43

6.9K 726 198
                                    

JENNY MILLER

Ops! Esta imagem não segue nossas diretrizes de conteúdo. Para continuar a publicação, tente removê-la ou carregar outra.

JENNY MILLER

Eu consegui, finalmente consegui me abrir com alguém que não seja o meu pai.

Finalmente eu consegui tirar aquele peso das costas... Perséfone está me fazendo tão bem.

Com certeza eu zombaria da pessoa que dissesse isso a algumas semanas atrás. Semanas atrás. Isso é tão louco, a poucas semanas nós duas vivíamos dizendo uma para outra que nós não fazíamos o tipo uma da outra.

E agora estou na Rússia, na casa da família dela, estamos praticamente agindo como namoradas. É incrível como a vida pode nos surpreender em um piscar de olhos.

- Baby... vamos, temos que aproveitar nosso último dia aqui em Moscou - pisco lentamente sentindo a quentura do sol bater contra meu corpo.

Baby.

- Baby? - indago a avistando do meu lado na cama dando de ombros.

- O que? Não posso lhe chamar assim?

Desvio meu olhar do seu com um mini sorriso nos lábios.

- Eu sei que você gosta quando sou carinhosa, mas agora levanta essa bunda daí que nós temos uma mini criança que se acha uma adolescente e uma adolescente que acha que já é uma adulta nos esperando lá embaixo - falou soltando seus cabelos de um babyliss natural.

E eu fiquei como? Completamente hipnotizada com seus cachos caindo como cascatas.

Porra Perséfone de cabelo cacheado é uma tentação.

Balanço a cabeça escutando sua risada.

- Eu sei que sou uma tentação amor - ela falou vindo se sentar em meu colo.

Inclino a cabeça para trás quando sinto seus lábios macios em meu pescoço. Arfo sentindo ela deixar pequenas mordidas nele.

Aperto sua bunda farta ouvindo ela gemer baixinho.

- Não tente me distrair, temos que aproveitar nosso último dia - ela falou parando com os beijos e saindo do meu colo.

Olho para a mesma boquiaberta vendo a mesma ir direto para o seu closet.

- Quem veio sentar no meu colo foi você! - exclamo indo para o banheiro escutando sua risada.

• • •

- Sem correr para muito longe Nemesis! - Perséfone avisa passando seu braço por minha cintura.

𝐌𝐘 𝐋𝐈𝐓𝐓𝐋𝐄 𝐆𝐈𝐑𝐋Onde histórias criam vida. Descubra agora