verdade isso,voce nao foi e nunca sera apenas sexo pra mim,só que realmente nao to afim e me impressiona você ainda pensar em sexo.

Eu- Se voce fosse ficar feliz com isso eu pensaria,vou ver o meu irmão.

Juninho- Nao pode ver ele agora,por isso to aqui fora.

Eu- Mesmo assim,vou esperar liberarem pra mim ver ele.

Juninho- Vamo lá em casa rapidinho.

Eu- Serio Juninho ?

Juninho- Sim,quero ver se minha mãe.

Eu- A tia ta ai?- Ele assentiu.- Então vamo quero ver ela.- Sai correndo.

Cheguei na casa dele e esperei ele abrir o portão,subi os 3 degrais rapido e esperei ele na sala preocurando a tia Nani.

Juninho- MAAAAAAAAAÃE.- Gritou.

Tia Nani.- QUI É PESTE.- Gritou de algum lugar.

Juninho- VEM VÊ QUEM TA AQUI.

Tia Nani- SE NÃO FOR O RENOVA MINHA CASA OU O DIA DE PRINCESA NEM QUERO.

Juninho- VEM LOGO LOGO PORRA.

Tia Nani- COMEQUIE TADEU FORTUNATO LIMA JUNIOR.- Brota do nada com um chinelo na mao.- Jayne que saudades .- Me abraçou.

Eu- Tambem tava com saudades sogrinha.- Abracei ela.

Tia Nani- Ai meu Deus voces tao namorando?

Juninho-  Infelizmente nao mae.- Me abraçou.

Tia Nani- Oxi,porque?- Sentamos no sofa.- Voces nao se gostam?

Eu- Nao é isso tia,é outra coisa.

Tia Nani- Ue,é o que entao? Se for por minha culpa saiba que eu apoio viu.

Juninho- Nao mãe nao é voce,mesmo que se fosse eu ja taria com a minha baladeira mirin.- Ele sorri e beija minha testa.- O problema é com o Jake mãe.

Tia Nani- O Jake?

Juninho- Ele me mataria mae,ele mata e morre pela Jayne.

Tia Nani- Voces nao podem ficar se prendendo por causa dele,deixa só eu ver aquele menino que ele vai escutar.

Eu- NAO.- Grito.- Tia Nani por favor,nao fala nada deixa assim. O Jake ta no hospital e isso só pioria,sem contar que ele nao confiaria em mim e no Jake. Aff sei la,acho melhor nao contar pra ele se a gente não sabe o que quer.

Juninho- A gente nao sabe?

Eu prendo o lábio sabendo que disse merda e olho pro Juninho que me olhava meio triste,ele me solta e eu abaixo a cabeça.

Droga.

Levanto ja me preparando para sair

Eu- Tia eu vou indo tenho que ver o Jake no hospital.

Tia- Ah sim claro,Tadeu acompanha ela até o portao.

Eu- Nao precisa,eu fecho la o portao quando eu sair.

Tia- Entao ta.

Eu- Tchau.

Subi direto pra casa,eu tava mal agora,eu fiz merda ou melhor falei merda. Fui para o meu quarto e chorei ate não conseguir mais nem fazer barulho,eu gosto dele mas nao sei se to pronta pra largar minha vida de solteira,pra encarar o ciumes do Jake,eu precisava pensar precisava de alguem aqui comigo.

Dany~

É hoje,eu consegui comprei minha passagem pro Rio,já estou no avião esperando ele decolar,eu consegui falar com meus pais e estou a caminho de casa,mal vejo a hora de chegar.

Eu nao avisei a Jayne ainda mas vou avisar quando chegar em casa,saudade do Rio,nao consigo conter tamanha alegria.

Se segura Rio que eu to chegando.



Oie pandinhas tudo bom? Desculpa a demora pra postar viu,se você ainda nao entrou no grupo do livro entra lá que soltei uma brincadeirinha pra voces responderem lá.
Um beijo falows e fui. 😘❤

A Marrenta No Colegio InternoLeia esta história GRATUITAMENTE!