hot chocolate

15.4K 1.9K 3.9K
                                    

— Já fez as pazes com sua barriga?

Harry assentiu. Sorria sem nem precisar dizer o porquê. Aquele pequeno muffin estava, definitivamente, delicioso. Poderia não ser a primeira opção de qualquer outra pessoa que adentrasse aquela cafeteria, mas, para Harry, estava sendo tudo o que ele precisava naquele momento.

Sua barriga já não mais reclamava com a ajuda de altos e vergonhosos roncos, então o garoto não via motivo algum de reclamar junto com ela.

— Estamos bem melhor agora. – o mais novo disse, enquanto empurrava o prato por cima do balcão, na direção de Louis.

— Ok, então, problema número um resolvido. – Louis assentiu. – Qual o próximo? – o atendente perguntou.

Harry parou por alguns instantes, parecendo pensar sobre o assunto. Não demorou muito para que o garoto dos olhos verdes levantasse um de seus braços, apontando para o próprio cabelo bagunçado, enquanto uma careta crescia em seu rosto.

— Vamos dar um jeito nisso. – o mais velho disse, antes de abrir a torneira da pia que o rodeava e molhar ambas as mãos com um pouco de água. Logo depois, caminhou lentamente até onde o garoto dos olhos verdes estava parado, ainda levemente debruçado sobre o balcão, e inclinou-se repentinamente, justamente para passar suas mãos sobre o cabelo bagunçado de Harry, fazendo movimentos para os lados, para trás e para frente, modelando aquele emaranhado de cachos de uma maneira que, talvez, pudesse ser julgada como aceitável por qualquer outra pessoa que visse.

— O que você está fazendo? – Harry perguntava, de olhos arregalados. Louis o puxava para frente antes que o garoto pudesse recuar.

— Estou dando um jeito nesse ninho de pássaros.

Harry bufou.

— Meu cabelo é lindo.

— Eu sei que é, mas agora ele está parecendo um ninho de pássaros.

O mais novo bufou novamente, antes de encarar Louis seriamente e bater um de seus pés contra o chão.

— Tudo bem, tudo bem... Um lindo e magnífico ninho de pássaros. – o atendente completou, revirando seus olhos azuis.

— Melhorou. – Harry sorriu brevemente.

Louis continuou em silêncio por alguns instantes, enquanto suas mãos trabalhavam naquela obra de arte que envolvia cachos parcialmente molhados e fios bagunçados. Jogava parte do cabelo de Harry para um lado, enquanto ajeitava o outro e tentava manter as pontas com um cacheado ainda natural.

Depois de um tempo trabalhando naquela sua segunda missão do dia, afastou-se brevemente, apenas para contemplar o resultado final de sua sessão de cabeleireiro matinal.

— Pronto.

— O que você fez? – Harry perguntou enquanto tentava achar qualquer tipo de objeto que pudesse refletir um pouco de sua imagem.

— Arrumei seu ninho de pássaros.

— Eu quero ver.

— Então veja... – o mais velho disse, antes de buscar atrás do balcão uma tigela média e parcialmente suja com farinha de trigo e água. Estendeu o objeto a Harry, na direção do rosto do garoto, que franziu levemente o cenho antes de agarrá-lo e começar uma tentativa de observar seu mais novo penteado através dos reflexos da tigela.

— Hmmm... – murmurou baixo enquanto virava a tigela de um lado para o outro. – Eu gostei. Está diferente, mas ao mesmo tempo, normal.

— Eu sabia que você ia gostar... – Louis respondeu sorridente, todo convencido de si. – Próximo problema.

coffee shop // larry stylinsonOnde as histórias ganham vida. Descobre agora