4° capítulo

324 60 6
                                    


Sevilla

- O que achou da sua primeira festa junto com a gente? – Niall indagou.  

Todos já estavam no prédio novamente, na mesma salinha em que Harry os conheceu. Zayn e Gigi encostados na mesa, Niall sentado na cadeira, Louis jogado no sofá com os pés em cima de Liam que estava ao seu lado e Harry de pé encostado na porta.

- Foi divertido, achei que iriamos a um bar ouvir música clássica e fumar uns charutos, mas vocês me surpreenderam. 

- Música clássica e charutos? Isso parece ser entediante – Liam falou franzindo as sobrancelhas.

- Música clássica é a mais bela arte que se pode existir – Zayn falou com o braço ao redor de sua noiva. 

- Você também é entediante Zayn, você não conta – Louis retrucou. – Aliás, Harry nem se levantou da cadeira a noite toda, o que foi tão divertido assim? – Louis arqueou as sobrancelhas ao olhar para Harry. 

- Hmm... foi... conversei bastante com Zayn e... se não se importarem, acho que já vou deitar, boa noite. 

Harry subiu as escadas lentamente, como Louis disse, ele sequer levantou da cadeira mas só o fato de ter saído de casa e ido para um lugar lotado e com música alta, já foi o suficiente para estar morrendo de sono, sem contar que já eram 1:40 da manhã.

Assim que entrou no quarto andou direto para as janelas que ficava ao lado de sua cama e as fechou e logo em seguida se jogou na cama, caindo no sono em poucos segundos. 

****

- Merda – Ouviu um cochicho logo após um barulho vindo da porta. 

Abriu os olhos com dificuldade e se virou para o lado aberto do quarto, encontrando a cama de Louis bagunçada e só tendo tempo de ver um corpo que estava mancando saindo para fora do quarto. 

Colocou o seu óculos e olhou para o relógio na parede, 3:20. 

- Mas o que ele está fazendo acordado uma hora dessas? – Murmurou para si mesmo e sentindo falta de perguntar as coisas para as suas gatas e escutar miados em resposta.

Decidiu se levantar e ver o que estava acontecendo, tirando o terno que havia usado na festa e trocando por uma roupa mais confortável... um pijama de bolinhas. 

Desceu as escadas na ponta do pé, encontrando a sala de Niall trancada, olhou para o final do corredor e para o fim das escadas, notando que a porta da rua estava aberta. 

- Mas que merda, para onde ele está indo?

Harry seguiu o corredor e desceu mais um lance de escadas. Quando finalmente chegou na rua, viu Louis andando de cabeça baixa a alguns passos longe dele.

- Era só o que me faltava, esse cara é louco?

Ele pensou em simplesmente ignorar e voltar para a sua cama quentinha, mas o que ele fez foi totalmente ao contrário. Fechou a porta atrás de si e se aconchegou na blusa fina que estava usando, não achou que dar uma se Sherlock Holmes iria leva-lo a sair na rua, e então correu atrás de Louis.

- Eii!! Louis!! Louis seu idiota!! – Gritou quando chegou mais perto de Louis, que virou-se para trás e sorriu ao ver Harry.

- Lindinho! Te acordei? – Ele sorriu irônico e se virou para frente, voltando a andar.

- Ei! Espera! Aonde está indo a uma hora dessas? E... sim, você me acordou!

- Sinto muito docinho – Louis falou sorridente. – Estou indo a uma loja de conveniências que fica na entrada da rua... meu pacote de pirulitos acabou e vou aproveitar para comprar um saco de jujubas também. 

- O quê?! Você só pode estar louco! São três horas da manhã e você está indo comprar doces?

- Oh docinho, não seja hipócrita, você está aqui comigo, indo para o mesmo lugar - Ele disse olhando para Harry desafiador.

- A-a questão é: por que não esperar até o dia clarear para você vim comprar essas porcarias?

- Porque se eu estou acordado e a loja é 24hrs, não tem o porquê eu esperar para comprar essas porcarias. 

Harry arregalou os olhos para a forma como o moreno falou, mas resolveu ignorar.

- Zayn não tinha chegado com um pacote de balas ante de ontem?

- Já comi tudo.

- Louis isso po...

- Eu sei que pode, Zayn já enche a porra do meu saco com isso, qual é o problema? – Ele parou de andar e se virou irritado para Harry. – Essas merdas me ajudam a ficar menos ansioso, acabo com um saco de bala toda vez que precisamos fazer algo um número, roubar algo ou resolver um caso.

- Você sabe que comer muito doce pode te deixar mais ansioso não sabe?

- Foda-se, não come-los me deixa irritado e eu não estou afim de ficar irritado docinho. 

Harry ajeitou os óculos em seu rosto e raspou a garganta para continuar a falar.

- Ahm... vocês já fizeram outros shows? - Perguntou tentando mudar de assunto.

- Nova Iorque, Dubai e em outros lugares, tirando os dois primeiros, todas as vezes foram com os rostos cobertos, eram coisas grandes e precisaríamos manter nossas identidades privadas.

- Entendi – Harry murmurou baixo ao tremer de frio.

- Volta pro prédio, está frio e essa blusa fina não vai ajudar em nada.

- Eu já estou aqui, não vou voltar, vou aproveitar para comprar alguma coisa para comer também.

- Você quem sabe – Louis deu de ombros.

*****

- O senhor sabe que sou um homem de palavra, Sr. Horan.

- É claro que sei Sevilla, é claro que sei. 

- Principalmente quando há dinheiro envolvido – O velho falou soltando uma risada alta e rouca, olhando para Gigi e Zayn que estavam atrás de Niall com os braços cruzados e deram pequenos sorrisos falsos. 

- Sim senhor, vai ter muito dinheiro envolvido – Louis que estava sentado com as pernas cruzadas no braço do sofá segurando um pirulito entre os dedos, falou com um sorriso sarcástico.

O velho não entendeu muito bem a ironia de Louis e apenas deu um sorrisinho em resposta, voltando a olhar para Louis.

- Já está tudo pronto para os dois estarem lá essa noite. Se não fosse muita curiosidade da minha parte, gostaria de saber qual é o motivo desse seu grande interesse na presença dos dois está noite – Daniel perguntou cruzando os dedos. 

- Na verdade é muita curiosidade sim, mas apenas quero os conhecer melhor – Niall falou com um sorriso. 

- Esperamos a sua presença está noite também Sr. Sevilla – Harry que estava atrás do velho e encostado na porta falou.

- É claro que vou estar lá, vocês são um dos assuntos mais comentados desde o último show, não perderia isso por nada, tenho certeza de que vai ser um espetáculo e tanto.

- Oh se vai – Liam falou ao lado de Louis com um sorriso. 

- Bom – O senhor se pôs de pé e pegou o paletó que estava na cadeira. – Se não se importam, preciso ir agora, meus guardas estão esperando lá fora e tenho uma reunião importante daqui a pouco, não quero me atrasar, até mais tarde companheiros. 

- Até mais tarde Sevilla – Niall respondeu. 

Now You See MeOnde histórias criam vida. Descubra agora