chapter 30

3K 192 5
                                    

Pov Lauren

Me despedi dos meus amigos por volta das onze da noite e segui para o apartamento de Dinah. O álcool me permitia a não se importar com a hora em que eu estava indo para a casa dela. Mas também eu não estava bêbada, se não eu mesma teria me proibido de sair dali dirigindo. Eu so ingeri um boa quantidade para me encorajar a ir no seu apartamento.

Provavelmente a essa hora ela deve esta acordada assistindo filme. Normani me disse que quando Camila a pegou em casa, Dinah estava terminando de mexer no seu diário de classe e iria prepara pipocas para maratonar sozinha, já que a amiga estava a abandonado. Espero que ela esteja mesmo acorada.

Dirigi com cuidado e numa velocidade moderada. Não estava aqui para provocar um acidente ou ganhar uma multa. O caminho até a casa dela parecia estender a cada esquina que eu entrava. Depois de um longo tempo que eu não faço a mínima ideia de quanto tenha sido, cheguei a casa de Dinah. O porteiro já me conhecia então me deixou subir sem avisar. Toquei a campainha dois vezes e esperei.

-Lauren, o que faz aqui?- seus cabelos estavam um pouco bagunçados, indicando que ela estava deitada.

-Eu queria ver você!- cocei a nuca em sinal de nervosismo.- Tem problema? Eu posso entrar?-perguntei sorrindo fraco.

-Claro que pode, amor! Eu estou assistido filmes. Entra!- ela sorriu encantadora e me deixou entrar.

-A Mani me disse que você estaria acordada essa hora.- me senteu no sofá ao seu lado.

-Você bebeu?- concordei um pouco sem jeito.- E você veio dirigindo? Você tem noção do quão perigoso isso é, laur?

-Eu sei, amor! Eu não bebi muito. E cheguei aqui em segurança, esta vendo?- perguntei abrindo os braços.- Eu estou inteirinha.

-Você é idiota!- me deu um tapa fraco no ombro.

-Deita aqui no meu colo.- digo dando dos tapas na minha perna. Sem discordar ela desliza para os meus braços.- Eu estava com saudades!

-Eu também!- segurou meu rosto entre as mãos e juntou nossos lábios.

Beijar Dinah era como uma droga, mas não interprete como algo ruim. Pois era bom, muito bom! Era viciante! Quanto mais eu a beija mais eu queria beija-la. Eu poderia ficar horas a beijando e não seria suficiente para suprir o desejo que eu sinto pelo seu beijo. A sensação do gosto da sua boca era inexplicável.

-Sabe, amor. Eu estive pensando...- ela fez um som nasal, com o rosto na curva do meu pescoço.- Que se você não quiser ir ao baile comigo, eu posso ir sozinha. Sem problemas!

-Ei!- segurou meu rosto para eu poder encara-la.- Você não vai sozinha a baile nenhum! Eu vou a esse baile com você. Você ser divertido, amor!- sorriu terna e me deu um selinho.

-Se você não estiver se sentindo a vontade para ir, você não precisar ir!

-Então você não quer que eu vai?- fez um pequeno drama.

-É claro que quero!

-Eu vou com você!

-Te amo!- enchi seu rosto de beijos por toda parte e ela se contorcia no meu colo enquanto sorria sapeca.- Não sabia que a Normani e a Camila estava saindo.

-Eu também não sabia exatamente. Mas espero que a sua amiga consigo aquietar o fogo dela!

-Bom, eu também!

Passamos o resto da noite agarradinha assistindo filme. Normani chegou uma hora da manhã, nos desejou boa noite e foi para o quarto dela. Eu e Dinah rimos quando ela tropeçou no meio do caminho.

Assim que o terceiro filme que estavamos assistindo terminou, eu chamei Dinah para perguntar se ela iria assistir outro, mas ela já estava dormindo feito um anjo. Deixei um beijo na sua testa. Levantei com ela no colo e fui colocar ela na sua cama. Deixei outro beijo na sua testa e lhe desejei boa noite. Estava pronta para me retirar do quarto e ir para casa mais ela acordou.

-Dorme aqui comigo, Lo?- pediu manhosa.

-Durmo sim. Mas eu tenho que tomar um banho antes de deitar.- digo trancando a porta do quarto.

-Pega uma toalha e roupas limpas no meu quarda roupas. Eu vou te esperar aqui.

Fiz o que ela pediu. Demorei um pouco no banho e quando sai do banheiro ela já estava dormindo. Deitei na cama com cuidado para não acorda-la.

-Boa noite, Dj!- disse baixinho para não acorada-la.

-Boa noite, amor!- sussurrou de volta e dormiu.

[***]

Quando eu acordei naquela manhã, Dinah já tinha levantado. Demorei um pouco para sair da cama, porque estava tão confortável então fiquei mais um pouco. Assim que levantei fui ao banheiro e fez minhas higienes matinais.

Quando sai do quarto o cheiro de torradas e e bacon invadiram minhas narinas. Ouvi duas vozes vindo da cozinha, e deduzi que Normani também já tinha levantado.

-Bom dia!- desejei assim que entrei no cômodo.

-Bom dia, amor!- Dinah deixou a frigideira no fogo para vir até mim e me dar um longo selinho.

-Bom dia, cunhada! Dormiu bem?- perguntou com certo tão de malícia na voz.

-Otimamente bem, Mani. E você?- devolvi no mesmo tão, me sentando no balcão do seu lado.

-Não tão bem quanto você!- disse piscando para mim.

-Laur, eu e a Mani vamos no shopping comprar um vestido  novo para eu ir no baile com você. Quer ir com a gente?- perguntou colocando os ovos mexidos junto com o bacon no prato.

-Quero sim. Assim eu aproveito e vejo se tem algo que me interesse lá.

-Você ainda não comprou seu vestido para o seu baile de formatura?- Normani perguntou indignada.

-Não!?- digo obvia.

-Você é muito descansada, Lauren.

-Eu nem vou me dar o trabalho de te responder, Normani!

-Mas você já está respondendo!

-Gente se a gente não comer logo, só vamos chegar no shopping na hora do almoço.- Dinah disse seria.

Tomas o café e depois seguimos para o shopping. Dinah me emprestou outra roupa sua e de uma coisa eu tinha certeza, eu não devouveria essa blusa para dinah de jeito nenhum. O cheiro dela estava perfeitamente impregnado nela.

Dinah demorou umas duas horas para escolher, segundo ela, o vestido perfeito. Eu não aguentava mais entrar em inúmeras lojas atrás desse vestido. A minha roupa eu encontrei na primeira loja em que entremos. Depois que compramos as roupas, eu arrastei as duas para a praça de alimentação do shopping e lachamos. Eu estava morrendo de fome.

Outra coisa que eu acrescentei na minha listinha sobre a Dinah, nunca levar ela a um shopping para comprar roupas.

Iaê gente!!

My sexy teacher (G!p)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora