⚠ Fifty-Seven ⚠

17.8K 1.8K 1.5K

Olá, amores! Antes de tudo, me perdoem pelo capítulo meio bosta, não queria deixá-los se att's... E tenho uma boa notícia, voltarei a atualizar todas as obras aos sábados... Ou seja, atualização toda semana... ☺

~~~~ ❤ ~~~~

Boa Leitura!

“Se estou com você, até os dias nublados são lindos.”

Jungkook P.O.V's

     Acordei um pouco tarde, sentido como efeito das regras quebradas, apenas a dor de cabeça de uma boa ressaca. Eu devia ter escutado meu pequeno, meu organismo ainda não havia desintoxicado de tanta medicação. Jimin dormia tranquilamente ao meu lado, sua respiração serena, algumas marcas da noite anterior em seu pescoço, e os fio claros levemente bagunçados, espalhados sobre o travesseiro. Tão lindo, meu anjo, seus lábios levemente inchados, seu rostinho fofo, fico imaginando a fofura que serão nossos pequenos.

     Me levantei seguindo até a janela do quarto, observando uma fina chuva cair sobre a grama verde do jardim. Apesar do céu acinzentado, o dia estava belo, apenas pelo motivo de tê-lo ao meu lado. O clima estava um pouco frio, encarei novamente a cama antes de seguir ao banheiro, tendo a visão perfeita de meu ômega, se enrolando no edredom, se abraçando ao meu travesseiro, perfeitamente aninhado como um gato. Embaixo do chuveiro frio, comecei a traçar os planos para o dia, não queria ficar dentro de casa, se possível, passaríamos o dia inteiro visitando lugares, como nos velhos tempos.

     Depois do banho, e já vestido com as roupas de sair, me deitei ao seu lado, passando levemente as mãos por sua bochecha. Ouvi seu murmúrio manhoso, antes de se virar para o canto, como uma criança mimada, sendo acordada pela mãe, pouco antes de ir para o colégio. Achei graça da forma que suas mãos acertavam tapas sobre as minhas, apenas para mantê-las distantes de seu rosto, tentando continuar a dormir. Até entendia seu lado, querer dormir até tarde por possivelmente ter passado a madrugada zelando por meu sono, mas droga, já eram oito da manhã, queria passar o dia todo com ele ao meu lado.

     -Que droga, Jungkookie! São oito horas da manhã de um sábado, me deixa dormir. -O mais novo resmungou, me dando ainda mais incentivo para perturbá-lo. -Eu estou com sono, amor!

     -Tudo bem, vou sair sozinho então. -Me levantei, seguindo em direção a porta, e não demorou cinco segundos para ouvir seu suspiro de frustração.

     -Céus! Se me levar a um lugar ruim, eu castro você. -Segurei a risada, ao vê-lo se arrastar até o banheiro, mancando levemente por conta da noite anterior. -Já que me acordou, vá preparar o café.

     -Sim, madame! -Falei sorrindo abobado, vendo seu reflexo nu, através do espelho. -Quer ajuda no banho, My Lady? Posso ferver a água da banheira.

     -Ferva a água do café, Jungkook! -Certo, jamais acorde Jimin antes das dez da manhã, agora sei o motivo.

     Desci a escada gargalhando, imaginado a agua correndo por sua pele. Céus, será pecado demais invadir o banheiro e atacar aquele pedaço de mal caminho repleto de curvas? Quais são minhas chances de sobrevivência, caso eu faça tal coisa? Pelo péssimo humor do meu ômega, creio que se fizer isso, não viverei tempo o suficiente para ver meus futuros filhos, ou eles serão esmagados direto na fonte. Preferi permanecer na cozinha, PPR enquanto, local mais seguro da casa. Preparei um café repleto de doces, quem sabe assim seu humor muda. Jimin apareceu muitos depois, e como desconfiei, seu humor foi se alterando, a medida que ele se alimentava. E que visão maravilhosa, ver meu pequeno se alimentando tão bem depois de tudo que passamos.

     Contei a ele sobre a programação do dia. Visitar alguns amigos, um passeio no shopping, e a noite, ir a uma boate qualquer. Muita loucura, mas um pouco de agitação me fez falta, e o menor concordou, até porque nunca esteve em uma boate. Esperei que ele terminasse de se arrumar, e seguimos de mãos dadas até nosso carro. A primeira visita foi para senhora Park, que ficou extremamente feliz ao me ver bem outra vez, e pareceu aliviada ao ver seu neto tão sorridente ao meu lado. A mais velha fez questão que esperássemos o almoço, frustrando nossos planos de ir ao cinema, já que teríamos mais um lugar para visitar, e sabia que não conseguiríamos sair tão cedo de lá.

Sweet Poison ⚠ Jikook ABO ⚠Leia esta história GRATUITAMENTE!