1.6

5.1K 548 106
                                    

P.o.v Narrador sumido.

Styles estava tentado a simplesmente ignorar a voz de Swift e ligar para Zayn, realizando o sonho dele, para ir tira- la de lá.

Mas ela era muito persistente era possível escutar o som de seus saltos se chocando diversas vezes na pedra como se ela fizesse uma musica lenta em sapateado, quando na verdade era apenas seu nervosismo estampado em sua ação.

=Harry eu escutei a sua voz e não vou embora até que você desça.

Styles viu o rosto de Louis ficar temeroso ao que a voz dela soou outra vez e julgou que seu clima já tivesse acabado por serem interrompidos

Tomlinson não sabia como agir, Não imaginou hora menos propicia para chamarem e tudo que queria era afundar seu rosto na terra de vergonha que estava,

Styles saiu de cima de si após um encarar um tempo não dizendo nada, até que o mesmo se levantou e colocou sua blusa, dando a ele seu suster que estava largado no chão do casebre

Tomlinson se sentiu meio humilhado por ver ele abrindo a porta e descendo sem o esperar, Lou pegou short que antes Harry havia tirado e o pós de volta em seu corpo ainda sentido sua pele quente

Agora talvez por não mais excitação e sim pelo constrangimento. Ele saiu sentindo o vento frio bater em seu rosto, não pareciam que havia passado muito tempo mas não era o que o clima dizia

Não tinha ninguém no quintal quando terminou de descer as escadas, as marcas de salto agulha estavam marcados na terra perto do canteiro de flores selvagens que dava caminha a entrada da Mansão onde foi seu rumo.

Tomlinson não precisou passar da porta para ouvir o sintilar de voz irritadiça que vinha da sala. Mas foi apenas passar por ela que uma estranha dor se alastrou por seu corpo ao ver a loira no colo de Harry com uma perna a cada lado e ele puxando os próprios cabelos

Foi em segundos quando correu para cima o que sentia conseguia ser fixar em seu corpo pior do que os hematomas que já haviam deixado em si, toda a sua desprezível vida, o que não era uma conta baixa de roxos, marcas e machucados.

Ele escutou o bradar de Harry no andar ainda de baixo mas não conseguiu entender e nem sabia se quiria entender, sua mente estava tão envolvida por diversos "eu te avisei"..

" você mais do que merece isso"...

" faz ao título de vadia fácil imprestável"...

Sua própria mente o lembrava das palavras ouvidas diariamente direcionadas a si, o fazendo perceber que havia sido um tolo por achar que seria diferente

Não passava de moeda de troca, iludido por não ser agredido frequentemente mas a sensação ruim que se apoderava de dentro de si conseguia ser terrivelmente esmagadora

Ao entrar no quarto a tropeços ele não queria ver suas próprias lágrimas, sentindo a pressão de falta de ar pela sua respiração descompassada o atacar severamente

Direcionou seu andar ao banheiro antes de cair na cama em prantos, só queria parar. .

Seu caminho curto até lá foi em passos rápidos se lançando para dentro do box sem tirar a roupa, apenas querer esconder suas lágrimas de si mesmo quando ligou a água do chuveiro deixando a correr por seu corpo molhando suas roupas e seu cabelo, se misturando com seus sentimentos que escapavam pelos olhos.


Harry desceu a escada de corda firme que dava a entrada da casa na árvore ainda com uma ereção entre as pernas, encontrando uma Taylor bufando fogo na parte de baixo mas por ser interrompido não estava diferente.

= O que estava fazendo Lá em cima dessa coisa velha Styles? Virou criança agora?.- sua paciência não era algo disponível no momento e Taylor não era alguém que a merecia.

= Taylor não lembro quando disse que agora você seria minha mãe e eu te daria satisfação da minha vida. Eu não te chamei, vai embora e não retorne aqui.- Harry passou por ela indo em direção a casa, a idéia de Ligar para Zayn estava bem convidativa agora.

= Eu sou sua namorada, você m..- Esbravejou falando alto atrás de si ao que entraram na casa e seu olhar voou para ela.

= Eu não te pedi em namoro, nem lhe dei o direito de se achar tal coisa Taylor, Se coloque em seu lugar. - Harry falou a olhando e essa fez uma carinha de cachorro sem dono, até que percebeu que era a cara normal dela.

Swift se aproximou dele segurando sua mão ao que ele se direcionou para a cozinha, o puxando até o sofá e se jogando deitada em cima dele mas esse a forçou se levantar a fazendo se sentar

= Não vamos brigar okay? Você só ainda não me pediu em namoro, mas eu sei que vai Harry... eu sei. O meu lugar é aqui. - ela rebolou em seu colo e sua insistência já estava o fazendo quase ele mesmo a botar para fora, como colocaria qualquer outra pessoa pois não tinha diferença.

Harry puxou seu cabelo para trás em uma tentativa de se acalmar, ainda queria pegar algo para comer e voltar para o casebre, pois pretendia passar a tarde lá e se Louis quisesse a noite também.

Mas o som de escadas chamou sua atenção, conseguindo pegar a visão de seu pequeno correndo por elas com uma das mãos a limpar o rosto enquanto a outra segurava o corrimão da escada.

= Louis. - chamar ele foi espontâneo ao que em raciocínio rápido percebeu o que o pequeno havia visto e talvez não entendido.

Ele acabou por empurrando Taylor de seu colo e essa estava irada pela sua reação com Tomlinson. O olhar de Harry a fulminou se escurecendo e seus músculos tensionaram fazendo sua voz sair mais grave ao que apontou para a porta.

= SAI DAQUI PORRA.- ele viu Taylor se assustar e ir para trás saindo sem pegar sua bolsa, deveria não ter dado o passe de registro de segurança para entrar em sua casa, mesmo antes ela a frequentando quase que diariamente.

Seu olhar saiu da porta batendo voando para as escadas onde correu indo procurar Louis, não se importando mais com nada além disso.

X


Ps : O daddy aqui oh.

Larry is real.

The never again l.sOnde histórias criam vida. Descubra agora