22

8.1K 653 48
                                    

JENNY MILLER

Ops! Esta imagem não segue nossas diretrizes de conteúdo. Para continuar a publicação, tente removê-la ou carregar outra.

JENNY MILLER

Resmungo escutando o som do despertador. Deuses, como eu odeio esse objeto.

Desligo o despertador e abro os olhos lentamente por conta da claridade.

Sinto meu seio ser sugado com calma, olho para baixo vendo Perséfone completamente coberta pelo coberto e agarrada ao meu peito. Que simplesmente não tem mais nada.

Resmungo quando o meu celular começa a receber notificações sem parar.

— Mas que merda... — digo pra mim mesma.

Pego o mesmo vendo mensagens da Ava e do Issac falando, que vão vir aqui me buscar para a faculdade.

Vai vim aqui? Faculdade?

Arregalo os olhos e vejo a hora.

— Droga, droga, droga — resmungo tentando sair do aperto dos braços da Perséfone.

— Perséfone! Acorda, estamos atrasadas! — tento acordar a mesma mas não causa nenhum efeito.

Tiro meu seio da sua boca fazendo ela acordar rapidamente me soltando.

— Jenny! — ela me chama quando eu saio da cama.

Aponto para o despertador lhe mostrando a hora, mas a única coisa que ela faz é se jogar na cama e voltar a dormir.

Bufo desesperada indo pro banheiro. Issac nem a Ava pode ver ela aqui.

Tomo o banho mais rápido da minha vida, o planeta está me amando agora.

Saio do banheiro depois de escovar os dentes e quase grito quando vejo Perséfone dormindo de boca aberta na minha cama.

— Perséfone! — choramingo puxando o cobertor vendo que ela só está usando uma blusa e uma calcinha.

O merda... Que visão dos Deuses...

Olho para as suas coxas grandes, parecem ser tão macias.

Subo meu olhar lentamente, vendo cada parte de seu corpo perfeito. Curvas lindas... porra como eu queria apertar.

— Ah! — solto um gritinho quando sou agarrada pelas suas pernas.

— Perséfone! — bato em seu ombro e ela ri, tento sair de cima da mesma, mas ela não deixa.

— O Issac e a Ava estão vindo aqui — digo dando por vencida, nunca que conseguiria vencer a Perséfone na força.

— Ava? — perguntou amarga.

— O Issac e a Ava, Perséfone — digo revirando os olhos.

— Porque a Ava vai vir aqui? — perguntar novamente e eu bufo.

— Perséfone! Deixa a Ava nós duas só somos amigas — exclamo e ela me olhou debochada.

— Amigas também fazem sexo juntas — diz me soltando e se levantando da cama.

𝐌𝐘 𝐋𝐈𝐓𝐓𝐋𝐄 𝐆𝐈𝐑𝐋Onde histórias criam vida. Descubra agora