Selena...

1.8K 124 2

.. Depois que entrei no carro com o ty eu não falei mais nada, mas na verdade eu estava com vontade de pular no pescoço dele e beija-lo até não poder mais, porém eu não sei o que está acontecendo comigo, eu estou em choque, acho que ainda não caiu literalmente a ficha.

Fiquei ali com a cabeça encostada no vidro do carro a viajem toda, quando chegamos em frente a minha casa eu sai do carro e nem falei nada com o ty, apenas entrei dentro de casa.

Na hora que entrei os meus pais estavam na sala, sentados no sofá, os dois com cara de preocupação.

- Ué alguém morreu??(falei)

- Filha?!(os dois falaram juntos e vieram correndo para me abraçar)

- Filha o que aconteceu com você?(minha mãe me perguntou preocupada, né guiando Lara o sofá)

Sentamos os três no sofá, e eu contei tudo para o os dois, depois de ter contado tudo, eu só subi para o meu quarto, me despi e entrei dentro da duxa fria, ficando ali por quase uma hora, quando sai, apenas coloquei uma calcinha, e um vestidinho de dormi, pentrei meu cabelo e deitei na cama com os cabelos molhados.

Virei ficando de barriga para cima, fitando o teto e pensando em tudo que aconteceu, e pensando em como está o ty agora.

Eu não queria ter ficado sem falar com ele, mas é que eu não estava conseguindo.

Acabei dormindo em meio aos pensamentos.

###

Acordei com alguém mexendo nos meus cabelos e falando.

- Fiquei com tanto medo de te perder.. Se você soubesse o quanto eu te amo..

- Pode parando.. Pode parando! Eu seu muito bem o quanto você me ama, e eu te amo igualmente, porém um pouquinho mais!(falei fazendo gestos com as mãos e ele riu)

- É?.. Você me ama mais? Serio minha vida? Meu bebê? Meu amor?(ele falou fazendo voz de bebê e chegando perto, puxando o meu lábio inferior)

- Aí cara! Eu te amoooooooo! (Falei e puxei ele pela nuca colando os meus lábios com o dele e le dando um beijo apaixonante)

Puxei ele fazendo ele cair em cima de mim, sem parar o beijo, nós páramos e ele deitou do meu lado e ficou me observando igual um bobão.

- Para! Se não eu vou ficar com vergonha!(falei)

- Para! Deixa eu olhará a minha namorada! Minha vida! Minha paixão! Meu amor! (Ele falou com voz de criança, puxando o meu corpo e colando no seu)

- Minha vida?(ele assentiu) - Minha paixão? (Assentiu) - Meu amor?(assentiu) - Então me ame!(falei)

-Sempre! Sempre, sempre!

Nós ficamos assim, até a hora do almoço, nós descemos, eu ainda com o pijama.

- Ainda com o pijama dona Selena?(minha mãe falou)

- É ela é uma porquinha mesmo!(o ty falou atrás de mim)

- A é Tyler! Eu sou uma porquinha né! Tudo certo!(falei pra ele e me virei)

- Mas é uma porquinha que eu amo muuuuuuuitoooooo!(ele falou me agarrando por trás e beijando todo o meu pescoço)

- Ta ta Ata! Desgruda encosto! Deixa eu comer!

Meus país riram.

- Que menina educada! Pura gentileza!(o ty falou)

- Eu sei meu bem!(falei me gabando e mandando beijo)

Sentamos na mesa e almoçamos assim. O ty fazendo brincadeiras, eu respondendo e os meus país rindo.

Depois que todos acabaram de almoçar e eu e a minha mãe acabamos de limpar a cozinha, eu e o ty subimos para o quarto e eu me joguei de bruços na cama, o ty subiu em cima de mim e mordeu o meu ombro.

- Vai tomar banho porquinha!(ele falou me mordendo)

- Se você me chamar mais uma vez de porca eu te bato!(falei jogando ele para o lado e levantando) - Até porque depois é essa porquinha que você gosta de ficar!(falei e sai indo para o banheiro)

- Claro!(ele falou)

- Claro?(falei voltando) - Então eu nem vou tomar banho!(falei dando de ombros)

- A não! Vai logo!(ele falou me empurrando enquanto eu gargalhava)
- E só saia daí quando estiver bem cheirosa!(ele falou)

Eu me despi, entrei no box e tomei um banho gelado, eu tinha esquecido de pegar a minha roupa então eu gritei o ty.

- Tyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy
(Gritei)

- oiiiiii!(ele falou de lá)

- Pega uma langerie pra mim aí no closet!(mandei)

- Ta calma!(ele falou) - Toma delícia!(ele abriu a porta e me olhou de toalha)

- Ta! Agora vai! Xô! (Empurrei ele)

- Delicada!

Eu ri e coloquei uma langerie rosa e branca, o sutiã valorizava muito meus seios e a calcinha era minuscula.

Sai do banheiro com a toalha enrolada na cabeça e fui até o closet pentear o meu cabelo, depois voltei para o banheiro e escovei os meus dentes.

- Ei! Tem como parar de passar pra lá e pra cá com esses trages?(o ty perguntou da cama)

- Eu estou no meu quarto!(falei)

- Ata né! Tudo bem então! Vou embora!(ele falou se levantando)

- nã nã não! Pode ficando com esse rabo aqui na cama!

Pulei nas costas dele e fiz ele sentar na cama.

- Então vai por uma roupa descente!(ele falou de bico)

- Ta ta ta ta ta!(falei e levantei) - Seu chato!(resmunguei)

- Eu ouvi!(ele falou)

- Não sei o que?! Não falei nada!(falei me fazendo de desentendida)

- Tô de olho em você!(ele falou e gesticulou)

Depois que eu vesti a roupa eu e o ty ficamos assistir filmes e comendo várias besteiras a tarde toda.



Ferias de verãoLeia esta história GRATUITAMENTE!