chapter 24

5.1K 301 26
                                    

Pov Lauren

Era final de semana. Eu estava na casa da melhor professora e mais gata do mundo, vulgo o amor da minha vida (brincadeira mas quem me dera), Dinah Jane. Como eu estava com algumas dificuldades com a nova professora de literatura e as provas finais estavam chegando, eu pedi a ela para me ajudar. Como ótima pessoas que ela é, aceitou de boa.

Nós duas estávamos sozinha na casa dela. Normani tinha saido, só que dessa vez sozinha, com o tal cara que conheceu no Tinder, o Victor. Dinah levantou da sala me deixando sozinha com os livros e os cadernos para preparar algo para a gente comer.

Ela estava incrivelmente linda e gostosa essa tarde, a verdade é que para mim ela sempre está assim. Vestia um short curto de algodão e uma blusa apertada sem sutiã por baixo, marcando completamente seus seios duros e fartos. Misericórdia!

Eu estava tentando de tudo quanto é forma, focar nos meus livros e pensar só na materia para não ter uma repentina ereção. Mas ficava cada vez mais difícil. Principalmente quando ela debruçava sobre a mesinha de centro ao meu lado para me indicar onde ler e deixava seu decote totalmente a minha mercê.
Minha calça de moletom se tornou um pedaço de pano apertado e quente.

Quando ela voltou com uma bandeija em mãos, com dois copos de suco e dois sanduíches dentro, eu coloquei rapidamente o livro que estava nas minhas mãos sobre o meu colo para esconder o volume nas minha calça.

-Trouxe sanduíches!- ela disse assim que se sentou na almofada ao meu lado.

-Obrigada!- me limitei em apenas dizer isso. Comecei a pensar em coisas nojentas para tentar sumir com aquele volume. Mas tudo foi sumindo por água a baixo quando ela deitou sua cabeça no meu ombro e acariciou minha coxa.

-Porque você está tão queita?- ela perguntou dando uma enorme mordida no seu sanduíche. E para a pioorar minha situação, se pareceu muito com um ato sexual.

-Nada não. Só estou pensando um pouco!- tentei parecer o mais neutra possível.

-Posso saber no que tanto pensa?- ela perguntou acariciando minha coxa mais uma vez. Porra!

-Não é nada!- é muito difícil manter o alto controle quando estou perto dela.

-Me fala, Lo! Quem sabe eu posso te ajudar!- "claro que você pode. Para começar e só tirar essa blusa!"- mas é claro que eu não diria isso.

-Quer mesmo saber?- eu tinha que ser sincera com ela.

-Claro que eu quero!

-Eu não estou conseguindo me concentrar!

-Porquê? Estou fazendo algo errado?- até parece que é inocente.

-Não! Quer dizer sim! Não, pera! Não sei na verdade!- disse a deixando mais confusa.

-Calma. Me diz então exatamente qual é o problema.

-Isso!- retirei o livro do meio das minhas pernas, revelando o volume bem visível.

-Ah, é isso!- ela soltou uma risadinha baixa e abandonou seu sanduíche no prato.- Eu posso te ajudar com isso, amor!- retirou meu copo de suco da minha mão e subiu no meu colo.

-Como exatamente você me ajudaria?- perguntei segurando sua cintura modelada.

-É bem melhor se eu mostrar!

Sorriu com o lábio inferior entre os dentes e agarrou na minha nuca beijando. Me deixei ser dominada e apenas tentei acompanhar os movimentos da sua língua. Nossas línguas deslizavam uma na outra de forma excitante. O calor no ambiente pareceu aumentar uns 40 graus, só com a rebolada que ela deu sobre meu pau.

My sexy teacher (G!p)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora