Capítulo 21

5.3K 463 664
                                    


Pov Lalisa

Como todos os anos desde que conheci Chaeyoung, eu era sempre a primeira a dar parabéns pra ela e esse ano não seria diferente, eu mandei como admiradora, então só Chaeyoung não saberia que era eu.

Nos seus últimos aniversários ela não queria festa, então apenas passamos o dia juntas e passeando para alguns lugares e no fim da tarde cantávamos parabéns com a sua família reunida, nada muito grande. Mas esse ano eu queria fazer uma festa surpresa e pra isso eu pediria ajuda a Jinny, Jennie e Jisoo. Jennie e Jisoo ficariam encarregadas de vigiar Rosé para que ela não descobrisse nada e Jinny me ajudaria a preparar as coisas pra festa.

Assim que acordei, tomei um banho rápido e me troquei. Coloquei uma calça preta, uma camiseta preta com um desenho da CL e minhas botas também pretas. Peguei minha mochila e desci, cumprimentei minha família que estavam sentados na mesa tomando café da manhã e saí de casa. Subi na minha moto e parti para casa de Chaeyoung.

Ao chegar, toquei a campainha e fui recebida por Srta. Park, que sorriu ao ver que era eu ali.

-Olá Lalisa, Chaeyoung ainda está se arrumando. - Falou dando passagem para eu entrar.

-Tudo bem, eu espero. - Sorri.

-Ela deve estar no banho, pode subir se quiser, já sabe o caminho. - Piscou pra mim e corei levemente.

-Ahm...Srta. Park, eu queria perguntar uma coisa. - Ela se virou pra mim e esperou eu continuar. - Já que hoje é o aniversário da Chaeeyoung, eu queria saber se podemos fazer uma festa surpresa pra ela aqui?

-Acho que ela iria amar. - Sorriu.

-Então a senhora deixa? - Perguntei só para confirmar.

-Mas é claro. Mas olha, - Me lançou um olhar intimidante. - Vocês que irão limpar tudo depois. - Ri nervosa.

-Pode deixar, Srta. Park.

Srta. Park voltou para a cozinha e eu subi até o quarto de Rosé. Bati na porta e ninguém atendeu, ela deveria estar no banho como Srta. Park disse, então abri a porta lentamente, coloquei apenas a cabeça para dentro e como o esperado, ouvi o barulho do chuveiro. Entrei no quarto e fechei a porta atrás de mim, coloquei minha mochila ao lado da cama e me deitei na mesma. Fiquei batucando meus dedos em minha perna na espera de Rosé, até que vi uma revista de fofocas em cima do criado mudo e o peguei para ler.

Poucos minutos depois, Rosé saiu do banheiro enrolada numa toalha branca e com o cabelo preso em um coque frouxo. Por reflexo tampei meu rosto com a revista. Não vou mentir, minha vontade era de ficar observando ela se trocar e foi exatamente o que eu fiz. Abaixei um pouco a revista deixando apenas meus olhos amostra, Rosé estava de costas pra mim e nua, fiquei admirando aquele belo corpo e meus olhos desceram até sua bunda, senti minhas mãos formigarem para tocar aquele grande monumento. Ela se inclinou pra frente para colocar a calcinha e sua bunda ficou empinada em minha direção. Eu faleci. Ela se virou para pegar sua roupa em cima da cama e eu rapidamente escondi meu rosto. Alguns segundos depois, olhei novamente e ela estava de lado, seus seios medianos totalmente expostos, senti minha boca salivar e minhas mãos formigarem. A vontade de tocá-los e senti-los era grande. Mas logo me recompus quando ela os cobriu com seu sutiã preto rendado. Ela colocou a saia e logo depois o cropedd.

-Já me vesti. - Falou e eu tirei a revista do meu rosto. Ela ficou me encarando e eu sorri amarelo, com medo de que ela pudesse ter me pego no flagra.

Ela continuou a se arrumar e eu voltei a ler a revista, ou tentar pelo menos, pois ela me tirava a atenção toda hora. Ela se sentou na ponta da cama de frente pra penteadeira e a vi colocar uma tiara preta na cabeça, eu simplesmente amava quando ela usava essas tiaras, ela fica tão fofa.

My secret admirer is my BFF?  (Chaelisa)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora