29

7.1K 570 35
                                    

JENNY MILLER

Ops! Esta imagem não segue nossas diretrizes de conteúdo. Para continuar a publicação, tente removê-la ou carregar outra.

JENNY MILLER

Desço as escadas sentindo um cheiro ótimo. Caminho até a cozinha vendo Perséfone apenas com um top preto.

Fico tranquila sabendo que meu pai só chegará à noite.

Chego por trás lhe abraçando vendo seu corpo trava mas logo depois relaxar.

Apoio minha cabeça em seu ombros, e olho para o seu rosto vendo a mesma concentrada em colocar as frutinhas nas panquecas.

- Você está estranha - diz e eu solto um riso.

- Eu estranha? Quem veio aqui pra me pedir para ir ao baile foi você, e agora está aí decorando panq... - não consigo terminar de fala pois ela me cala com uma blueberry.

- Fica quietinha - manda e solto um suspiro enquanto deixo minha mão involuntariamente passear por sua barriga exposta.

Paro o que eu estou fazendo quando eu raciocino direito. Nós não temos nada, não preciso ficar assim com ela.

- Porque parou? - questionou e sinto uma imensa vontade de continuar.

- Nós não temos nada, não preciso ficar assim com voc... - sou interrompida por ela que brutalmente me encurrala na bancada.

- Não temos nada? Tem certeza? Nem uma atração? - começou a me fazer perguntas me deixando nervosa.

- At-Atração? - acena em concordância com o rosto bem perto ao meu.

Porra, sim, eu sinto o caralho de uma grande atração por ela.

Mas não, isso não pode acontecer!

- E você Perséfone? Sente uma atração por mim? - indago mudando o assunto.

- Não tente mudar o lado da conversa, me responda - manda em um sussurro e os olhos grudados nos meus.

- Eu-eu... eu não sei! - nunca iria afirmar que estou doida por ela.

Sou orgulhosa demais!

- Gosto quando é orgulhosa, ao ponto de não querer admitir que sua boceta fica molhada sem eu ter feito nada - diz cortando um pedaço da panqueca e levando a minha boca.

Mastigo a comida, sentindo um gosto ótimo.

- Okay, acho que gostei - digo pegando mais um pedaço e escuto sua risada.

- Eu tenho certeza que você gostou, tudo que eu faço é gostoso - fala mexendo em meu cabelo.

- Convencida - murmuro e pego meu prato com as panquecas e me sento no banquinho da bancada, logo sentindo ela se posicionar atrás de mim.

- Você ainda não respondeu a minha pergunta - reviro os olhos com a sua insistência.

- E você também não respondeu a minha - retruco escutando sua risada baixa no meu ouvido.

𝐌𝐘 𝐋𝐈𝐓𝐓𝐋𝐄 𝐆𝐈𝐑𝐋Onde histórias criam vida. Descubra agora