Selena...

1.8K 127 4

O jantar com a avó do ty foi super divertido, depois que nós acabamos eu ajudei a vó dele a arrumar toda a cozinha, e ela ficou contando várias histórias de quando o ty era pequenininho, e eu ri muito, nós duas entramos na sala juntas onde o ty e as crianças estavam brincando, nós entramos juntas rindo e os três olharam para nós.

- Oii bebê!(falei sentando no chão ao lado dele e o abraçando)

- Bebê?(me olhou desconfiado) - A vó! Não acredito que você contou as histórias de quando eu era criança?(ele olhou para ela)

- Ué meu filho! Ela é a sua namorada, o que eu posso fazer?!

Ele bufou.

Eu puxei o rosto dele.

- Que marra hein! Não gosto de bebê birrento, se não ja já eu vou embora!

- Não, não, não, não, não,... Eu tô brincando meu amor da minha vida!(ele me agarrou e eu fiquei no colo dele enquanto ele me abraçou toda desengonçada, e eu quase morri de tanto gargalhar)

- ta, ta, ta, ta.. Chega de grude bebê! Eu acho que já está na hora de ir para casa né Suzzi! Se não a mamãe e o papai daqui a pouco vai deixar a gente para o lado de fora!(olhei para ela e ri)

- Poxa Sel, deixa eu ficar mais um pouco?!(ela fez beicinho)

- Nem adianta! Eu do vou ali fora com o ty rápido e já volto, vai se despedindo do Bryan..(falei e levantei puxando o ty para o lado de fora)

Nós fomos até a garagem e antes de Ei falar algo com ele, o abusado já foi me empurrando na parede e me beijando. Depois de um beijo de tirar o fôlego eu me separei dele, e dei uma distância dele, para nós acalmar nos.

- Ou ser vivo! Tem como acalmar e ficar suave aí!??

- Suave ai!? Suave aí? Desde quando você ta falando assim brow?(ele fez gestos de malandro)

- desde hoje meu parceiro!(falei e nós caimos na gargalhada) - Ta ta ta, só vim aqui para falar com você rapidinho! Então, o que nós Vamos fazer amanhã??

- Amanhã?!.. Eu estava pensando em ir na praia..?..

- É, pode ser legal!

- E quem te chamou para ir? Para você achar legal?

- A é? É isso mesmo que eu ouvi? Ta bom então Tyler! Pode ir tchau!

Falei e sair batendo o pé, mas na hora que eu estava na porta ele me puxou para a parte escura.

- Para amor! Eu estava brincando com você! É claro que você vai!

Fiquei com um bico gigante, e ele mordeu e beijou, eu resmunguei.

- Pode parando de frescura!(ele me puxou e me beijou, meus braços que estavam cruzados foram parar na nuca dele e no cabelo)

- Ta agora vamos! Nós dois temos que trabalhar amanhã cedo!(falei e puxsi ele)

- Vamos Suzzi?!

Chamei a Suzzi enquanto entrava e pegava a minha bolsa, depois que eu me despedi da avó do ty eu fui saindo enquanto a Suzzi terminava de se despedia do Bryan.

Enquanto eu estava em frente a porta colocando o celular na bolsa, até que o ty chegou e me apertou e me deu um beijo de tirar o fôlego, depois que páramos ele encostou a teta na minha e falou.

- Estou com saudades já!

- Calma. De madrugada você invade o meu quarto pela janela!(eu gargalhei junto a ele)

- Que namorada mais safada essa que eu tenho hein!

- Não sou não!

Ele me beijou de novo, e nós ouvimos uma cozinha no fundo

- Ecaaaaaa!

Nós olhamos e era a Suzzi com as mãos nos olhos. Nós rimos e nos separamos.

- Ta agora Vamos!

Peguei a Sel e abri o porão, antes de passar eu voltei correndo e pulei no ty dando um beijo nele.

- Eu também estou com muuuitas saudades.

Desci e sai correndo, Fechei o portão e fui para casa com a Suzzi, quando entramos os nossos país já estavam dormindo, então nós entramos e eu dei banho e coloquei a Suzzi para tomar banho, depois que acabei fui para o meu quarto e tomei um longo banho de 40min, sai enrolada na toalha e segui para o closet, coloquei uma calcinha um vestidinho bem fresquinhos, pois a noite estava quente.

Deixei meus cabelos secar naturalmente e deitei na cama, peguei meu celular que estava apitando e era o grupo que eu, o ty, kaik e Bru tínhamos feito, só abri, mas nem vi o que eles estavam conversando, sai e coloquei o celular para carregar do lado da cama,

Me arrumei na cama e Fechei os olhos para dormir, mais quando eu estava quase dormindo eu sento alguém beijar a porta do meu nariz, com o susto eu abri os meu olhos e vi aquele perfeito rosto sorrindo com aquele perfeito sorriso estampado. Automaticamente eu sorrir.

- O que você está fazendo aqui? E como você entrou?(perguntei pasma)

- Ué você falou para eu entrar no seu quarto pela janela!(ele falou e saiu da visão da janela, que no momento estava aberta)

- Você é louco! E eu estava brincando!(eu falei e ele se jogou em cima de mim)

- Mas eu estou aqui agora! E eu vou ficar aqui agora, agarradinho com você!(fez uma cara maliciosa)

- Tarado! Você até pode ficar agarradinho comigo, ma s eu vou dormir!(joguei ele para o lado e me arrumei na cama)

- A não amor!(ele bufou)

- A não digo eu, eu estou muito cansada para ficar acordada!(fiz beicinho)

- Ta né! Então eu vou embora!(ele se sentou na cama, mas eu puxei e ele deitou de frente para mim)

- Nãoooooo! Eu quero você aqui comigo! Dorme aqui!

- Para o seu pai me matar quando eu acordar?! Nãoooooo!

- Que froxo! Parece até gay!

- Vou te mostrar o gay já já!

- Nãoooooooo! Fica aqui quietinho e me abraçar!

Me aconcheguei nos braços dele, e ele me abraçou e fez cafuné nos meus cabelos.

- Se amanhã eu amanhecer morto, não reclame!( ele falou e eu ri baixo)

Eu acho que eu dormi uns dois minutos depois. Estava realmente cansada.

Ferias de verãoLeia esta história GRATUITAMENTE!