Tyler...

2K 137 2

Hoje era sábado e eu não sei o que vou fazer o dia todo.

Acho que vou tentar passar o dia com a minha baixinha.

Liguei para ela da cama mesmo, porém ninguém atendeu fiquei ligando mas nunca ninguém atendia mandei mensagem mais ela nem visualisava, já estou começando a ficar irritado e com medo daquele idiota do Henry fazer alguma coisa.

Joguei o celular na cama e bufei, fiquei ali e depois de dez seguntos o meu celular apita indicando uma nova mensagem, vou todo esperançoso achando que é uma mensagem da baixinha e quando eu olho é desconhecido, então eu abro a mensagem e está escrito:

: Hoje o seu romancisinho pode mudar! Não seja tão esperançoso!

E só! Confesso que fiquei um pouco entrigado, mas não liguei muito. Levantei e fui para o banheiro tomar banho, depois que eu acabei fui até a casa da Sel e toquei a campainha, depois de dois minutos a mãe da Sel atendeu.

- Oi sogrinha! A Sel está ai??

- Oi ty! Ela não está aqui não! Eu acho que ela foi ao shopping!

- Há ta! Tudo bem então, obrigado! Tchau!

- Por nada! Tchau!

Daí de lá e fui para casa, já que a minha baixinha não está ai e não tem nada para fazer e vou ligar para o kaik para irmos a pista de skate.

Liguei para ele e no quarto toque ele atendeu.

- Iai boiola?!(ele falou)

- Boiola é você! Então Vamos andar de skate?

- Agora?

- Agora!

- Vamos! Te encontro la na pista!

- Ta ok! Tchau!

- Falô!

Depois que acabei de falar com ele, peguei meu skate, minha carteira e o fone de ouvido, coloquei tudo no bolso e sai de casa, trancando e colocando a chave no bolso.

Fui até a pista em cima do skate ouvindo música, até que eu cheguei lá e o kaik já estava lá, cheguei até ele e o cumprimentei com um toque de mão.

- Iai!(falei)

- Iai! Cade a Seleninha?

- Não sei! Acho que ela foi ao shopping!

- Mulheres! Ainda bem que eu sou livre!

- Ata né! Você acha que eu não vi sua troca de olhares com a Bruninha né!

- Até parece que eu nasci para ficar amarrado! Eu sou livre! Mais sou livre no meu canto!

- Só você mesmo! (Ri) - Vamos?

- Só se for agora!

Fomos em direção a pista e começamos a andar com um grupo que estava ali.

Quando deu a hora do almoço eu fui em um restaurante aqui perto e almocei, depois fui até a pista e sentei de baixo de uma árvore, coloquei meus fones e fiquei ouvindo música e vendo os mulekes andando de skate.
Até que eu lembrei do Bryan e da minha avó e descido ligar para eles.

No segundo toque a minha avó me atendeu.

- Alô!(ela falou)

- Oi vó, é o Tyler!

- Oi meu amor! Como você está?

- Eu estou bem e a senhora?

- Estou ótima! Como está sendo morar aí?

- Está sendo ótimo! Melhor impossível!

- Que bom! O Bryan está morrendode cidade de você!

- Eu também estou morrendo de saudades dele! Cade ele?

- Está no quarto! Quer falar com ele?

- Ahan!

Ela deixou a linha um pouco e dava para ouvir um mini gritinho dela chamando o Bryan e depois passos ligeiros. Ele pegou o celular todo animado e falou!

- Tyyyyyyyyyy

- Oi meu amor! Como você está?

- Eu estou bem, mas estou com saudades de você e da Sel e da Suzzi!

- Não se preocupe, quando você menos esperar eu e as meninas estaremos aí para te ver!

- Então vem logo! Puquê eu já estou morrendo de saudades de você!

- Eu também pequeno!

Ficamos conversando mais um pouco, e depois que desligamos eu fiquei mais um bom tempo ali de baixo da árvore, até que um cachorrinho show show veio correndo na minha direção e pulou em mim me lambendo, quando eu consegui me levantar eu vi que tinha uma menininha na minha frente, que aparentava ter seus quatro anos de idade, com seus cabelos pretos lisos e branquinha , parecia até um bonequinha.

- Oi gatinhas!(falei)

- Oi(ela deu um sorriso de lado a lado) - Palece que o tody gostou de você!

- Esse cachorrinho é seu princesa?

- É sim é o tody!

- Você está aqui com quem princesa?

- Eu tlô com a minha mana!(ela sorriu)

- E cade ela?

- Ela ta vindo ali colendlo!

Quando eu olhei na direção que ela apontou, estava vindo uma menina que aparentava ter a minha idade, com seus cabelos pretos até a cintura, e branquinha, ela foi chegando perto até chegar ao nosso lado ofegante, ela pegou fôlego e falou.

- Lara nunca mais fassa isso! Está me ouvindo!(ela falou com a pequena que ouvia atenta)

- Ta ta bom! Olha mana o tody veio colendlo plo colo do tio!

- Ahan! Oi eu sou a Luara! Me desculpe pelo tody e pela Lara!(ela falou amigavelmente)

- Tudo bem!

- Então ta!(ela falou envergonhada) - an... Até mais então!(ela falou e pegou na mão da Lara e saiu, com a Lara puxando k tody na coleira)

Amei reencontrar uma pequena tão linda como ela.

Fiquei ali até uma 18:00hrs quando começou a escurecer, então eu peguei o meu skate e fui andando com ele até chegar em casa.

####

Agora eu estava pronto dentro do carro em frente a casa da Sel esperando ela sair para irmos a festa no bar, quando ela saiu estava com um vestido preto tomara que caia queque deixava seus peitos mais suculentos, que ia até o meio das pernas, com um salto alto preto e com seus lindos cabelos loiros soltos, dei um beijo nela e logo depois fomos o caminho todo conversando.

@@@

Gente eu tô muito puta com o wattpad pq essa merda apagou oq eu tinha escrito, e aí eu não escrevi tudo de novo, e o capítulo ficou pequeno. Então desculpas!

~princesa

Ferias de verãoLeia esta história GRATUITAMENTE!