chapter 7

7.7K 441 41
                                    

Pov narrador

O final de semana se passou rápido. Bom pelo menos para Lauren, que não via a hora da segunda feira chegar e com ela a tão maravilhosa aula de literatura. Ela tinha apenas comentado com Veronica sobre o ocorrido na boate. Vero queria ter presenciado a cena, mas estava muito oculpada e não se arrependeu de não ter visto a amiga pegando a professora.

Lauren acordou animada naquela segunda, tomou o seu café correndo e foi para escola. Assim que chegou estacionou seu carro e foi falar com seus amigos, mal deu tempo de conversarem e o sinal indicando a primeira aula tocou. Ela não mediu esforços em ir para a sala.

Todos já estavam em sala quando Dinah entrou. Ela estava radiante como sempre, usava um saia justa que deixava suas coxas torneadas perfeitamente marcadas, e na parte de cima uma blusa social que combinava com os seus saltos. Lauren não deixou de sorrir ao imaginar a cena dela retirando aquela saia e fodendo com a professora ali mesmo. Só de imaginar seu membro já pulsava dentro do seu jeans apertado.

-disfarça um pouco Jauregui, você ta quase comendo a professora de roupas!- Brad alfinetou.

-Não enche seu moleque.- diz voltando sua atenção para sua musa que agora estava conversando com a turma.

-Então pessoal, vocês teram essa aula e a próxima para terminar as atividades, já que semana passada ninguém consegui terminar. A não ser a Ally.- a professora dizia enquanto todos prestavam atenção.

-Claro ela é a unica que pensa por aqui!- Veronica disse e riu sendo acompanhada de algumas pessoas da turma.

-Pelo menos alguém tem que se prestar a esse papel, inglesas!- a professora devolveu na mesma moeda deixando a garota sem graça.

-Você mereceu, vero!- lauren sussurou para que apenas sua amiga escutasse.

-Cala a boca, ridícula!

-Bom, enquanto isso eu vou passar algumas dicas no quadro, qualquer duvida e só vir aqui até a minha mesa.- e se vira para frente deixando seus alunos fazendo a atividade.

O decorrer da aula foi tranquilo. Agora estava na hora do intervalo, todos foram para o pátio, menos a morena, ela precisava encontrar com sua professora e ela faria isso agora. Aproveitaria que  a sala dos professores estaria vaizia nesse momento. Já que todos sempre saiam e Dinah era a única  que ficava lá.

Dinah estava sentada em sua mesa na sala dos professores, corrigindo algumas atividades do segundo ano, quando duas batidas na porta foram ouvidas. Logo Lauren passou pela mesma.

-O que você quer aqui, Jauregui?- disse encarando a mais nova que exibia um sorriso perverso no rosto.

-Eu quero você, Jane!- sussurrou para que apenas a mais velha pudesse ouvir, apesar de não ter mais ninguém além das duas naquela sala.

-Aqui não é o lugar adequado para isso.- disse frustada. Ela também queria a morena, mas ali não era o lugar certo para aquilo.- você tem que ir agora!- disse tentando manter sua autoridade de professora, falhando miseravelmente. A morena de olhos verdes se aproximou mais da loira.

-Mas eu preciso te sentir.- disse passando a mão sobre a coxa descoberta pela saia.- Você tem noção do quanto eu fui torturada durante a sua aula inteira? Você usando essa saia, é uma grande tentação.- suas mãos agora estavam no ziper da saia da professora.- você não faz ideia da tortura que era ver você de costa com essa bunda gostosa virada para mim e não poder totar.- enquanto suas mãos trabalhavam na saia da maior, sua boca trabalhava no pescoço. Dinah estava de olhos fechados apreciando os toques da morena. Agora a saia de Dinah se encontrava em seus calcanhares, restando apenas sua calcinha de renda vermelha, que deixava visível a marca de sua excitação.- Você já está toda molhada.- passou o dedo indicador no centro da loira fazendo a mesma reprimir um gemido.- Eu sei que você quer ser chupada, não quer?- pergunta retirando a peça lentamente.

-Lauren aqui não.- diz com a voz falha. Ela queria aquilo, queria muito. Mas aquele lugar era muito arriscado.

-Apenas um orgasmo, Jane! Eu prometo que você não vai se arrepender.- agora a morena já estava ajoelhada de frente à intimidade rosada da professora, brilhando por conta da excitação.

-Onde logo com isso, Jauregui! E não me faça se arrepender por isso.- diz autoritária. Lauren adorava esse tão de voz.

-É para já!

Lauren aproximou seu rosto na buceta da loira que exalava um cheiro doce e delicioso. Dinah extremesseu assim que a respiração quente da morena bateu em seu centro necessitado de contato. Lauren distribuia beijos em volta do centro da morena. Dinah apertou os dedos na borda da mesa e mordeu seus lábios para reprimir o gemido que iria sair da sua boca assim que a língua quente da morena passou no seu clitóris sensível.
Lauren era experiente naquilo, sua língua subia e descia envolvendo a buceta enxarcada da loira. Dinah tentava controlar os seus gemidos para não colocar o seu emprego em risco.
Lauren introduziu dois dedos na entrada aperta da maior, enquanto chupava seu nervoso sensível. A mistrura da língua quente com os dedos de Lauren entrando e saindo com precisão de dentro para fora da loira, estava levando a loucura. Mas algumas estocadas foram o suficiente para faze-la gozar na boca da morena. Lauren fez questão de lamber todo o líquido, deixando um beijo no local antes de se levantar.

-Você é uma delícia, Dinah!- disse lambendo os dedos aproveitando os resquícios do gosto da loira. Se pos de pé, ficando entre as pernas da loira, tomando seus lábios num beijo lento. Fazendo a loira suspirar ao sentir o seu gosto na língua quente e macia da morena.

-Dinah, posso entrar!- algumas batidas foram ouvidas na porta, era a voz do diretor. Dinah empurrou Lauren pelo ombro e rapidamente vestiu suas roupas direito, ajeitou sua postura antes de responder, Lauren estava se  divertindo com tudo aquilo.

-Entre, diretor!- disse nervosa.

-Bom dia, professora! Eu vim lhe entregar essa pasta com xeros de algumas atividades.- disse tudo com a professora e depois percebeu que a mesma não estava sozinha na sala.- Jauregui, o que faz aqui?- perguntou simpático.

-Estava tirando umas dúvidas com a professora.- disse tranquilamente.- já estou de saida. Tchau diretor, e obrigada pela ajuda, professora.- piscou para ela antes de sair da sala deixando os dois sozinhos.

Dinah suspirou aliviada assim que o diretor saiu da sala e não havia desconfiado de nada. Aquilo que tinha feito era uma loucura, mas ela amava tudo aquilo, não podia negar.

Oi oi gente!

Comente aqui! Beijos!

My sexy teacher (G!p)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora