[11] A paixão é cinza e efêmera

76.4K 7.3K 18.4K
                                    

SUPRESAAAA!!!


AVISO: CONTEÚDO SEXUAL EXPLÍCITO


"Você trama algo, e eu deveria ter desconfiado antes"


#JujubasEKingKong

#JujubasEKingKong

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Sentimento. 

Palavra derivada do sentir, da percepção sensível e da emoção. 

Analisando com extremismo, podem ser bons ou ruins, rasos ou intensos, entretanto, dependendo de como serão expressados ou falados, podem fortalecer ou destruir uma relação.

Tenho em mente a teoria de pensar que sentimentos são dualistas, ao mesmo que se sente no corpo, são desenvolvidos na mente racionalmente, e quando funcionando simultaneamente podem causar uma explosão de algo que aflora como borboletas no estômago ou ódio mortal. 

Dois lados de uma mesma moeda. 

Sim, sou daqueles que acredita no clichê de amor e ódio andarem lado a lado, como se uma linha fina e curta os separassem. 

Nunca fui bom em trabalhar ou pensar no meio-termo, sempre absoluto em tudo. Como se existisse branco e preto, sem notar que no cinza também há cor. Ou amo, ou odeio. 

Jungkook sempre fez parte das pessoas que eu particularmente não gostava e tentava suportar, mas agora, após tudo, depois de tanta tensão envolvida e palavras soltas que podiam significar muito, junto do olhar desconcertante; eu tinha certeza que havíamos passado do ódio e meio-termo fazia tempos, então assustava imaginar qual seria o próximo passo.

Ele era quieto, bem educado, de olhar penetrante e centrado, o combo perfeito para me fazer delirar pela sua inteligência e personalidade. Mentalmente me sentia claramente à beira dum abismo, querendo muito fazer algo para fugir enquanto havia tempo, em contrapartida, abrir os braços e me entregar. 

Cada toque, por mínimo que fosse, atiçava em mim a vontade de ter mais, de sentir tudo que aguentasse e depois pensar nas consequências. 

A noite deveria ter sido calma, poderia ter ignorado aquelas batidas na porta e pegado no sono, porém um magnetismo pareceu me puxar, sua voz aveludada surrando em minha mente de modo traiçoeiro me chamando ao seu encontro; não consegui resistir. 

Naquele momento, peguei a linha que nos separava e a cortei de uma vez por todas quando, amaldiçoando todos os meus sentimentos, abri a porta.

A COR MAIS QUENTE | JIKOOKOnde as histórias ganham vida. Descobre agora