23

7.3K 679 46
                                    

JENNY MILLER

Ops! Esta imagem não segue nossas diretrizes de conteúdo. Para continuar a publicação, tente removê-la ou carregar outra.

JENNY MILLER

Sinto Perséfone se sentar ao meu lado colocando o braço em volta do meu pescoço, o que causa vários murmúrios entre as pessoas.

Olho para ela de relance logo ficando vermelha quando vejo que seu olhar está em mim.

Abaixo meu olhar para o seu colo vendo um pacote?

Espera não qualquer pacote e sim um pacote de chips de batata.

Isso não é dos Deuses...

Volto meu olhar pra ela que está com um sorrisinho no rosto.

— Quer? — pergunta e viro o meu rosto para o outro lado.

Você não quer Jenny!... você não quer...

Ah merda eu quero!

A olho novamente e estendo a mão para o pega, mas como nem tudo é conto de fadas ela o pega deixando longe do meu alcance.

Lhe lanço um olhar bravo e ela se levanta chamando a atenção dos nossos amigos.

— Vem — ela simplesmente pega a minha mão e me puxa para fora do refeitório.

Olho pra trás vendo Issac e Ava me olhando com uma interrogação na cabeça.

E os amigos da Perséfone não estão nem aí para a amiga que saiu me puxando pelo refeitório afora.

— Perséfone! Ei! Pra onde você está me puxando?! — exclamou irritada com ela, mas a única coisa que ela faz e me lança outro sorrisinho.

Reviro os olhos quando entramos em um quartinho. Cruzo os braços e arqueio uma sobrancelha.

Solto um gritinho quando a mesma me pega pela cintura me colocando em cima de uma mesa que tinha no local.

Lhe dou um tapa no ombro fazendo ela resmungar.

— Ei! — diz passando a mão em cima.

— Eu não sou sua boneca pra você achar que tem o direito de me levar de canto em canto na frente de todo mundo! — explodir e ela encosta seu corpo no meu logo afundando seu rosto em meu pescoço.

Sinto meu coração começar a bater sem parar. Mas que porra é essa?!

Tenho certeza que foi por causa da adrenalina.

Balanço a cabeça afastando esses pensamentos e tento a empurrar.

— Perséfone! — arfo quando a mesma suga o meu pescoço.

Olho pra baixo vendo o pacote e tento pegar.

— Não. Eu quero algo em troca — diz se afastando com o meu chips.

— Algo em troca? Denovo? — a mesma assente.

Jogo a cabeça pra trás resmungando.

— Não — digo tentando sair de cima da mesa.

𝐌𝐘 𝐋𝐈𝐓𝐓𝐋𝐄 𝐆𝐈𝐑𝐋Onde histórias criam vida. Descubra agora