22° capítulo

241 43 37
                                    

Te amo

Liam parou o carro em frente a um galpão, o qual Harry não prestou muita atenção em sua estrutura ou o que havia ali por perto porque estava mais concentrado em secar seus olhos inchados. O moreno já vinha tentando acalmar Harry a alguns minutos, mas o cacheado ameaçou Liam com suas cartas e pediu para que o maior ficasse em silêncio e não trocasse nenhuma palavra com ele.

- O que estamos fazendo aqui? Era pra estarmos em casa, a salvos e com o Louis.

Harry falou enquanto andavam até a grande porta do galpão.

- Estou falando com você, Liam! - Harry falou irritado.

- Achei que queria que eu ficasse em silêncio - Liam falou confuso. - Quando vi que Sky e Riven estavam na universidade e que a polícia estava chegando, falei com Niall e ele mandou virmos para cá, ele tem um plano.

- Que plano?

Quando finalmente os dois entraram no galpão, Liam foi golpeado na cabeça e Harry foi puxado por braços fortes até sentir suas mãos serem presas por outro par de mãos.

- Que merda é essa!? - Harry gritou tentando se soltar enquanto via Liam cambaleando para os lados com a mão na cabeça.

- Harry! - O cacheado ouviu gritos ao longe.

- Zayn? - Harry indagou ao ver o moreno sentado em uma cadeira com os pés amarrados e as mãos presas nas costas, sua noiva estava em seu lado no mesmo estado.

- Eles chegaram primeiro que nós - Zayn falou desesperado, desesperado até demais, enquanto Gigi mudava de humor constantemente, vez ou outra deixando o rosto calmo e as vezes com expressões assustadas, Harry riria se não estivesse tão assustado e confuso.

- Vamos espertão, quero ver socar minha cara agora - O homem atrás de si falou e só então ele percebeu ser Sky e Riven.

- Vocês não desgrudam, porra - Harry falou tentando se soltar dos braços de Riven, que o empurrava de forma bruta até uma das cadeiras ao lado de Gigi, que mudou novamente sua expressão para assustada.

"Eu é quem estou ficando assustado" - Pensou enquanto olhava confuso para Gigi e era amarrado na cadeira, o mesmo foi feito com Liam.

- Pai!? - Sky falou ao ver Daniel entrar pela sala. Os dois filhos correram até o pai e começaram a cochichar baixinho.

- Harry, por que ainda está aí com as mãos amarradas? - Zayn indagou e Harry o olhou incrédulo.

- Talvez seja porque Liam acabou de ser golpeado na cabeça e eu não estou afim de ser espancado novamente? Talvez seja porque vamos ser presos ou porque Louis está morto.

- Morto!? - Dessa vez Gigi realmente fez uma cara de surpresa.

- O plano, amor - Zayn falou suspirando.

- Eu não fui golpeado - Liam falou franzindo as sobrancelhas.

- Como não porra? Você quase caiu no chão e que porra de plano é esse?

- Você precisa ser mais esperto Harry e pensar um pouquinho mais - Zayn falou passando uma das mãos na franja que estava na frente de seus olhos.

- P-porra, você não estava amarrado? - Harry sussurrou incrédulo.

- Solte esse lacinho logo, Styles - Gigi sussurrou.

- Você é um cartomagico, deve ter uma carta fácil nas mangas - Liam falou com um sorriso e dando um joinha.

- Se a gente sair daqui eu vou ser obrigado a quebrar a cara de vocês e cortar o cabelo da Gigi.

O maior voltou a olhar para os três patetas que conversavam distraidamente a alguns passos deles e virou o rosto para trás, olhando por cima de seu ombro, uma de suas mãos lançar uma carta para outra, era a carta de copas. No mesmo instante Harry se lembrou da madrugada em que estava na lanchonete com Louis e o mesmo devolveu sua carta, após ter saído do hospital e sentiu seu coração palpitar mais forte.

Now You See MeOnde histórias criam vida. Descubra agora