6° capítulo

295 56 5
                                    

A Portinha

- Corre, corre!!

- Pra onde!?

- Só corre!

Ele estava tão nervoso, sua garganta doía pela falta de ar e a desesperada tentativa de em busca do mesmo. Tropeçou algumas vezes no caminho, mas as mãos de Louis que vez ou outra iam até sua cintura o ajudavam a se manter no caminho.

Os barulhos das sirenes eram altos, o lugar já estava bem escuro pela hora e ainda era possível ouvir a voz das pessoas gritando dentro do teatro.

- Onde está Niall?! – Harry pergunta.

- Com eles! – Zayn responde ofegante.

- Eles quem!?

- A policia docinho!

Harry quase rola no chão.

"Oh céus!"

"Deu tudo errado"

"Eu vou ser preso"

- Ei!! Parados ai!! – Uma policial surgiu na frente dos cinco apontando uma arma.

- Harry! – Liam gritou e no mesmo momento Harry tirou uma das bolinhas rosas que usou no final do show e a jogou no chão, deixando o local coberto por fumaça.

- Corram para o outro lado!! – Gigi grita.

Quando eles finalmente conseguiram despistar a policial e chegarem em um local seguro que no caso era o final de um beco, puderam colocar as mãos nos joelhos e respirar com mais calma.

- O que vamos fazer!? – Harry pergunta desesperado.

- Como assim Harry? Repassamos o plano mais de mil vezes! – Liam fala com o cenho franzido.

- Niall está preso!

- Oh por Deus! Ninguém avisou para ele?

- Avisou o que!? – Seu desespero só aumentava.

- Docinho – Louis surgiu por trás dele. – Só segue o plano, mais tarde eu te explico.

Harry olhou no fundo dos olhos de Louis e balançou a cabeça positivo.

O plano ficou assim: Os cinco saiam do palco, Harry e Louis iam até o esconderijo de Sky e Riven, e Gigi, Liam e Zayn tomariam conta de distrair os dois e a polícia.

- Corram para o carro que está bem atrás desse muro e vão direto para lá, eu, Liam e Zayn tomamos conta de tudo – Gigi falou prendendo o cabelo em um rabo de cavalo.

Louis e Harry apenas balançaram a cabeça positivamente antes de Harry se abaixar e cruzar as mãos para Louis subir e ter impulso para pular o muro, assim que o menor subiu, deus os braços para ajudar Harry subir também, logo os dois já estavam de frente para o carro.

- Pode me explicar o que Liam quis dizer com aquilo!?

Louis sorriu da agonia de Harry.

- Não ri seu idiota!

- Niall trabalha com eles docinho! Infiltrado justamente para nos ajudar a ganhar tempo – Louis falou dócil. – Me faça um favor? Abra o porta-luvas e pegue um pirulito para mim?

- P-po que só está me dizendo isso agora? E-eu quase tive um infarto!

- Ah... não era importante, pegue o pirulito por favor.

- Claro que é importante Louis!! – Harry bateu as mãos nas coxas.

- Ok meu bem, agora pegue a porra do caralho do meu pirulito!

Now You See MeOnde histórias criam vida. Descubra agora