chapter 25

3.8K 230 26
                                    

Pov narrador

-Lauren faz quanto tempo que você não sai com a gente?- Camila perguntou.- Deixa que eu respondo. Faz quase dois meses!

-Deixa de exagero, Camz!- disse simples para a amiga.- Eu sempre saio com vocês, não é verdade Vero?- perguntou tomando um longo gole da sua cerveja.

-Agora eu tenho que concorda com a camilinha. Depois que você voltou a sair com a professora lá, você esqueceu dos seus amigos!- respondeu com uma sobrancelha arqueada.

-É verdade, Lauren!- agora foi a vez da Ally.- Parece que esqueceu que tem amigas.

-Ai gente, parem de drama! Eu sei que vocês me amam, e eu estou aqui com vocês agora!

-Você só está aqui porque não tinha planos para essa noite com a sua loira gata!- Camila disse sorrindo sarcástica.

-Isso não é verdade!- se defendeu.- eu estou aqui porque marquei com vocês.

-Mas se a Dinah Jane tivesse te chamado para passar a noite toda fudendo na casa dela, provavelmente você não estaria aqui!- Veronica rebateu.

-Ai já é um assunto delicado!- disse maliciosa.

-Você é tão trouxa, amiga!- ally disse batendo no ombro da morena.

As quatro amigas estavam bebendo e jogando conversa fora em um pub onde sempre costumavam se reunir. Brad e Justin não estavam presentes pois tinham um jogo logo cedo pela manhã e tinham que está completamente descansados. Por um lado foi até bom os dois não estarem presentes. Eles não sabiam do envolvimento de Lauren com a professora. Até porque a morena não achava os dois confiáveis ao ponto de contar isso a eles. Provavelmente no outro dia metade da cidade estaria sabendo porque os dois sairiam espalhando coisas como "minha amiga é tão foda que vai para cama com a nossa ex professora" ou "Minha amiga é tão cachorra que nem a professora ela deixou escapar". Eles eram bem capazes de fazer isso.

Então Lauren preferiu deixar como estava. Só as meninas sabiam disso. E ela confiava nas três de olhos fechados. Sempre foi a assim e isso não iria mudar. A unica coisa que mudou foi o fato do ciúme. Elas sempre tinham umas crises de ciúme pelo fato da amiga viver saindo com Dinah e não com elas. A mais dramática era Camila.

Elas Até tinham um pouco de razão. Desde que Lauren começou a sair com a professora, essa era a primeira vez em quase dois meses que estavam saindo juntas. Antes disso Lauren até tentou sair com elas, mas ela queria que Dinah fosse junto. A mesma recusou pois não se sentiria a vontade saindo para beber com as suas ex alunas que eram amigas de uma aluna sua a qual estava tendo um tipo de relacionamento. Lauren se colocou no lugar da loira e compreendeu a situação. Não era fácil e nem muito complicado. Mas ela entendia o que Dinah queria dizer. Então se limitava em sair com a loira e algumas vezes com ela e a amiga dela. O que deixava suas amigas mais irritadas ainda. Por que que com elas não mas com a outra sim?

Depois de mais algum tempo discutindo, as amigas entraram em uma conversa ligth, sem brigas, só colocando o papo em dia. Uma se atualizando melhor sobre a vida da outra.

-É Lauren, você passa tão pouco tempo com a gente agora que nem sabe que eu fui pedida em namoro ontem!- Ally disse deixando a amiga surpresa.

-Como assim, Allycat? Me conta, quem é o cara?

-Você não se lembra mesmo, ne!- disse e a morena deu de ombros.- Foi o Troy!

-E você aceitou?- perguntou interessada.

-É claro! Ele me da comida, amor!

-Você realmente não existe!

[***]

-Onde está sua garota prodígio? É domingo a noite e ela não está aqui comendo, ou enfurnada com você no seu quarto. Fazendo sabe sei lá o que.-Normani terminou de encher sua taça de vinho e a da amiga sentando novamente no sofá ao seu lado. As duas estavam assistindo um romance chato que só Dinah estava realmente interessada a ver.

-Se for começar com as graças é melhor nem se sentar ao meu lado! - disse tomando um longo gole do seu vinho.

-O que foi? Está de tpm ao alguma coisa do tipo? Qual o motivo desse mal humor?

-Eu estou normal. Só quero assistir o filme quieta.

-Você está assim porque a Lauren não está aqui?- perguntou calma. Ela sabia que tinha que ser cuidadosa com as palavras quando sua amiga estava de mal humor.- Onde ela está?

-Saiu para beber com os amigos dela.- respondeu sem vontade, virando de uma só vez todo o conteúdo da sua taça.

-É por isso que você está assim?- perguntou ganhando uma sacudida de ombros como resposta.- Dj, foi você que escolheu assim. Quantas vezes ela te chamou para sair e você não foi porque as amigas dela também iriam? Ela também precisa se divertir com as amigas. Não ficar presa só aqui com você e comigo.

-Eu sei, Normani! Só que é difícil!- suspirou frustrada.- Eu tenho vontade de sair com ela e com as amigas dela. Mas eu tenho medo de causar alguma reação ruim. Afinal eu era professora delas e agora vou para cama com uma das minhas alunas.

-Ja parou para pensar que isso é tudo besteira da sua cabeça? Que as amigas dela não pensam assim ao seu respeito?- deu de ombros outra vez.- Pelo pouco que eu conheço de Lauren, ela deve ter enchido aquelas garotas falando o quão boa e incrível você é. Não tem como elas acharem você ruim, você faz a amiga delas feliz. Isso é bom, Dinah!

-Eu sei, Mani! Eu sei! É só que... é difícil sabe. Você mais do que ninguém sabe o quanto eu sou insegura. Eu tenho medo de causar um má impressão. Já não me basta as coisa que me chamaram quando aquelas fotos vazaram.

-Isso é passado, amiga. O que importa é que Lauren gosta de você! E provavelmente as amigas dela também.

-Assim eu espero!- soltou um risada sem humor.

-Faz o seguinte, quando ela te chamar para sair com ela e as amigas você aceita. E se não estiver totalmente a vontade eu vou com vocês.

-Assim fica melhor!

Talvez Normani não compreendesse de verdade como ela se sentia. Mas ela não iria criticar a amiga. Nem ela mesma estava entendendo esse seu tipo de comportamento. Mas ela se sentia insegura de sair com as amigas de Lauren. Com a morena era outra coisa, ela tinha plena consciência dos seus sentimentos por ela. Agora com as amigas dela ela não fazia ideia de como agir. Tinha medo de ser rejeitada pelas circunstância. E isso era a última coisa que ela queria passar. Sem contar do fato que ainda teria que enfrentar os pais da morena. Ela não queria nem imaginar uma reação ruim vindo dos seus futuros sogros.

ENTÃO, GALERA!

Eu queria propor um combinado com vocês:

SE ESSE CAPÍTULO CHEGAR A 10 COMENTÁRIOS NO MÍNIMO, EU POSTO O OUTRO EM SEGUIDA!

SÓ DEPENDE DE VOCÊS! BJS!

My sexy teacher (G!p)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora