... 39 %

16 3 9

Cliquei sobre o link para confirmação. Óbvio. Curioso demais que estava para pensar em qualquer outra possibilidade.

Em seguida, recebi uma nova mensagem, esta prometendo analisar meu caso — e minha inscrição — e encaminhar orientações. Informações: tudo o que eu mais precisava. Sabia apenas que havia concordado em participar de um evento social, de uma atualização do Bubble App. Com isso, seria realocado em um espaço totalmente desconhecido, com pessoas também desconhecidas, para fazer coisas que... bem, eu tampouco sabia quais seriam.

Não era tentador? Emocionante?

Poucas foram as vezes em minha vida que me senti tão empolgado e ansioso por algo. E, com toda a certeza, não conseguia me recordar da última delas.

O telefone apitou e eu corri para ele.

Pronto! Sua inscrição ao foi recebida e aceita.

Seja bem-vindo ao Bubble Camp, Daniel!

Você foi designado para o Time Azul e será enviado para o Campo Safira.

Para maiores informações acerca dos documentos e materiais necessários, bem como sobre o seu transporte, clique aqui.

Temos certeza de que você irá aproveitar muito ao nosso lado!

Uma vida do seu jeito!

Li mais sobre, é claro.

Resumidamente, um carro da Bubble iria me buscar no meu endereço cadastrado — fiz questão de confirmá-lo, de acordo com as orientações — em cinco dias úteis, exatamente às dez horas da manhã. Rápido demais. Que bom, ao menos não iria demorar. E, basicamente, eu precisava levar apenas meu cartão magnético, algumas mudas de roupa e utensílios ou remédios que pudesse necessitar, se fosse o caso.

Uma mochila, no máximo.

Como um viajante prestes a encarar a maior aventura da sua vida, eu já mapeava tudo mentalmente.

Item por item.

Estava tão empolgado que fiz questão de avisar a Rebecca, enquanto me deslocava para um restaurante de orientação centro-esquerda — indicado para mim nos serviços disponibilizados no Bubble — para comer alguma coisa.

Uma hora todos nós temos que nos posicionar politicamente. Faz parte de se reconhecer como cidadão.

[Você NÃO VAI acreditar!], comentei.

Telefone em mãos enquanto desbravava a pé as ruas do centro da cidade, dessa vez sem medo de tentativas de assalto. Eu estava em êxtase. Sentindo-me completamente inatingível e imbatível, apesar de todas as reviravoltas recentes na minha vida pessoal.

[Ai meu deus, Dani, também preciso conversar com você! Hahaha], e logo imaginei onde isso iria parar. Ainda assim, seria muita coincidência.

Ou não?

[Tenho uma novidade incrível para contar!], ela continuou.

[Você primeiro. Sabe como mandam as regras de etiqueta! Haha]

[Ok. Estou animada demais pra ficar fazendo cortesia! Hahaha... Acabo de ser convidada para um evento social da Bubble! Dá pra acreditar?]

[Claro que dá! Eu também fui convidado! Hahaha]

[Você também?]

[Sim!]

[Pro Bubble Camp?]

Bubble AppOnde as histórias ganham vida. Descobre agora