– O meu sonho agora é isso aqui, Nina. Estar com você, entende? É claro que seria ótimo ir trabalhar fora, mas a partir do momento que você entrou na minha vida eu quero realizar todas essas coisas com você – nego com a cabeça repetidas vezes, olhando para o chão.

– Nós dois sabemos que uma oportunidade dessa não é muito comum pra gente, amor. Você apesar de ser um ótimo médico, só tem 26 anos. Provavelmente não vai ser chamado de novo tão cedo...

– Um dia posso ser. Qual o problema?

– O problema é que eu não vou conseguir suportar a ideia de você não ter ido por causa de mim, Alex! Seja sincero, se não me conhecesse, você já teria ido?

Ele para por um segundo e desvia o olhar, passando as mãos em seu rosto. Ele se afasta de mim e começa a andar pela sala.

– Sim, eu já estaria lá – ele diz depois de um tempo, voltando a me encarar. Dou um suspiro cansado, tomando coragem para falar.

– É por isso que eu estou sendo insistente, porque você está louco pra ir e trabalhar naquele lugar maravilhoso. Eu também iria querer, Alex. E sinceramente, eu não sei o que faria se estivesse no seu lugar, mas sei que eu não posso simplesmente esquecer essa coisa toda e continuar nossas vidas como se nada tivesse acontecido. É por isso que eu vou te deixar decidir, amor. Preciso te deixar livre para escolher, é o melhor que eu posso fazer por você. Eu estou ter...

– Nina, não continua, por favor – ele diz e vem na minha direção, tão rápido como uma bala. Pega meu rosto nas mãos e eu fecho os olhos ao sentir seu toque, totalmente consciente das lágrimas brotando em meus olhos.

– Eu estou terminando, Alex. Prefiro acabar de uma vez, que me rasgue, mas que acabe logo, se for pra sofrer que seja agora. Sei que vai demorar pra cicatrizar, mas preciso me libertar disso, entende? – nem lembrava que conseguia produzir tantas lágrimas em tão pouco tempo, mas agora meu rosto estava banhado por elas. Precisava colocar tudo pra fora.

– Para com isso, anjo! Para! Eu não vou a lugar algum sem você, não quero terminar e não aceit...

– Essa é a minha escolha, Alex – o interrompo me afastando dele. – Quero que você decida se vai ou não, sem mim. Sem nada aqui para te impedir e sei que vai fazer a escolha certa.

– Isso não pode ser o que você quer, é o que você acha que é melhor pra mim! Mas eu sei o que quero e não preciso que você decida por mim, entenda isso.

– Não estou decidindo por você, só estou terminando para você mesmo fazer isso.

– Você sabe que eu não vou.

– Bom, aí não será mais por minha culpa – ele solta uma risada sarcástica, revirando o cabelo como sempre fazia quando estava nervoso.

– Você está sendo egoísta – nego com a cabeça, apertando os olhos. Precisava sair dali logo, queria apenas minha cama e uma madrugada inteira sozinha para chorar.

– Eu amo você de uma forma tão esquisita que prefiro que você vá para crescer na sua profissão. Se você acha que estou sendo egoísta, me desculpe, mas essa é a forma que estou tentando demonstrar o quanto amo você.

– Se me ama tanto assim me deixa continuar do seu lado. Não faz isso com a gente, anjo... – podia jurar ver seus olhos brilhando e eu não iria suportar vê-lo chorando. Pego minha bolsa no sofá e a coloco no ombro.

– Obrigada por tudo. Cada segundo com você foi nosso. Nenhum outro foi e nem vai ser como você, mas hoje estou te dando a chance de ir realizar seu sonho – falo isso sentindo minhas lágrimas quererem rasgar meu rosto. Me aproximo devagarzinho dele, que fica parado e calado, apenas me esperando.

Anjo (COMPLETO)Leia esta história GRATUITAMENTE!