Capítulo quatorze

617 53 0

Rodrigo

Depois da noite maravilhosa que tive com Cecilia, tinha certeza que ela era a mulher da minha vida!.

Quem diria,que eu estaria aqui agora me preparando para meu noivado!. Depois que Cissa aceitou meu pedido, decidi oficializar esse pedido ao seus pais, então resolvemos fazer um jantar para nossa família e amigos.

_ Cara!...como nossa avó costuma dizer,...você está um pedaço de mal caminho!. Lucas disse,fazendo suas gracinhas como sempre.

_ Ta me estranhando mano!.falei,entrando na brincadeira.

_ Bom deixando a brincadeira de lado já está pronto?... Nossa família uma hora dessa já deve ter chegado no apartamento da Cissa.

_ Então vamos, só vou pegar o anel que comprei pra ela . Disse, pegando a caixinha que estava no criado-mudo.

Havia decidido fazer uma surpresa para Cecilia, comprei um anel de noivado,nada muito caro, mas que significava meu amor por ela.

*******

Lucas e eu fomos em direção a saída, já que meus pais foram no meu carro com Bel e meus avós, eu iria com meu irmão de moto. Tudo estava perfeito,até o momento que abri a porta e me deparei com a última pessoa que esperava encontrar.

_ Carol!. Disse, totalmente transtornado.

_ Oi Rodrigo!...quanto tempo!...mas mesmo assim você continua o mesmo!.falou dando um sorriso de lado.

_ Lucas, como você cresceu...se tornou um homem lindo!.Carol disse, olhando para meu irmão.

_ Deixa de teatro,e diz logo oque você está fazendo aqui?. Perguntei sem paciência.

_ Quero ver minha filha!

_ O que?...como você é falsa Carol!...depois de seis anos, você se lembra que tem uma filha!. Falei,quase explodindo de raiva.
_ Eu sei oque fiz Rodrigo, mas estou arrependida!...e quero corrigir meu erro,...com Bel e também com você!.

_ Agora e tarde demais pra se arrepender!....nos estamos muito bem sem você. Falei, saindo em direção a moto.

_ Rodrigo será que eu não mereço uma segunda chance?...,eu era jovem, e imatura!,mas agora não,...quero dar uma vida melhor pra Bel!.Carol disse,segurando meu braço. _Depois que fui embora consegui uma bolsa numa faculdade nos EUA, agora sou diretora chefe de uma grande revista, voltei para o Brasil para trabalhar aqui, em uma de suas filiais!...então posso cuidar de nossa filha, você poderá terminar sua faculdade...e até montar sua própria oficina!.

_ Você é patética!..você acha que depois de tanto tempo,eu e Bel vamos ficar com você,como se nada tivesse acontecido!...quando mas precisamos,você não estava aqui!...agora não precisamos do seu maldito dinheiro e muito menos de você!...volta para o lugar de onde você veio,e nos deixe em paz!.Falei,explodindo de raiva.

Coloquei o capacete, e montei na garupa da moto de Lucas, deixando Carol falando sozinha. Se isso era um pesadelo?,eu queria acordar!.Não acredito que ela está de volta, e ainda por cima querendo estar conosco como se nada havia acontecido.

Quando chegamos no prédio de Cissa, eu ainda estava atordoado, logo agora que minha vida começa a tomar um rumo, ela aparece.

_ E aí mano,você está bem?
Lucas pergunta, assim que entramos no elevador.

_ Sinceramente não,estou nada bem!...estou com medo daquela maluca aprontar alguma coisa!.

_ Você está achando,que ela pode querer tirar a Bel de você?.

Destinos Traçados (completo) Leia esta história GRATUITAMENTE!