0.1

16.9K 1.6K 577
                                    

P.o.v Narrador

Stanley iria protestar sobre a invasão de Liam subindo as escadas, ele provavelmente ira até Louis no andar de cima, mas ao olhar para a expressão de desafio de Harry se calou, esse havia o pegado desprevenido em sua própria casa e isso era o que mais irritava.

= Iria falar algo Lucas? .- Zayn falou ao ver a ira relampejar nos olhos de Stanley em direção a Payne que sumia no andar de cima.

Liam seguiu o som de água através do corredor, indo em direção ao quarto com a porta fechada, ao contrário de Styles, Liam usou a maçaneta e forçou a porta, que rangeu ao ser aberta.

O quarto tinha uma parede perto da janela vedada com tabuas de madeiras, com quadros caidos e alguns quebrados, no chão tinha pingos de sangue em pouca quantidade, indo em direção a porta ao lado do armário antigo e rústico.

=Olá'a?.-Ele deu enfase subindo o tom de sua simples palavra enquanto se aproximava

Liam andou ate as porta ouvindo o som de agua vir de la, mas não se comparava a chuveiro ligado e sim pia enchendo.

Conhecia aquele barulho e isso o fez arrombar a porta trancada, com apenas um chute, agradeceu ter escolhido botas hoje.

A visão de uma corpo nu jogado na água o faz agir rapido, em poucos segundos suas mãos entraram em contato com a água morna e rosada por ter sais de banhos e sangue .

Liam colocou o menor em seu colo, assim que a porta foi aberta revelando Zayn ali, o estrondo de seu chute na porta chamou a atenção de todos,

Z por ser o outro segundo no comando foi mandado a subir para verificar, Styles sabia que não era preciso mais do que dois dos seus no andar de cima nem se fosse oito homens a guardando no segundo andar.

= Pegue a toalha anda.- Liam falou iniciando os primeiros socorros.

Zayn o enrolou em uma toalha não tão felpuda, mas branca. Zayn parou a mão de Liam já que ele tinha a mão pesada e pelos hematomas poderia piorar o estado, o moreno forçou o peito do menino logo respirando em sua boca repetindo o processo Tomlinson tossiu jogando um pouco de água para fora e se assustando ao ter o rosto de dois homens perto do seu, todo o seu corpo estava não estava respondendo tão rapido aos seus comandados e ao tentar se levantar foi pego por Liam, no colo e o sentou na bancada do banheiro.

= Hey, se acalme, não vou lhe machucar acabemos de salvar sua vida.- Liam disse tentando sooar calmo.

= Não somos médicos nem policiais antes que pergunte, por mais que com esses Hematomas e em sua tentativa, Você precise. - Zayn disse reparando nos hematomas em formatos de açoite na coxa do menino, que tentou se tapar o máximo possível sua mente estava ainda processando o que acabara de acontecer, escutar daqueles homens que não eram policiais ou Médicos fez seu medo crescer, o que faziam ali? Stanley o havia convidado? Para que? Eles estavam no seu quarto.

Os olhos de Louis se encheram d'agua na possibilidade de que eles poderiam ser "amigos de diversão" de Stan.

= Hey não chora, você vai ficar bem, Eu sou Liam e esse é Zayn, qual o seu nome?

= Lou..Louis Tomlinson.- ele falou em meio a pouca tosse, com a voz fraca por ter sobrecarregado suas forças.

= Tomlinson igual a Mark? Pensei que teria o nome de Lucas igual a Stanley. - Zayn pode notar que ao nome de Stan ser dito os olhos de Louis se encheram d'agua novamente.

= Baixinho, ele que fez isso com você? Não estamos com ele só viemos cobrar uma dívida, se acalme.- Zayn disse pela primeira vez na noite de forma doce se aproximando do pequeno que de inicio temeroso mas ao ver que o contato dele não era agressivo ou com segundas intenções, permitiu.

= Liam abre a porta, Querido você vem conosco, Vamos cuidar de seus machucados não se preocupe com ele.- Zayn falou pegando Louis em seus braços, sabia que estava ganhando a confiança dele, e que seu medo maior era de Stanley, e isso desencadeou nele uma ira mais do que já se encontrava, naturalmente.

Assim que pegou Louis no colo, que não lutou talvez por estar sem força ou por ele falar que não deixaria que Stanley o tocasse novamente promentendo apenas cuidar de seus curativos, ao sair do quarto com Liam a sua frente e o pequeno nos braços percebeu que seu corpo estava mais leve do que parecia, na sala Harry estava com uma mão a segurar o pescoço de Stanley que havia tentado apenas levantar a voz para o cacheado.

O fôlego era quase perco para Lucas mas após Mark pedir desculpas dizendo precisar dele para o dinheiro Harry o soltou tacando sua cabeça na parede, o estrondo se misturou com o som das botas de Liam descendo o último degrau.

Esse foi em direção a Harry relatando a ele o que havia encontrado,
Styles olhou para Zayn descendo com um ser nos braços, seus olhos desceram de Malik até os olhos do pequeno e foi como uma floresta em chamas que era a sua alma encontrasse uma tempestade cristalina que era os olhos de Louis mas sua conexão foi quebrada por um grunhido de dor vindo de Lucas que tinha a mão em sua testa com um corte pouco amplo.

Os olhos verde se escureceram em raiva descomunal, podia sentir sua pupila dilatar ao voltar a olhar para o pequeno ser com o corpo machucado não por se importar com ele, mas aquelas marcas...

Harry havia reparado nas mãos de Stanley, ele havia batido em algo repetidas vezes e parece que ele  encontrou o tal "algo"

= Tire as mãos do meu Marido Javadd.- Stan falou ao se recuperar da tontura, sua raiva por ter sido pego estava latente ainda mais quando tocavam no que era seu, sua possessividade ia de um alfinete a te sua cadela, como se dirigia a Louis.

= Sabe o que eu mais odeio? É que mintam para mim Stanley, levo isso como um desrespeito.-Seu tom cordial era sombrio

= Sr. Styles me..meu filho caiu da escada pela tontura dos remédios do tratamento apenas, isso só confirma o que dissemos. Iremos lhe pagar apenas daí nos tempo.

O olhar de Zayn para o que segurava em seus braços e depois para si era o mais legível, sabia que Malik não tomava partido por ninguém mas seu olhar dizia que já, com toda a certeza, havia tomado partido do pequeno assim como suas palavras.

Harry sorriu e sua risada calculista fez a calça de Mark se umedecer com sua própria urina.

= Terão um mês para me pagar o dobro do que pegaram.- A voz ameaçadora soou fazendo Stanley sentir mais dor cabeça pelo corte, mas não podia contestar sua vida dependia daquilo e no momento só desejava que Styles e seu bando fosse embora e depois conseguiria a cabeça dele, custe o que custar.

X

Hi

Sim, estou RE POSTANDO, mudando as algumas coisas pois estavam fora do contexto e muito dificil de entender ate para mim.

Larry is real

The never again l.sOnde histórias criam vida. Descubra agora