1.5

8.4K 816 283
                                    

acho que já estão dormindo. ..

Mas eu não e vou gritar

SEEEEEEEEEX

DE ATT , PERA QUE?

P.o.v Narrador puro.~(●--●~)

Demorou um tempo até que Louis o largasse, mas a verdade era que ambos estavam bem assim, deitados ali, abraçados juntos

Louis se ajeitou não reclamando quando os braços de Styles permaneceram ao seu redor o segurando perto de si,

Louis seguiu sua mania de cantarolar quando queria guardar um momento, o que se tratava de agora, nunca havia se sentido tão bem, e tinha até medo de se sentir assim já que quade nunca durava tempo o suficiente para se guardar na memória

Sua mãos estsvam na altura do cabelo de Harry, onde sutilmente começou a afaga - los lentamente, logo sendo percebido e retribuído por Styles que acariciou suas costas

Harry se sentia mais vulnerável que Louis por estar assim, essa a proximidade era incomum para ele, a última vez que ficou tanto tempo abraçado com alguem.. hum..

Mal se lebrava, possivelmente com Anne sua mãe, com ela o colocando para arrotar após ter lhe dado uma mamadeira, Sim, faz muito tempo, realmente Harry não era muito de Abraços a aconchegos

Ou até de sorrisos como o que pairava em sua boca agora, tudo estava mais anormal possível, era estranho não poder se controlar e isso o tirava do serio ainda mais por saber que só acontecia quando Louis estava perto ou quando se tratava dele

Sua vontade era protegê - lo do mundo como se ele fosse seu.."como se fosse seu", esse pensamento fez o coração de Harry Disparar de tal forma que Tomlinson que tinha seu rosto posta no peito dele

Apoiou seu queixo para poder olhar lo, parando a música em seu murmúrio vendo os olhos se Harry em um tom intenso de verde, quase que hipnotizado pela forma que ele olhava para longe no teto, ate que seu olhar desceu ate o seu  em uma extensa e duvidosa conexão como se visse o que estivesse por dentro de si

Harry nem tentou conter o impulso de puxar Louis mais ainda para si, quando sua visão pegou a bela boca rosada do menor, fazendo toda sua sanidade ir se esvaindo  quando ele mordeu a boca

Causando a ancea por senti la, por compartilhar seu gosto quente, e foi exatamente isso que ele sentiu ao que tomou os lábios de Louis que se entregava ao  ao Beijo quase arrebatador de Harry Styles, dando lhe consentimento para continuar.

Mas ele parou, Styles sabia que gatilhos existiam  e não  faria Louis passar novamente por um, seu corpo tencionou enquanto o afastava mesmo sentindo o calor emanar entre eles.

= Louis, eu não  tenho a intensão  de te comprar e você  não me deve nada.-Ele o olhou serio e Tomlinson inclinou a cabeça meio perdido em sua palavra.

=Isso não  tem haver com nenhuma porra de  "ensinamento " Stanley, E eu  não quero  que pense  que tem que fazer algo por isso.-Styles estava ciente da noite de jogos e quis cuspir ao pronunciar tal nome, o gosto do sangue estava em sua saliva só  de pensar em Stan.

=Ele nunca me deu nada.- Louis o cortou enquanto falava.

=Eu não  o Beijei  por isso.-Styles Foi direto em questão  ao assunto,Onde diria que não iria se repetir ate ouvir o sussurrar de Louis.

=Eu quis..-Um sussurro breve, mas ele ouviu e precisava de mais do que isso, mesmo que lhe tenha vindo com impacto.

Harry Styles se aproximou  firme
e sorrateiramente, precisava de mais do que isso.

=Repete Louis.- Ele não  o intimidaria para isso.

=Eu não  vou lhe tocar ate me dizer.- centímetros os separavam, Lou sentiu  um arrepio descer por seu tronco  ao ouvir ele dizer que  o tocaria apenas  se ele quisesse, sua língua passou sobre os lábios  onde antes estava a boca de seu captor e em sua respiração entrecortada  ele disse como um  pedido

=Eu quero.

E a sincronia entre a dança de suas línguas massacrando uma a outra era quase que perfeito, o calor do desejo começava a se apoderar de ambos mesmo o ar sendo perco entre os dois

O clima denso entre eles não parou quando Harry rodou seus corpos ficando por cima do pequeno, se colocando entre suas pernas, ao que levou uma suas mãos até sua coxa a apertando ao que se firmou ao redor de seu quadril dando acesso a move lo para frente, simulando uma penetração naquela posição

Ele não  perderia o controle. - Disse a si mesmo.

Fazendo um gemido abafado sair da boca de Louis ao que os lábios ágeis de Harry trabalharam em seu pescoço fazendo sua pele ficar sensível de um jeito bom

Os gemidos de Louis deixavam a linha muito tênue sobre a onde acabavam a razão.

Ele seguiu uma trilha cega do seu pescoço até sua boca, ainda simulando as investidas ao que sua mão invadiu o sueter do pequeno, fazendo metal de seus gélidos anéis rolarem pela barriga até os mamilos endurecidos dele

Onde seus dedos fizeram uma festa pressionando e circulando, o bico durinho de seu mamilo antes de se afastar descendo e abocanhando - o

O menor reagiu a boca de Harry que sorriu ao sentir a ereção mediana do menor colidir com a sua mesmo ainda estando vestidos,

Podia sentir seu membro latejando ao que antes de passar para o outro mamilo de Tomlinson ele se afastou.

A imagem de Louis com a boca semi aberta e o fez lembrar de quando o viu assim antes, lembrando também do porque Louis se aproximou.

Ele queira o acalmar porque foi ensinado assim não porque eu quis.

Sua mente jogou e o olhar confuso de Lou que ainda tinha seu peitoral exposto o alcançou, o lembrando que quem começou isso não havia sido ele, mas sim Harry mesmo.

=Não quero que ir rápido demais. - as palavras de Harry novamente sairam firme e Louis corou por esta tentando voltar a colocar o cérebro a funcionar ja que apenas uma vontade obscena se fazia em si

= Não quero que faça nada de que não queira, doçura. - seus olhos voaram para o corpo de Tomlinson que tinha seu pequeno short azul exposto a baixo do seu sueter que estava enrolado para cima

O menor tinha sua respiração descompassada, e não sabia como dizer, não sabia nem o que dizer por ser a primeira vez que realmente desejava algo, e a preocupação de Styles apenas fez isso se agravar em si,

Harry umideceu os lábios ao que viu o pequeno ficar em silêncio o olhando, até o mesmo terminar sozinho de tirar o sueter como se o desse passe livre, como se respondesse o que precisava para voltar a o beijar
Aproveitando para também tirar sua blusa, deixando seu peitoral magro e definido a mostra, vendo o olhar dilatado de Louis se prender em suas tatuagens pretas riscadas em seu corpo em diversos centímetros de pele.

Suas mãos vagaram pelo corpo de Tomlinson, invadindo calmamente a mão por dentro do short segundo a curva da bunda de Louis e a apertando sentindo a carne farta entre seus dedos, sentiu a mão dele se enroscarem no seu cabelo, fechado o punho em volta deles e puxando levemente perto da nuca, mostrando um desejo compartilhado ao que chupou seu lábio inferior

Harry Levou as mãos dele até a barra sua calça de moletom, deixando para ele mesmo a tirar se quisesse e quando tivesse pronto, ficando atento a cada reação do menor não conseguindo impedir se preocupar com ele.

Um gemido rouco saiu da boca de Harry ao que ao invés de Louis retirar sua calça, ele desceu o máximo sua mão entre eles apertando o contorno de seu membro mas outro som chamou a atenção de Louis.

= Harry onde você ta? Você tá ai em cima. - O som de saltos batendo contra pedras era possível ser escutado de la de cima e logo uma carranca se formou no rosto de Harry, tendo o coração de Louis disparado.

X

Sim eu estou aqui  novamente escrevendo  para Vocês..

Larry é real, muito real não se esqueçam.

The never again l.sOnde histórias criam vida. Descubra agora