Capítulo treze

641 64 0

Cecilia

Tudo estava maravilhoso, depois que eu e Rodrigo começamos a namorar. Nunca me senti tão bem e confiante, retomei meu trabalho no hospital junto do doutor Moura, e ele ainda me disse,que se eu ainda quiser fazer parte da equipe dos médicos sem fronteiras, minha vaga está garantida. Mas não penso nisso agora, pois não saberia viver sem Rodrigo.

Os dois meses seguintes ,foram os melhores da minha vida!. E muitas das vezes ficava me perguntando se não estava sonhando, pois conviver com Rodrigo era um sonho, até sua família já me tratava como se eu fizesse parte dela,todos eram muito amorosos, principalmente Bel.

********
Como hoje não tive expediente,eJulia e Nati também estavam de folga, decidimos ter nosso momento só de meninas, pois Nati tinha uma novidade para nos contar.

_ E daí, diz logo Nati, qual é a novidade?...estou quase tendo uma síncope de tanta curiosidade! Disse Julia, dramática como sempre.

_ Tudo bem!....eu estou grávida! Nati falou, enquanto eu e Julia dávamos gritos histéricos e fomos abraça-lá.

_ Parabéns amiga você é o Edu merecem,...vocês serão pais maravilhosos. Disse passando a mão na sua barriga.

_ Obrigada Cissa!...você também merece ser feliz ao lado do Rodrigo! Falou Nati.

_ Nossa está todo mundo feliz! A Nati com sua gravidez, Cissa com Rodrigo!...e eu sozinha como sempre! Dramatizou Julia.

_ Você está sozinho porque que!...o Lucas está caidinho por você. Falei

_Concordo com Cecilia! Disse Nati.

_ É eu sei,...mas eu estou com medo de me envolver, e depois ele trocar a anciã aqui,por uma gatinha de dezesseis!....afinal das contas ele está com 20 anos, e eu beirando os trinta!. Julia disse cabisbaixa.

Eu e Nati apenas à abraçamos tentando consola-lá. Nesse momento meu celular toca e eu já sei quem é. Olho no visor e é uma mensagem de Rodrigo.

" não queria interromper, seu encontro com suas amigas, então resolvi lhe enviar essa mensagem! Amanhã vou te buscar no hospital depois do fim do seu plantão,tenho uma surpresa!
Saudades! Beijo.
Até amanhã.
Rodrigo.

Enquanto lia sua mensagem ria feito uma boba, e nem percebi que Nati e Julia estavam me zoando.

_Para você duas! Disse jogando almofadas nelas,enquanto as duas caiam na gargalhada.

Depois de nos recuperamos de nosso guerra de almofadas, respondi a mensagem Rodrigo, morrendo de curiosidade para saber oque ele estava aprontando.
"Estou contando os minutos pra ti ver, e curiosa também! O que você está aportando?
Beijos, muitas saudades!
Cecilia. "

Não via a hora de estar com ele, e saber porque tanto mistério, a cada dia Rodrigo me encantava mas, e eu estou adorando isso!.

********

No dia seguinte, estava ansiosa para que chegasse o fim do expediente, e enfim saber qual seria a surpresa de Rodrigo. As horas insistiam em correr em passos de tartaruga, para minha sorte no fim da tarde estava auxiliando doutor Moura com alguns residentes, quando percebi o fim do meu turno havia chegado. Peguei minhas coisas e fui para o estacionamento, procurar Rodrigo.

No meio do caminho,um dos meus colegas do hospital ficou conversando comigo,sobre alguns assuntos relacionados com a próxima aula, no fim da conversa ele se despediu de mim,com um abraço e um beijo no rosto,como era de costume. Quando me virei para ir direção ao meu fusca, lá estava Rodrigo, mas lindo do que nunca, trajando uma camisa social azul claro e calça preto, mas com uma cara de poucos amigos. Fui até ande ele estava e dei meu melhor sorriso.

Destinos Traçados (completo) Leia esta história GRATUITAMENTE!