chapter 31

3.1K 191 3
                                    

Pov narrador

-Eu sei que essa é a ultima segunda-feira do ano em que nos encontraremos nessa sala, tratando sobre literatura americana. Mas eu não queria que vocês terminassem aqui. Quero dizer, os seus sonhos, as suas perspectivas de vida. Eu quero que quando cada um de vocês sairem por essa porta, fassam de tudo para realizar seus sonhos. Vocês tem um universo inteirinho lá fora pronto para ser explorado.- Dinah conversava com a sua classe do terceiro ano. Era o ultimo dia de aula para os seus alunos e o começo da sua ultima semana de trabalho do ano. E na sexta-feira seria o baile de formatura da sua namorada. Dinah estava tendo uma semana um pouco agitada e estava um pouco ansiosa também.

-Mas e se o mundo lá fora não for um mar de rosas como num dos poemas que você leu para gente, professora?- um aluno no fim da sala perguntou.

-Vocês teram que descobrir por si só, David. Vocês teram que tentar. Pois sem luta não há vitoria. Sempre temos que ter em mente isso. Nunca devemos desistir de nada que nós fará feliz e que sempre sonhamos. Nossas escolhas afetam o nosso futuro e presente, então temos que saber escolher.

-Vamos sentir saudades de você, senhorita Jane!

-Eu também, Noah! Nós passamos pouco tempo juntos, mas vocês foram especiais. E eu sempre vou lembrar de cada rostinho. Espero ver todos vocês matriculados na faculdade!- disse o final da frase divertida.

-A senhora vai estar presente na nossa colação de grau, professora?

-É que dia mesmo?- perguntou distraída.

-Nessa sexta-feira.

-Sexta agora?- perguntou novamente, recebendo acenos de cabeça em resposta.- Eu não posso. Tenho um compromisso maracado já. Mas eu estarei lá, nos seus corações.

-Não é a mesma coisa!- disseram chateados.

-Eu sei mais é o m...- antes de terminar a sua fala, o final indicando o fim das aulas tocou.- Tenha um bom fim de ano e boas festas!

Logo todos os alunos começaram a esvaziar a sala. Uns se despediam da professora com aperto de mãos e outros a abraçavam. Eles tinham pouco tempo de convivência, mas Dinah era cativante demais e sempre transmitia boas energias. Tantos para os seus alunos, quanto para outras pessoas.

Manibear: Se você não vier almoçar comigo hj e nesse exato momento

Manibear: eu ficarei muito chateada com você

Manibear: e eu falo sério, Dinah

You: não precisa pedir duas vezes

You: estou morrendo de fome

You: no mesmo restaurante de sempre?

Manibear: sim. Te espero em 15 minutos

You: fechado

Dinah retirou seus óculos de graus e os guardou dentro do estojinho. Os restos dos seus pertences ela colocou dentro da sua bolsa de trabalho. Depois de passar na sala dos professores e se despedir de alguns funcionários, chamou um táxi e seguiu para o seu almoço com a melhor amiga.

A caminho do restaurante ela parou para observar as ruas. Crianças andando de bicicleta, cachorros passando com seus donos, pessoas corredo para não chegar atrasado no trabalho e um casal. Era um casal adolescente, a menina e o garoto estavam andando de mãos dadas pela calçada. E quando o sinal ficou vermelho, ela teve mais tempo de apreciar o casal.

Os dois tinham aquele brilho apaixonado, parecia ser o primeiro encontro. O garoto comprou sorvete para menina, os dois foram se sentar num banquinho enfrente a sorveteria, trocaram um beijo rápido e aproveitaram os seus sorvetes. Então ela se imaginou no lugar daqueles adolescentes, ela e sua namorada. Também estava apaixonada por Lauren, mas ela tinha medo de demonstrar em público. Lauren um dia foi sua aluna, e esse fato lhe causou alguns problemas. Mas agora ela não era mais professora da morena, mas mesmo assim tinha medo. Medo porque era mais velha do que ela e a sociedade é cruel com tudo. Ela não queria causar constrangimentos para Lauren, ela era nova e tinha um futuro pela frente, ainda terá que enfrentar a faculdade e Dinah não queria ser um mal na sua vida. Mas evitava pensar nessas coisa, ela estava apaixonada pela morena e era recíproco. Queria aproveitar cada momento com ela como aquele causal de adolescentes estavam aproveitando um ao outro.

My sexy teacher (G!p)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora